PLANTIO DE VARIEDADES DE CANA-DE-AÇÚCAR NA MODALIDADE MUDAS PRÉ BROTADAS " MPB" EM DIFERENTES ESPAÇAMENTOS ENTRE PLANTAS

  • Dyb Youssef Bittar Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Bruno Moreira Gomes
Palavras-chave: Saccharum officinarum L. Distribuição espacial. Manejo varietal.

Resumo

O Programa Cana IAC tem desenvolvido métodos para reduzir o volume de mudas necessário para a multiplicação de novas tecnologias varietais. O sistema de Muda Pré-Brotada (MPB) vem nesta direção, pois permite a redução do volume de mudas por hectare e o melhor controle na qualidade de vigor, resultando em canaviais de excelente padrão clonal e sanitário e com maior homogeneidade. O objetivo deste trabalho foi avaliar o incremento na produtividade e as características de colmos de três variedades de cana-de-açúcar (CTC9001, CT049005, CTC9004M) plantadas em quatro espaçamentos (0,70, 0,85, 1,00 e 1,15m) na modalidade MPB.  O experimento foi realizado de abril de 2017 a maio de 2018.O delineamento utilizado foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial (variedades e espaçamentos), com quatro repetições. Ao final do experimento, foram realizadas avaliações de comprimento médio dos colmos, diâmetro médio dos colmos, número de colmos por metro e TCH. Os dados obtidos foram submetidos à análise da variância e, as médias, comparadas pelo teste de Skott - knott, a 5% de probabilidade. O fator espaçamento não apresentou incrementos as características analisadas. Somente o fator variedade que apresentou resultados satisfatórios, as variedades quando analisadas de forma isolada, ou seja, sem estar fazendo interação com o espaçamento se mostraram diferentes entre si em todas as características analisadas, podendo destacar para comprimento médio dos colmos as variedades CTC9001 e CT049005, para diâmetro médio dos colmos pode-se destacar a variedade CTC 9001 e para a variável número de colmos por metro destaca-se as variedades CTC9001 e CT049005. Desta forma pode se recomendar o plantio em um espaçamento maior pois ocasionará a redução de mudas gastas por hectare gerando economia ao processo.

Referências

BEAUCLAIR, E.G.F.; SCARPARI, M.S.; Noções filotécnicas. In. RIPOLI, T.C.C.;
RIPOLI, M.L.C.; CASAGRANDI, D.V.; IDE, B.Y.; Plantio de cana-de-açúcar: estado da arte. Piracicaba: Barros & Marques Editoração Eletrônica, 2006. v.1. 216p.
CASAGRANDE, A. A. Tópicos de morfologia e fisiologia da cana-de-açúcar. Jaboticabal: FUNEP, 1991. 157 p.
COMPANIA NACIONAL DE ABASTECIMENTO - CONAB. Cana-de-açúcar safra 2017/2018 segundo levantamento agosto 2017.
GOMES, C. Sistema muda conceito de plantio. Jornal A Lavoura, Campinas, n. 696, p. 3839, 2013.
LANDELL, M. G. A.; CAMPANA, M. P.; FIGUEIREDO, P.; XAVIER, M. A.; ANJOS, I. A. Sistema de multiplicação de cana-de-açúcar com uso de mudas pré-brotadas (MPB), oriundas de gemas individualizadas. Instituto Agronômico, Campinas, 2013. 16 p.
LANDELL, M. G. de A.; BRESSIANI, J. A.; Melhoramento Genético, Caracterização e Manejo Varietal. In: DINARDO-MIRANDA, L. L.; VASCONCELOS, A. C. M.; LANDELL, M. G. de A. Cana-de-açúcar. Campinas: Instituto Agronômico. 2008. p.101 – 155.
MORAES, A. Tamanho ideal de amostras em diferentes espaçamentos entre plantas para a avaliação de famílias de cana-de-açúcar. 2017. 48 f. Dissertação (Mestrado Profissional) Universidade Federal de Lavras – UFLA, Lavras, MG, 2017.
QUEIROZ, A. M.; FERREIRA, J. B.; PAULA, J. S. A. Relação do Setor Sucroalcooleiro e o Preço da Terra Agrícola em Goiás e em Minas Gerais. Goiânia: FACE/UFG, 2016.
RIPOLI, T. C. C.; RIPOLI, M. L. C.; CASAGRANDI, D. V.; IDE, B. Y. Plantio de cana-de-açúcar: estado da arte. Piracicaba, 2006. 216 p.
SEGATO, S. V.; MATTIUZ, C. F. M.; MOZAMBANI, A. E. Atualização Em Produção De Cana-de-Açúcar. 1.ed. Piracicaba: Livroceres, 2006. 415 p.
XAVIER, M. A.; LANDELL, M. G.; CAMPANA, M. P. Fatores de Desuniformidade e Kit de Pré-Brotação IAC para Sistema de Multiplicação de Cana-de-Açúcar – Mudas Pré-Brotadas (MPB). Documentos IAC, nº 113. Instituto Agronômico, Campinas, SP. .22 p, 2014.
Publicado
2019-05-13