Mobilidade, Acessibilidade e Sustentabilidade no Plano Diretor de Anápolis

  • Pâmela Lorraine Lopes Silva
  • Kátia Rúbia Leite
Palavras-chave: Plano diretor, Urbanimo, Mobilidade, Acessibilidade, Sustentabilidade

Resumo

O rápido crescimento das cidades pode precipitar impactos negativos ao meio ambiente, à qualidade de vida das pessoas e ao desenvolvimento sustentável das cidades em face da aglomeração de pessoas, a intensidade dos elementos do tráfego e transportes de coisas e pessoas. Registra-se que seja coletiva ou individualmente sem um planejamento de mobilidade e acessibilidade pode precipitar resultados negativos no contexto da sustentabilidade. Anápolis é um município goiano de médio porte com população de aproximadamente 370.875 mil habitantes (IBGE, censo 2016) fica entre duas Metrópoles Brasília e Goiânia, e tem o desafio de organizar a mobilidade urbana de forma a garantir qualidade de vida dos Anapolinos nos termos do Plano Diretor da cidade, o que vai importar investimentos na infraestrutura urbana para garantir a acessibilidade, mobilidade e sustentabilidade. A pesquisa propõe como resultado específico estudar e descrever conceitualmente, legal e doutrinária os temas acessibilidade, mobilidade e sustentabilidade nos termos do Plano Diretor de Anápolis para possibilitar o conhecimento científico dessa terminologia na área. A pesquisa bibliográfica e doutrinária em livros, dissertações, documental nas leis e regulamentações administrativas sobre o tema aliada a pesquisa de campo com visita a todos os órgãos responsáveis pela organização do sistema de mobilidade, acessibilidade e sustentabilidade no perímetro urbano do município vai permitir demonstrar a evolução da implantação da política pública municipal que regula a mobilidade, acessibilidade e sustentabilidade em suas potencialidades e fragilidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-13
Seção
Cidade Sustentável e Qualidade de Vida