http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/issue/feed Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes 2022-12-02T11:01:08+00:00 Evelin Soares de Oliveira Martins evelin.oliveira@unievangelica.edu.br Open Journal Systems <p><strong>ISSN:</strong> 2177-5613</p> <p>Seminário de Atualização de Práticas Docentes é um evento institucional que acontece desde 2001, antecedendo o início dos semestres letivos, com o objetivo de atualizar, aprimorar, desenvolver, instigar, preparar e motivar a prática docente para que o processo de ensino/aprendizagem seja efetivo. </p> <p>Serão publicados nestes anais trabalhos completos de relatos de experiência, revisão de literatura e demais trabalhos científicos.</p> http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8241 A UTILIZAÇÃO DO AVA COMO INSTRUMENTO DE COLETA DE DADOS PARA AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM 2022-08-29T13:58:24+00:00 Maria Cecilia Martínez Amaro Freitas maria.freitas@unievangelica.edu.br Fabrícia Borges de Freitas Araújo fabricia.araujo@unievangelica.edu.br Pollyana dos Reis Pereira Fanstone pollyana.reis@unievangelica.edu.br Edna Aparecida de Oliveira Beltrão ednaaparol@gmail.com Patrícia Sheyla Bagot de Almeida sheylaba7@hotmail.com Sandra Elaine Aires Abreu sandraeaa@yahoo.com.br <p><span style="font-weight: 400;">O presente estudo se refere a um relato de experiência que evidencia a avaliação da aprendizagem como uma prática pedagógica processual e contínua, que se utiliza de ações diversificadas para obter elementos que auxiliem o professor a acompanhar e intervir no desenvolvimento acadêmico de seus alunos, utilizando o AVA como importante instrumento de coleta de dados que pode enriquecer o processo avaliativo, tanto para o professor como para o aluno. Os relatos aqui expostos referem-se a práticas docentes de avaliação das disciplinas Avaliação da Aprendizagem e</span> <span style="font-weight: 400;">Didática: Métodos e Recursos de Aprendizagem permeadas pelo Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) do curso de Pedagogia da Universidade Evangélica de Goiás-UniEVANGELICA. Eles apontam que os recursos disponibilizados pelo AVA favorecem a proposição e acompanhamento de atividades avaliativas que possibilitam a coleta de dados qualitativos, que auxiliam no redirecionamento do itinerário pedagógico. </span></p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8244 PRÁTICAS EXITOSAS E INOVADORAS UTILIZANDO A FERRAMENTA AVA NO ENSINO-APRENDIZAGEM DOS ALUNOS DO CURSO DE DIREITO DA UNIEVANGÉLICA 2022-08-30T00:27:22+00:00 ANDREA SIQUEIRA andreasiqueira@live.com Ana Paula Mendonça Ferreira Russo anapaulamf@hotmail.com Angélica Gouveia Lima angelicagouveia.adv@gmail.com Camila Rodrigues de Souza Brito adv.camilabrito@gmail.com Daniel Gonçalves Mendes da Costa daniel.costa@unievangelica.edu.br Karla Oliveira karlasouza.oliveira@gmail.com Marcos André Ribeiro marckosribeiro@hotmail.com Marcos Ricardo da Silva Costa marcoscostaprof@hotmail.com Priscilla Santana priscillasantana_@hotmail.com Wendel Quintino wendellrquintino.adv@gmail.com <p>Este artigo apresenta um relato de experiências exitosas na aplicação de estratégias de aprendizagem no Ambiente Virtual de Aprendizagem no Curso de Direito, com o advento da pandemia que acabaram sendo fundamentais para atender as novas Diretrizes Curriculares Nacionais do curso. A metodologia utilizada nesse artigo é a de relato de experiência de alguns dos professores do curso de Direito da Universidade Evangélica de Goiás quanto ao uso do ambiente virtual em suas disciplinas teóricas através de uma narrativa das experiências por esses professores vividas desde a implementação do AVA no curso que se deu em março de 2020. É um exame sobre didática, sobre profissionalismo pedagógico, sobre aplicação dessa nova técnica e realização das atividades por ela trazidas. A intenção é demonstrar as boas práticas vivenciadas por esses professores em suas aulas, nas online, e, agora, nas presenciais. Assim, no texto será abordado o que é o AVA, quais as ferramentas encontradas no AVA utilizadas pelos professores, como é o funcionamento desse software e a experiência alcançada pelo uso desse instrumento. A proposta temática se justifica dada a importância de se avaliar o uso de recursos virtuais que foram muito importantes na repentina quebra de paradigmas de ensinar e aprender causada pela pandemia que todos vivenciamos e que poderá acontecer novamente.