CARACTERÍSTICAS MORFOLÓGICAS E ACÚMULO DE BIOMASSA EM FORRAGEIRAS DOS GÊNEROS PANICUM E BRACHIARIA

  • Dyb Youssef Bittar Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Vanessa Cristina De Andrade FACEG
Palavras-chave: FORRAGEM, CULTIVARES, BIOMASSA

Resumo

As pesquisas de melhoramento genéticos das forrageiras iniciaram em 1970 com apoio do governo para formação de pastagem, com isso o estudo de manejo e melhoria de pastagem chegou as universidades brasileiras, iniciando o trabalho de seleção e melhoramento. Os programas de melhoramento de forrageiras começaram a ser mais intensivos no ano 1990, avaliando germoplasmas em diversas regiões do país, e foi na região de Mato Grosso do Sul através da Embrapa Gado de Corte que se intensificou a avaliação e a caracterização de Brachiaria e Panicum. Objetivou-se no presente trabalho, avaliar o acúmulo de biomassa e as características morfológicas de cinco em ambiente de domínio de cerrado. Os tratamentos foram constituídos por três cultivares do gênero Panicum: Panicum maximum cv. Quênia, tamani e zuri duas do Gênero Brachiaria:  Brachiaria Brizantha cv. BRS Piatã e BRS RB331 Ipyporã. O experimento foi conduzido na área experimental da Faculdade Evangélica de Goianésia (FACEG). O delineamento experimental utilizado foi em blocos ao acaso, com parcelas subdivididas com quatro repetições 5x4 totalizando 20 parcelas e três cortes. Em cada corte será avaliados o número de perfilhos (NP), numero de folhas por perfilho (NFP), numero de folhas por planta (NFPL), a biomassa fresca da folha (BFF) e o colmo (BFC) e a biomassa seca da folha (BSF) e colmo (BSC), relação massa fresca de folhas x massa fresca colmo (RMFFC) e a relação da massa seca das folhas x massa seca dos colmos (RMSFC). A quantidade de perfilhos e a biomassa da área útil serão determinadas em amostras de 0,25 m2 nas parcelas, sendo ceifadas na altura de cada forragem. Na avaliação do número de perfilhos os cultivares de Panicum quênia e zuri apresentaram maiores números do que o tamani e nos cultivares de Brachiaria o ypiporã mostrou-se superior ao piatã. Quando analisamos a relação folhas/perfilho, tanto os cultivares do gênero panicum e os cultivares do gênero brachiaria não apresentaram diferença significativa entre si, quanto à relação folha/planta  e massa fresca e massa seca os cultivares zuri e quenia demonstrou maior capacidade de produção do que o tamani.  Nos brachiarias a cultivar ypiporã mostrou-se mais produtiva.

