xpressões da Natureza no Parque Nacional do Araguaia

processos geoecológicos e diversidade da vida

  • Márcia Helena Lopes
  • José Luiz de Andrade Franco
Palavras-chave: parque nacional – contexto geográfico – biodiversidade

Resumo

O Parque Nacional do Araguaia (PNA) foi criado sobre as terras insulares da grande ilha fluvial do Bananal, localizada no médio curso do rio Araguaia, nas terras baixas da planície aluvial do Bananal. Ele ocupa a faixa de transição entre os biomas Cerrado e Floresta Amazônica, apresentando uma paisagem particular, característica de ecótono, com rica diversidade biológica. Dada a sua importância como área úmida, o PNA tornou-se Sítio Ramsar em outubro de 1993. O objetivo deste capítulo é descrever as principais expressões do meio ambiente no PNA, contemplando aspectos da geologia, da hidrografia, do clima, dos solos, da flora e fauna. O delineamento dos aspectos ecológicos da região visa amparar as reflexões e análises desenvolvidas nos capítulos posteriores da tese. Ele contribui para (i) a compreensão dos fatores ambientais que influenciaram as dinâmicas da fronteira de ocupação; (ii) a discussão sobre a relevância ecológica do PNA na efetivação das políticas nacionais de conservação regional da biodiversidade. A pesquisa bibliográfica na área das ciências naturais sustenta metodologicamente o desenvolvimento do estudo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-14
Seção
História Ambiental