ESTUDO QUALITATIVO DO GANHO DE RESISTÊNCIA DA APLICAÇÃO DE TECIDO DE FIBRAS DE VIDRO EM VIGAS DE CONCRETO SIMPLES COMO TÉCNICA DE REFORÇO ESTRUTURAL

  • André Lucas Bispo da Paz Discente, Bacharelado em Engenharia Civil, UniEVANGÉLICA - Centro Universitário de Anápolis
  • Thales Alves Moreira Discente, Bacharelado em Engenharia Civil, UniEVANGÉLICA - Centro Universitário de Anápolis
  • Wanessa Mesquita Godoi Quaresma Professora Mestra, Bacharelado em Engenharia Civil, UniEVANGÉLICA - Centro Universitário de Anápolis
Palavras-chave: Concreto Armado. Reforço Estrutural. Fibra de Vidro. Reforço de Vigas.

Resumo

Com a evolução da construção civil, o concreto armado se tornou umas das técnicas mais importantes para o ramo, visto que sua aplicação compreende um enorme leque de possibilidades. Entretanto os elementos que o compõe, são passíveis de patologias de diversas origens, variando desde a propriedades físicas a possíveis falhas na execução. A partir disto se mostrou importante o estudo de tecnologias de reparação e reforço de estruturas. O tecido de fibra de vidro, já é utilizado em uma área diversa da construção civil, e veio como um possível material a ser utilizado na área de reforço de estruturas devido seu baixo custo, como uma medida de desenvolvimento e aprimoramento de técnicas de reforço estrutural. Portanto o objetivo do estudo deste material é analisar as principais características estruturais da aplicação dos compósitos de fibra de vidro como reforço de vigas de concreto. A partir disto, foi estudado a literatura disponível acerca do tema e explanou-se sobre as vantagens e as desvantagens da aplicação deste método em relação aos já normalmente utilizados. A etapa seguinte foi o processo experimental, no qual foi calculado um traço de concreto convencional de acordo a propriedades conhecidas com testes laboratoriais de cada elemento do traço, posteriormente foi moldado corpos de prova prismáticos, sendo metade reforçados e, em seguida, rompeu-se todos eles. O que nos possibilitou analisar o aumento de carga resistente à tração na flexão do corpo de prova de concreto reforçado em relação ao não reforçado. Com os resultados adquiridos analisou-se as vantagens e desvantagens observadas com este experimento.

Publicado
2018-12-21
Seção
Artigos