Glomalina facilmente extraível de cinco variedades de trigo cultivadas em plantio direto e plantio convencional

  • Ana Paula Maciel Braga Faceg
  • Mayra Carolline Patricio de Faria
  • Jadson Belem de Moura
  • Isabelly Ribeiro Lima
  • Tarcísio Queiros Campos
  • Elias Felipe da Cunha
  • Henrique Padovani Borges Lopes
  • Mayra Carolline Patricio de Faria
  • Jhonatha Rodrigues Pires Martins
  • Thaynara da Silva Barbosa
Palavras-chave: Glomalina, Trigo, Plantio direto, Plantio convencional

Resumo

A expansão da cultura do trigo para a região do Cerrado brasileiro pode contribuir para o aumento na produção deste importante cereal. Estudos sobre o desenvolvimento e produtividade de grãos de trigo e a utilização de elementos biológicos edáficos são fundamentais para a cultura do trigo, tendo-se em vista o alto potencial tecnológico utilizado nesta região. O objetivo desse trabalho foi avaliar a Glomalina facilmente extraível de cinco variedades de trigo cultivadas em plantio direto e plantio convencional. O delineamento experimental foi em blocos ao acaso com três repetições, com esquema de subparcelas. As parcelas foram compostas por dois sistemas de produção: plantio direto e convencional e as subparcelas por cinco genótipos de trigo: Aliança, Brilhante, BRS 254, PF02200337 e PF0220062. Para a determinação da proteína reativa facilmente extraível (ou glomalina facilmente extraível) foi utilizado o método de Bradford, seguindo a metodologia de Wright e Upadhyaya. A glomalina é uma proteína hidrofóbica, recalcitrante e termoestável que pode ser produzida por organismos dos solos, em especial pelos fungos micorrízicos arbusculares. Características do solo, condições climáticas, sistema de uso do solo, práticas de manejo agrícola, presença e tipo de vegetação, dentre outros fatores, influenciam na quantidade de glomalina produzida pelos FMA. A propriedade de cimentante da glomalina auxilia a fixação das partículas do solo, favorecendo a formação de agregados estáveis. A glomalina adsorve metais pesados, reduzindo a disponibilidade e o risco de toxicidade destes elementos para organismos e plantas crescidos em solos poluídos. Em relação à glomalina facilmente extraível, não houve diferença estatística entre os genótipos de trigo estudados. Porém, houve diferença estatística entre os sistemas de cultivo analisados, o plantio direto apresentou valores superiores de glomalina facilmente extraível quando comparado ao sistema de plantio convencional.

Publicado
2019-05-14