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8247 A PRÁTICA EXITOSA DO BODY PAINTING COMO RECURSO METODOLÓGICO NO ENSINO DE ANATOMIA HUMANA E SUA APLICAÇÃO NO AMBIENTE VIRTUAL 2022-08-30T17:27:04+00:00 José Luís Rodrigues Martins jose.martins@docente.unievangelica.edu.br Liana da Silva Gomes liana.gomes@docente.unievangelica.edu.br Ana Paula Montandon de Oliveira ana.oliveira@docente.unievangelica.edu.br Flávia Gonçalves Vasconcelos flavia.vasconcelos@docente.unievangelica.edu.br Janaina Andréa Moscatto janaina.moscatto@docente.unievangelica.edu.br Jivago Carneiro Jaime jivago.jaime@docente.unievangelica.edu.br José Elias Flosino de Sousa jose.sousa@docente.unievangelica.edu.br Karine Watanabe de Brito Duarte karine.duarte@docente.unievangelica.edu.br Larisse Silva Dalla Libera larisse.dalla@gmail.com Luana Alves de Freitas Afiune luanafiune@gmail.com <p><em>Body Painting</em> é um processo de pintura de estruturas internas na superfície do corpo com alto grau de detalhamento. Diversas estruturas, como músculos, veias, ossos, nervos e órgãos internos, são reproduzidas na pele humana facilitando o estudo anatômico e a palpação. É uma ferramenta utilizada com o propósito de aprimorar o processo de ensino-aprendizagem no ensino superior, onde o discente é o agente principal, assumindo um papel ativo e resignificando o aprendizado para a futura vida profissional. O presente estudo tem como objetivo apresentar o uso do <em>Body Painting </em>como ferramenta de ensino-aprendizagem no eixo de conhecimento de estrutura e função dos músculos, bem como sua aplicação no ambiente virtualde aprendizagem (AVA). No primeiro semestre de 2022 optou-se pelo uso da técnica <em>body painting</em> junto ao estudo das peças anatômicas cadavéricas e sintéticas na disciplina de morfofisiologia para os alunos do curso de farmácia. O tema abordado nas aulas foi referente aos músculos dos membros superiores. Na exposição do plano de ensino da disciplina, os discentes foram apresentados à metodologia e informados como deveriam proceder com a técnica <em>body painting</em>: cada grupo composto por dez alunos deveria escolher dois representantes para serem os “modelos”, que deveriam ficar com o braços e antebraços e mãos expostos. Em seguida, reproduziram na superfície corporal dos discentes, os músculos dos membros superiores, de acordo com a peça visualizada no laboratório, além de fotografar e inserir no AVA. Assim, a utilização da técnica <em>body painting</em> como recurso didático alternativo proporcionou uma atuação ativa dos discentes, proporcionando meios de integrar os temas, introduzindo ferramentas inovadoras como alternativas na educação.</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8251 UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM COMO FERRAMENTA PARA ACOMPANHAMENTO DE AVALIAÇÕES PROCESSUAIS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA 2022-08-30T22:57:15+00:00 José Luís Rodrigues Martins jose.martins@docente.unievangelica.edu.br Flávia Gonçalves Vasconcelos flavia.vasconcelos@docente.unievangelica.edu.br Janaina Andréa Moscatto janaina.moscatto@docente.unievangelica.edu.br José Elias Flosino de Sousa jose.sousa@docente.unievangelica.edu.br Luciana Vieira Queiroz Labre luciana.labre@docente.unievangelica.edu.br Lucimar Pinheiro Rosseto lucimar.rosseto@docente.unievangelica.edu.br Mirella Andrade Silva mirella.silva@docente.unievangelica.edu.br Ovidia Augusta da Fonseca Almeida Brito ovidiafarmacia@uol.com Rodrigo Scaliante de Moura rodrigo.moura@docente.unievangelica.edu.br Roldão Oliveira de Carvalho Filho professorroldao@gmail.com <p>&nbsp;A suspensão e, posteriormente, o retorno parcial das aulas, evidenciou a necessidade de implementar novas formas de ensinar e aprender, que integrem modo presencial e remoto, caracterizando o ensino híbrido. Os ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs) tornaram-imprescindíveis para a construção e mensuração do conhecimento adquirido neste novo modelo. Nesse contexto, neste estudo, objetivou-se relatar a experiência do uso do AVA na avaliação processual dos acadêmicos do Curso de Farmácia da UniEVANGÉLICA, em 2022/1. O estudo considerou a realização pelos alunos, em 12 disciplinas cursadas, entre fevereiro e julho de 2022, de três modalidades de avaliação processual através do <em>moodle: </em>atividade pré aula (APA), atividade pós-aula (AAS) e aprendendo a resolver problemas (ARP), que totalizavam 50% da nota necessária para aprovação. A análise demonstrou que 84% dos alunos aprovados nas disciplinas realizaram as atividades, principalmente a APA (87%), contra 51% dos reprovados, evidenciando a importância da realização delas para aprovação. Fatores como o perfil trabalhador do aluno do Curso, com pouco tempo disponível, o desinteresse e a dificuldade com o novo modelo de ensino parecem estar relacionados a esses resultados, tornando necessário aprimoramento contínuo da ferramenta, a fim de atender melhor os objetivos propostos e os diferentes perfis de aluno.