IDENTIFICAÇÃO DAS FORMAS DE USO E OCUPAÇÃO DO SOLO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO DOS PEIXES

  • Samara Gonçalves Silva Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Gustavo Henrique Mendes
Palavras-chave: mapeamento, cerrado, recursos naturais.

Resumo

A utilização de mapas de uso do solo permite a indicação de áreas consideradas de risco ou degradadas, assim como distinção entre variações ocorridas devido à evolução paisagem e as provocadas pelo homem. Desta forma, o sensoriamento remoto e o geoprocessamento podem auxiliar no monitoramento e manutenção de registros do uso da terra ao longo do tempo. O objetivo deste trabalho foi quantificar as formas de uso e ocupação do solo e avaliar as alterações ocorridas entre 2002 e 2013 na bacia hidrográfica do Rio dos Peixes por intermédio de mapeamento prévio do cerrado. Foram utilizados dados obtidos através de um estudo realizado pela Embrapa Cerrados, Universidade Federal de Uberlândia e a Universidade Federal de Goiás no ano de 2002 e também informações obtidas pelo projeto TerraClass Cerrado no ano de 2013. As comparações destas informações demonstraram que houve uma diminuição de 86% da área ocupada com agricultura, e de 12 km² da área de vegetação nativa. Isso pode ter ocorrido devido ao aumento da área de pastagens que cresceram 28,5%. Os cursos de água tiveram diminuição de quase 1 km². A área urbana apresentou alto crescimento sendo necessário de que cuidados sejam tomados para não prejudicar o meio ambiente.

Publicado
2019-05-13