Estudo fitoquímico e avaliação da atividade anti-inflamatória e avaliação da atividade anti-inflamatória e toxicidade aguda da espécie vegetal Justicia thunbergioides (Lindau) (Acanthaceae).

  • Flavia Gonçalves Vasconcelos
  • Lucimar Pinheiro Rosseto
  • Bruno Junior Neves
Palavras-chave: Plantas medicinais, Metabólitos secundários, Cerrado

Resumo

Justicia thunbergioides (Acanthaceae) é uma espécie vegetal pertencente ao bioma Cerrado, cujo gênero é conhecido por apresentar diversas atividades biológicas, dentre elas a atividade anti-inflamatória. Estudos de bioprospecção identificaram na espécie a presença de heterosídeos antraquinônicos, cardioativos, saponínicos, alcaloides, flavonóides, cumarinas e taninos. Portanto, o objetivo deste trabalho é realizar o estudo fitoquímico e avaliar a atividade anti-inflamatória e toxicidade aguda do extrato aquoso e substâncias isoladas obtidos da espécie vegetal J. thunbergioides (Acanthaceae). A pesquisa é de natureza experimental quali-quantitativa exploratória que será realizada na região de Anápolis-Goiás. O estudo fitoquímico será realizado segundo a Farmacopeia Brasileira. Para a avaliação da atividade anti-inflamatória será utilizado o método de edema de orelha em camundongose o ensaio de toxicidade aguda será realizado sobre Artemia salina. Os resultados esperados visam contribuir para a identificação de metabólitos secundários, caracterização da atividade anti-inflamatória e segurança na utilização do extrato aquoso das folhas desta espécie.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-16
Seção
Biodiversidade do Cerrado