Avaliação do Conflito de Uso e Ocupação da Terra em Áreas de Preservação Permanente (APPs) ao Longo das Drenagens da Bacia do Córrego Colônia, Uberlândia/MG

  • Thallita Isabela Silva

Resumo

Tendo em vista a importância dos recursos hídricos e, mais ainda, da manutenção de seu equilíbrio por meio das Áreas de Preservação Permanente, como objetivo geral, este trabalho utiliza ferramentas de geotecnologias para avaliar os conflitos de uso e ocupação da terra nas APPs ao longo das drenagens da Bacia do Córrego Colônia. Essas áreas possuem respaldo legal através da Lei nº 4.771 de 15 de setembro de 1965 (Código Florestal) e Resoluções CONAMA 302 e 303 de 2002. A metodologia utilizada contou com a realização de três passos principais, a saber: diagnóstico da situação atual (elaboração do mapa de uso e ocupação da terra); diagnóstico da situação ideal tendo em vista a legislação pertinente (elaboração do mapa de APPs); identificação das áreas de conflito (a partir da intersecção das informações adquiridas nos passos anteriores).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-08-20
Seção
Águas e Meio Ambiente