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8262 TUTORIA NAS DISCIPLINAS 100% ON-LINE DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO PRESENCIAIS DA UNIEVANGÉLICA 2022-09-12T22:24:36+00:00 Pollyana dos Reis Pereira Fanstone pollyana.reis@unievangelica.edu.br Rúbia de Pina Luchetti rubia.luchetti@unievangelica.edu.br Luana Alves de Freitas Afiune luana.afiune@unievangelica.edu.br Caleb Gomes Pitaluga caleb.pitaluga@unievangelica.edu.br Eduardo Ferreira de Souza eduardo.souza@unievangelica.edu.br Natasha Sophie Pereira natasha.sophie@unievangelica.edu.br Evelin Soares de Oliveira Martins evelin.oliveira@unievangelica.edu.br Cristiane Martins Rodrigues Bernardes cristiane.bernardes@unievangelica.edu.br <p>Este artigo tem como objetivo tematizar acerca do papel da tutoria no processo de ensino e aprendizagem das disciplinas 100% on-line dos cursos de graduação presenciais da UniEVANGÉLICA. Entre diversos elementos importantes na aprendizagem a distância, destaca-se a figura do tutor, é ele o elo nas relações didático-pedagógicas entre discentes, docentes e gestores da instituição. O tutor é responsável por estabelecer um vínculo com o estudante, que favorecerá sua aprendizagem e permanência no curso. Cabe a ele, presando pela qualidade da comunicação, acompanhamento e avaliação da aprendizagem dos estudantes; usar estratégias de estímulo e motivação para maior engajamento dos acadêmicos. Por meio da técnica do relato de experiência, este estudo apresenta as estratégias utilizadas pela tutoria da ProACAD nas disciplinas 100% on-line dos cursos de graduação presencial da UniEVANGÉLICA.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8265 A PRODUÇÃO DE PODCASTS PELOS DISCENTES DO CURSO DE ESTÉTICA: 2022-09-12T23:29:02+00:00 Wesley dos Santos Costa wesley.costa@unievangelica.edu.br Rubia de Pina Luchetti rubia.luchetti@unievangelica.edu.br Cecília Magnabosco Melo cecilia.melo@associacaoevangelica.onmicrossoft.edu.br Viviane Soares ftviviane@gmail.com Ovidia Augusta da Fonseca Almeida Brito ovidiafarmacia@uol.com.br Valéria Gomes da Silva Rocha valeria.gsrocha@gmail.com Lúcia Abrahão Helou luciaelou@uol.com.br Thiago Rodrigues de Araújo ms.ft.thiago@hotmail.com Vaneide Caldas Martins vancm3@hotmail.com Wilson Nunes nunesw2@gmail.com <p style="margin: 0px 0px 8px; text-align: justify; line-height: normal;"><span style="margin: 0px; font-family: 'Arial','sans-serif'; font-size: 10pt;">A educação atual exige mudanças no processo de ensino-aprendizagem, para que o discente desenvolva habilidades e competências e se torne o protagonista do seu desenvolvimento para assim, atuar de forma a corresponder as necessidades do mercado de trabalho. O objetivo desse relato de caso, é mostrar a importância de utilizar tecnologias digitais de informação e comunicação (TDICs), no ensino híbrido, para garantir um maior aprendizado discente. Foi aplicado no Curso Superior de Tecnologia em Estética e Cosmética, no item revisando conteúdo, de disciplinas com carga horária on-line, a atividade de produção de um podcast em cada ciclo avaliativo, no qual os discentes escolhiam um tema e faziam a gravação de no máximo três minutos. Como resultado, foram obtidos relatos de discentes sobre a experiencia e como auxiliou em várias dificuldades que tinham, como resistência a mudanças, timidez e outros. Como o ensino híbrido traz a necessidade de diversificação de metodologias utilizadas, o podcast, se torna então, mais uma para auxiliar e que pode ser utilizada tanto pelos discentes como pelos docentes. </span></p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8268 O USO DA FERRAMENTA PADLET NA ADMINSTRAÇÃO EM ENFERMAGEM 2022-09-13T01:44:58+00:00 GLAUCIA MEIRELES profglauciameireles@gmail.com Juliana Macedo Melo jumacedomelo@hotmail.com Tatiana Caixeta Aranha taticaexeta@hotmail.com Elisângela Rodrigues Boeira4 