Experiência de Segregação Correta: implicações socioambientais

  • Rosana Mendes Bezerra
Palavras-chave: Resíduos do serviço de saúde, Segregação, Meio ambiente.

Resumo

Serviços de Saúde proporcionam atendimento a população em níveis preventivos e curativos. Para que o atendimento seja satisfatório, os avanços tecnológicos do século XXI são fundamentais. No atendimento hospitalar, o Plano de Gerenciamento dos Resíduos dos Serviços de Saúde (PGRSS), deve ser elaborado e implementado com base nas características da produção de seus resíduos, com observação na classificação existente na RDC (Resolução de diretoria Colegiada) ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) nº 306 de 7 de dezembro de 2004. Objetivo: Descrever a experiência da segregação correta do PGRSS de um hospital de grande porte. Metodologia: Relato de experiência descritivo de ações desenvolvidas através do PGRSS, com envolvimento da equipe multiprofissional. Conclusão: Com a utilização de uma segregação consciente, de maneira participativa, foi possível desenvolver melhores condições socioambientais tanto para os clientes internos da instituição de saúde em questão quando ao restante da população do município da cidade de Anápolis.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-08-20
Seção
Saúde e Meio Ambiente