OS RESÍDUOS SÓLIDOS E OS PROBLEMAS AMBIENTAIS: O CASO DE OURO VERDE DE GOIÁS, GO

  • Jayne do Carmo Martins
  • Jessé Felipes da Silva
  • Josana de Castro Peixoto
  • José Francisco Neto
Palavras-chave: Resíduos sólidos, estado de Goiás, percepção ambiental.

Resumo

A vida contemporânea propõe um cotidiano mais dinâmico, proporcionando várias
comodidades, porém outros aspectos danificam-se, pois como consequência existe o
acúmulo de resíduos sólidos. Embora a reciclagem de lixo urbano gere vantagens
ambientais indiscutíveis, sobressaem os aspectos econômicos. O objetivo deste estudo
foi verificar a percepção que a população possui em relação aos problemas relacionados
à geração do lixo, acondicionamento e coleta seletiva no município de Ouro Verde de
Goiás. Foram realizadas 49 entrevistas semi-estruturadas, individualmente. Os dados
mostraram que ainda há vários problemas em relação à coleta seletiva e ao despejo final
do lixo. Um percentual alto (92%) reflete a preocupação dos moradores em possuir um
sistema de coleta seletiva no município em questão. A criação de soluções para resolver
os problemas de gerenciamento do lixo, deve ser de forma a ordenar essa trajetória,
operando de maneira que o singular possa interagir com o coletivo. Uma das
ferramentas que deve ser utilizadas na execução das políticas públicas ambientais do
município é a educação ambiental que é de grande relevância para ajudar no
gerenciamento do lixo urbano, visto que a maior parte da população não coopera com
questões ambientais devido à desinformação e desinteresse.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-08-20
Seção
Exposição de Painéis