IMPACTOS DO ISOLAMENTO SOCIAL NOS DADOS DE VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER:

RECORTE DO PERÍODO PANDÊMICO EM GOIANÉSIA - GOIÁS

Autores

  • KÉSIA KARITA PEREIRA DO VALE UNIEVANGÉLICA

Palavras-chave:

Covid-19. Violência doméstica. Lei Maria da Penha.

Resumo

A presente pesquisa objetiva analisar o impacto da pandemia nos números de mulheres que sofrem violência doméstica, bem como quais foram às alterações jurídicas em período pandêmico (Lei 14.022/2020), realizando estudo dos dados apresentados em contexto nacional e local, do ano de 2020. Destarte, para constatação dos dados a serem levantados, será utilizada a metodologia bibliográfica e documental, a partir da leitura de teses e publicações na área jurídica, sendo que, também será realizada uma pesquisa in loco, com levantamento na base de dados da Secretaria de Segurança Pública, relativos aos registros na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher na cidade de Goianésia – Goiás. Por meio de análise quali-quantitativa e utilização da metodologia hipotético-dedutiva, busca-se identificar a influência do cenário pandêmico nas práticas violentas no seio familiar, e compreender os pilares que permeiam as relações de violência doméstica. A relevância da pesquisa científica para a coletividade se sustenta sob a possibilidade de compreensão da relação de convívio, com o intuito de possibilitar a criação de políticas necessárias

para a redução de violência no âmbito familiar. Os principais resultados obtidos em relação aos dados de violência foram que o cenário pandêmico de fato alterou as relações sociais, especificamente a violência doméstica, evidenciando a necessidade da responsabilidade estatal sobre o tema, bem como um olhar técnico e protetor.

Downloads

Publicado

2022-09-05