Toxicologia dos agrotóxicos: ciência, ambientalismo e saúde internacional na trajetória de Waldemar Ferreira de Almeida (1939-1991)

  • Leonardo de Bem Lignani
Palavras-chave: Agrotóxicos, Toxicologia, Waldemar Ferreira de Almeida

Resumo

Analiso neste trabalho a trajetória científica de Waldemar Ferreira de Almeida (1918-1996), médico que desenvolveu pesquisas na área da toxicologia de pesticidas entre as décadas de 1940 e 1980. Sua atuação profissional ocorreu no Instituto Biológico em São Paulo (1939 a 1981), posteriormente atuando como professor no Departamento de Medicina Preventiva e Social da UNICAMP (1981 a 1991) e como coordenador do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fiocruz (1985 a 1988). Concomitantemente, W.F. Almeida atuou como consultor sobre pesticidas nas décadas de 1960 a 1980 em diversos comitês de especialistas organizados pela OMS e pela FAO, propondo-se a discutir e estabelecer orientações para uma tentativa de “uso seguro” destas substâncias. Sua trajetória é rica em possibilidades para compreender de que forma as pesquisas toxicológicas sobre pesticidas e as questões conceituais e disciplinares deste campo articulam-se com políticas nacionais e internacionais para a agricultura e a saúde pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-11-13
Seção
Grupos de Trabalhos - Escuela de Posgrados SOLCHA