ANÁLISE DO IMPACTO AMBIENTAL DO MATERIAL FRESADO RESULTANTE DA RESTAURAÇÃO DAS RODOVIAS FEDERAIS

  • Andressa Patrinny Costa Discente, Bacharelado em Engenharia Civil, UniEVANGÉLICA - Centro Universitário de Anápolis
  • Isa Lorena Silva Barbosa Professora Mestra, Bacharelado em Engenharia Civil, UniEVANGÉLICA - Centro Universitário de Anápolis
Palavras-chave: Excesso de peso. Vida útil. Restauração das rodovias federais. Impactos ambientais. Material fresado.

Resumo

No presente trabalho foi desenvolvido um estudo sobre a restauração das rodovias federais brasileiras sendo composto por uma pesquisa numérica quantitativa para a obtençao da quantidade de material fresado proveniente da restauração do pavimento flexível o qual é lançado no meio ambiente gerando danos tanto para o solo e recursos hídricos  quanto para os seres vivos. Este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de demonstrar através de cálculos e estudos, o potencial contaminante de resíduos asfálticos compostos por hidrocarbonetos policíclicos aromáticos que são poluentes orgânicos que afetam o meio ambiente e a saúde do ser humano causando câncer. Para tanto, foi feito uma previsão da redução da vida útil do pavimento quando o mesmo sofre um acrescimo de cargas, a partir dos resultados pode-se compreender que a falta de conhecimento por parte do condutor e da transportadora reduz consideravelmente a vida útil do pavimento, fazendo-se necessário a restauração do mesmo. A restauração utilizando o método da fresagem mesmo que benéfica pode trazer riscos ambientais, populacionais e de redução da vida útil do pavimento em 4 anos, quando não descartado de maneira adequada conforme demonstrado nos cálculos e o impacto financeiro que a restauração pode trazer aos cofres públicos, servindo como base para estudos futuros voltados a melhoria do controle de peso transportado pelos veículos fazendo uso de balanças de controle de pesagem veícular em todos os pontos de tráfego intenso e a utilização do material fresado na restauração das rodovias.

Publicado
2018-12-21
Seção
Artigos