DIMENSÃO ESPACIAL DAS OCUPAÇÕES INDÍGENAS NA PAISAGEM PRÉ-COLOMBIANA: UMA NOVA ABORDAGEM METODOLÓGICA

  • Cristiane Gomes Barreto
  • José Augusto Drummond
Palavras-chave: Mata Atlântica Nordestina; Ocupação Pré-Colombiana; Cartografia Histórica; História Ambiental; Maxent

Resumo

A análise espacial dos impactos pré-colombianos sobre a vegetação é uma
ferramenta essencial para a compreensão da história da paisagem e para o
estabelecimento de estratégias de conservação. Este estudo se baseou em projeções
cartográficas das descrições de cronistas e de estudos arqueológicos que retratam o
modo de vida e a demografia indígena pré-colombiana na Mata Atlântica nordestina.
Nossos dados indicam que a escala de modificações da paisagem pela população précolombiana na Mata Atlântica nordestina pode ter alcançado mais de 80% de toda a sua
abrangência. As diferentes fitofisionomias da região sofreram impactos diferenciados, com
maior pressão sobre as áreas pioneiras e nas florestas ombrófilas densas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-08-20
Seção
Educação Ambiental