Avaliação da Água Residuária para Reutilização em Fertirrigação

  • Ananda Helena Nunes Cunha
  • Thiago Bernardes Cortez
  • Jonas Alves Vieira

Resumo

Com o grande aumento da população, aumentou também o consumo de água, de um lado há a necessidade do controle de demanda, visando reduzir a pressão sobre os recursos hídricos e de outro a busca de recursos complementares como a reutilização de água. Este trabalho teve como objetivo avaliar a reutilização da água residuária empregando-se análises físicas, químicas e comparando-se os valores encontrados com os valores de referência descritos na literatura. As águas foram coletadas na UEG, Anápolis-GO, entre junho e julho de 2011, sendo que foram analisados os seguintes parâmetros: pH, condutividade elétrica, temperatura, turbidez, nitrito, nitrato, amônia, potássio, manganês, fosfato total, sódio, ferro total, boro, cobre, molibdênio e zinco. As análises foram realizadas nos Laboratórios de Química Inorgânica e Química Analítica da Universidade Estadual de Goiás, Unidade Universitária de Ciências Exatas e Tecnológicas. Dos elementos químicos encontrados o cobre e o molibdênio encontram-se em concentrações maiores acima dos valores de referência. Sendo que o cobre pode gerar problemas de toxicidade, outro possível problema já o molibdênio não é tóxico para as plantas. Outro problema observado refere-se à presença de manganês, que mesmo em pequenas quantidades oferece risco de toxicidade médio para água de irrigação. Quanto à presença da amônia, trata-se de uma informação importante uma vez que a mesma tira a característica de potabilidade da água.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-08-20
Seção
Águas e Meio Ambiente