Idiossincrasias das políticas de desenvolvimento e de conservação da biodiversidade na Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal (RIDE-DF): uma Avaliação das Áreas Prioritárias para Conservação da Biodiversidade (1998)

  • Fernando Paiva Scardua
  • Cristiane Gomes Barreto
  • Vanessa da Silva Rodrigues
  • Raíssa de Abreu Vilela
  • Camila Santana da Rocha
Palavras-chave: políticas públicas, conservação, policymix

Resumo

O histórico de ocupação da região do Cerrado advém desde o período colonial, entretanto, é na década de 1950, com a transferência da capital federal para o Distrito Federal, que sua ocupação ganha impulso, seguida pela ocupação agrícola na década 1980. Somente em 1992 com a convenção sobre diversidade biológica é que temos um instrumento mais efetivo para proteção ambiental. Este trabalho tem por objetivo a compreensão dos processos que limitam a eficácia na implementação da política de Áreas Prioritárias para Conservação da Biodiversidade no Cerrado em sua primeira versão de 1998. Para tanto, está em construção um banco de dados georreferenciado sobre as Áreas Prioritárias e as políticas de infraestrutura e de desenvolvimento territorial federal na RIDE-DF, para analisar as políticas públicas, por meio do emprego do Policymix. Espera-se que a pesquisa proposta possa contribuir para compreensão de como as contradições dessas políticas afetam a região da RIDE-DF.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-13
Seção
Exposição de Painéis