ESTILOSANTE CAMPO GRANDE

(Stylosanthes macrocephaa/ Stylosanthes capitata)

  • LETÍCIA SANTOS LOPES FACEG
  • ISABELLY RIBEIRO LIMA Faculdade Evangélica de Goianésia
  • STELA SANTANA SILVA
  • VANESSA DE CASSIA SILVA
  • HENRIQUE PADOVANI BORGES LOPES
  • PATRÍCIA BORGES FRANCALINO
Palavras-chave: ESTILOSANTE, NITROGÊNIO, FBN, BACTÉRIAS

Resumo

O estilosante Campo Grande é uma leguminosa forrageira comumente utilizadas em solos pobres e ácidos, como exemplo o cerrado, é uma mistura de duas espécies: Stylosanthes macrocephaa e o Stylosanthes capitata.

A fixação biológica de nitrogênio é uma relação simbiótica entre plantas e microrganismos a quais ambos os organismos se beneficiam. As leguminosas são espécies de plantas que possuem maior facilidade de estabelecer a simbiose, apresentando em suas raízes nódulos que caracterizam a presença das bactérias. Em troca de fotoassimilados fornecidos pela planta, os microrganismos possuem a capacidade da captura do N (nitrogênio) atmosférico, posteriormente em mecanismos especializados o transforma em NH3 e o fornece a planta. (RODRIGUES et. al., 2016).

O trabalho foi realizado em condições de campo na fazenda escola do curso de Agronomia da Faculdade Evangélica de Goianésia, localizada na cidade de Goianésia no estado de Goiás. O solo foi preparado de modo convencional utilizando para controle de plantas daninhas o herbicida seletivo Fusilade 250 EW, posteriormente preparada em 24 blocos de 2,5x3,75m. Foi utilizado um esquema fatorial de blocos casualizados de 2X2, sendo o primeiro fator dosagens de ureia de 50% e 100% e o segundo composto por áreas com e sem a inoculação das bactérias, sendo cada tratamento composto por 4 repetições. Foi utilizadas para o plantio sementes comerciais da empresa AGROSOL ®, com taxa de pureza de 97,5%. O plantio foi realizado a lanço com aproximadamente 200 gramas de semente por bloco. Para a inoculação as sementes foram tratadas com inoculo contendo estripes de bactéria diazotrofica Azospirillum brasilense com 108 células mL-1 . Em estágio para consumo animal as plantas serão avaliadas quanto à característica morfológicas e de produtividade de matéria fresca e matéria seca. Serão realizados testes estatísticos para confirmação de diferença entre os tratamentos.

É esperada a avaliação da interferência do nitrogênio no desenvolvimento da planta de estilosante com a interferência de bactérias fixadoras de nitrogênio. Esperamos que as bactérias possam maximizar a produtividade e vigor da planta, podendo ou não ser influenciada pela quantidade de nitrogênio já presente no solo.

Referências

ANDRADE, C. M. S.; ASSIS, G. M. L.; SALES, M. F. L. Estilosantes Campo Grande:
leguminosa forrageira recomendada para solos arenosos do Acre. Embrapa AcreCircular Técnica (INFOTECA-E), 2010.
RODRIGUES, A. A.; FORZANI, M. V.; SOARES, R. S.; SIBOV, S. T.; VIEIRA, J. D. G.
Isolation and selection of plant growth-promoting bacteria associated with sugarcane.
Pesquisa Agropecuária Tropical, Goiânia, v. 46, n. 2, p.149-158, 2016.
Publicado
2019-05-14