Variação sazonal na estrutura das comunidades de peixes de riachos do Alto rio Tocantins

  • Andressa Rosa Cardoso
  • Dianne Michelle Alves da Silva
Palavras-chave: Ictiologia, Riqueza, Sazonalidade

Resumo

O objetivo deste trabalho é avaliar a influência da sazonalidade sobre a estrutura taxonômica das comunidades. As coletas foram realizadas nos dois períodos hidrológicos, ambas as coletas foram efetuadas em cincos trechos amostrais diferentes da micro-bacia do rio Montividiu, pertencente a drenagem do rio Montividiu, sistema do Alto rio Tocantins. Para descrever as diferenças ambientais entre os riachos utilizou-se a Análise de Componentes Principais (PCA), a qual revelou diferenças notáveis tanto espacial quanto temporal. Com a finalidade de avaliar o nível de associação da ictiofauna com as características ambientais, foi utilizado uma Análise de Correspondência Canônica (CCA). A variação sazonal modifica as características ambientais dos riachos, porém não são suficientes para alterar significativamente a riqueza e abundância das espécies de peixes de riachos. Esses resultados indicam que a sazonalidade pode interferir nas características físicas dos riachos, e com isso altera a organização estrutural das comunidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-13
Seção
Exposição de Painéis