Referências

ALMEIDA, R.G. de; NASCIMENTO JUNIOR, D.; EUCLIDES, V.P.B.; MACEDO, M.C.M.; REGAZZI, A.J.; OLIVEIRA, M.P. Produção animal em pastos consorciados sob três taxas de lotação, no Cerrado. Revista Brasileira de Zootecnia, v.203, p.852-857, 2009.
CORRÊA, L. A.; SANTOS, P. M. Manejo e utilização de plantas forrageiras dos gêneros Panicum, Brachiaria e Cynodon. São Carlos: Embrapa, 2003. 36 p. (Documento 34).
COSTA, H., J., U.; JANUSCKIEWICZ, E., R.; OLIVEIRA, D., C; MELO, E., S.; RUGGIERI, A., C.. Forage mass and morphological characteristics of corn and Brachiaria Brizantha Cv. Xaraes Cultivated In Consortium System. Jaboticabal, SP, v.54, n.2, 221-233, 2003.
DIAS FILHO, M. B. Diagnósticos das pastagens no Brasil. Embrapa Amazônia Oriental e MAPA. 2014.
EMBRAPA. GRAMÍNEAS FORRAGEIRAS DO GÊNERO BRACHIARIA. Mato Grosso: Embrapa Gado de Corte. 2013.
EMBRAPA. Novas cultivares de Panicum, desenvolvidas para rebanhos de corte, têm bons resultados na pecuária de leite. Brasília, DF: EMBRAPA Gado de Leite. 2015.
FARIA, F.. Alternativa para reduzir custo de produção, pastagem irrigada ganha espaço no Cerrado. CANAL RURAL. Noticias. Pecuária. 06 de Novembro de 2014.
IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística: Produção da Pecuária Municipal: 2011 e 2012. 14 out. 2013 MAPA. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Animal: Exportação. 18 mai. 2012.
JANK, L. et al., O capim BRS Quênia (Panicum Maximum Jacq.) Na diversificação e intensificação nas pastagens. Embrapa Acre. 2017.
JOSÉ JUNIOR, A. Necessidade hídrica e resposta da cultura de lima ácida ‘Tahiti’ a diferentes níveis de irrigação. Piracicaba: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, 2006. 101p. Tese Doutorado.
LIMA, J. E. F. W. Situação e Perspectivas Sobre as Águas do Cerrado. Ciência e Cultura, v. 63, n. 3, p. 27- 29, jul. 2011.
MARCOS JUNIOR, A. P.; CENTURION, S. R.; ORRICO, A. C. A.; OLIVEIRA, A. B. de M.; SUNADA, N. da S.. Características produtivas, morfogênicas e estruturais do capim Piatã submetido à adubação orgânica. Ciência Rural, Santa Maria, v.43, n.7, p.1238-1244, jul, 2013.
PEREIRA, A.V. et al. Selection of interspecific Brachiaria hybrids to intensify milk production on pastures. Crop Breeding and Applied Biotechnology, Viçosa, v.5, n.1, p.99-104, 2005.
SANTOS, M. E. R.; FONSECA, D. M.; BALBINO, E. M.; MONNERAT, J. P. I. S.; SILVA, S. P. Caracterização dos perfilhos em pastos de capim-braquiária diferidos e adubados com nitrogênio. Revista Brasileira de Zootecnia, Viçosa, v.38, n.4, p. 643-649, abr. 2009.
SANTOS, P. M.; BALSALOBRE, M. A. A.; CORSI, M. Características morfogenéticas e manejo de capim- tanzânia. Pesquisa Agropecuária Brasileira, Brasília, v.38, n.8, p. 991-997, ago., 2003
SIMIONATTO, C. C. Produção e Composição Bromatológica de Pastagem de Azevém sobressemeado em Cynodon Nlemfuensis Cv. Porto Rico, com uso de leguminosas e Adubação Nitrogenada. Ciência Rural, Santa Maria, v.43, n.8, p.1691-1701, agosto, 2011.
SOUZA SOBRINHO, F. Estacionalidade e estabilidade de produção de forragem de progênies de Brachiaraia ruziziensis. In: EVANGELISTA, A.R. et al. Forragicultura e pastagens: temas em evidência. Lavras: UFLA, 2011. p.65-120
TAIZ, L.; ZEIGER, E. Fisiologia vegetal. Tradução de Eliane Romanoto Satarém et al. 5. ed. Porto Alegre: Artmed, 2013. 954p.
TORRES JUNIOR, A. de M.; AGUIAR, G. A. M. Pecuária de corte no Brasil – potencial e resultados econômicos. In: ENCONTRO DE ADUBAÇÃO DE PASTAGENS DA SCOT CONSULTORIA - TEC - FÉRTIL, 1., 2013, Ribeirão Preto. Anais... Bebedouro: Scot Consultoria, 2013. p. 9-14.
VALLE, C.B do, et al., BRS Ipyporâ (“belo começo” em guarani): híbrido de Brachiaria da Embrapa. Embrapa Amazônia Oriental. 2017.
VALLE, C.B.; EUCLIDES, V.P.B.; PEREIRA, J.M.; VALÉRIO, J.R.; PAGLIARINI, M.S.; MACEDO, M.C.M.; LEITE, G.G.; LOURENÇO, A. .J.; FERNANDES, C.D.; DIAS FILHO, M.B.; LEMPP, B.; POTT, A.; SOUZA, M.A.. O Capim-Xaraés (Brachiaria brizantha cv. Xaraés) na diversificação das pastagens de braquiária. Campo Grande: Embrapa Gado de Corte, 36p. 2004
VOLTOLINE, T. V.; CAVALCANTI, A. C. R.; Mistura, C.; Cândido, M. J. D.; Santos, B. R. C. dos. Pastos e manejo do pastejo em áreas irrigadas. Cap. 12. EMBRAPA Semiárido. 2011.
(Dissertação de Mestrado).
Publicado
2019-05-13