elisangela.boeira@unievangelica.edu.br Ligia Melo Braz l_magavilha@hotmail.co <p>O <em>Padlet </em>é um aplicativo gratuito baseado na <em>Web</em>,&nbsp; que fornece um “mural “ interativo ao usuário e que&nbsp; permite postar palavras, fotos, <em>links</em> e vídeos, com a visualização por qualquer pessoa que possua o link ou endereço do mural específico. Visto a relevância do tema, o artigo &nbsp;objetivou&nbsp; descrever um relato de experiência sobre&nbsp; o uso do <em>Padlet</em> no Ambiente Vitual de Aprendizagem ( AVA), na disciplina de Administração de Enfermagem do&nbsp; 8° período. Trata-se de um estudo descritivo, do tipo relato de experiência, baseado&nbsp; nas vivências &nbsp;acerca da utilização da ferramenta por professores do curso de graduação em enfermagem da&nbsp; Universidade Evangélica de Goiás, Anápolis, Goiás, aplicada durante a aula de &nbsp;Administração em Enfermagem, abordando conteúdos ministrados. A temática abordada foi:&nbsp; a administração no contexto da enfermagem. Ao todo, foram 30 alunos que relizaram a atividade. Conclui-se que os benefícios examinados visualmente nas competências adquiridas pelos estudantes foram: troca colaborativa do conhecimento, descoberta de ampla gama de estratégias de resolução de problemas, proficiências de comunicação e argumentação, emenda da interdependência positiva e aplicação imediata dos conceitos apresentados durante o momento presencial em sala de aula.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8274 METODOLOGIA DE ENSINO BASEADA EM PROBLEMAS DE ENGENHARIA APOIADA PELO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM – AVA 2022-09-20T21:55:55+00:00 Rosemberg Fortes Nunes rosemberg.rodrigues@docente.unievangelica.edu.br Adriano Machado dos Santos adriano.santos@unievangelica.edu.br Aurélio Caetano Feliciano aureliocfeng@gmail.com Cláudia Gomes de Oliveira dos Santos claudia.santos@docente.unievangelica.edu.br Eduardo Coelho da M. Faria eduardocoelhofaria@hotmail.com Joaquim Orlando Parada joaquim.parada@unievangelica.edu.br Ricardo Henrique Fonseca Alves ricardohenriquefa@gmail.com Sérgio Mateus Brandão sergio.brandao@unievangelica.edu.br Vanessa Honorato Domingos vhdomingos@gmail.com <p>A Engenharia é uma ciência de aplicação de fundamentos multidisciplinares em prol da resolução de problemas da <br>sociedade, demandando dos Engenheiros habilidades de aplicação de conceitos obtidos durante a sua formação para a <br>construção de equipamentos, melhoria de processos e concepção de projetos diversos. O Ensino Baseado em Problemas <br>surge como uma ferramenta pedagógica em que os discentes podem incentivar seus alunos a aplicar as diversas <br>metodologias das disciplinas da matriz curricular do curso de forma dinâmica e interativa, refletindo as demandas <br>profissionais que os futuros Engenheiros poderão atender após graduados. Nesse contexto, o Ambiente Virtual de <br>Aprendizagem – AVA representa uma importante ferramenta tecnológica que contribui de forma efetiva com os processos <br>de integração entre disciplinas, bem como aproxima os alunos dos professores por uma melhor comunicação interpessoal <br>entre os mesmos. Além disso, o AVA permite a concentração dos conteúdos em uma única plataforma padronizada de <br>disponibilização dos diversos recursos pedagógicos utilizados pela docência. A abordagem das disciplinas através da <br>proposta de problemas a serem resolvidos é uma ferramenta versátil e abrangente que pode ser aplicada desde disciplinas <br>específicas do curso de Engenharia como Resistência de Materiais, Refrigeração e Ar Condicionado, Estruturas Metálicas<br>e Elementos de Máquinas até disciplinas gerais como Controle de Qualidade, Cálculo Numérico Computacional e <br>Equações Diferenciais Ordinárias. Este trabalho apresenta um estudo de caso de aplicações da Aprendizagem Baseada <br>em Problemas no curso de Bacharelado em Engenharia Mecânica</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8236 VIRTUALIZAÇÃO DO DESENVOLVIMENTO E APRESENTAÇÃO DOS TRABALHOS DE CONCLUSÃO DE CURSO NOS CURSOS DE BACHARELADOS EM COMPUTAÇÃO DA UNIVERSIDADE EVANGÉLICA DE GOIÁS – UNIEVANGÉLICA 2022-08-19T14:23:35+00:00 Pollyana dos Reis Pereira Fanstone pollyana.reis@unievangelica.edu.br Henrique Valle de Lima henrique.lima@unievangelica.edu.br William Pereira dos Santos Júnior willian.junior@unievangelica.edu.br Walquíria Fernandes Marins walquiria.marins@unievangelica.edu.br Eduardo Ferreira de Souza eduardo.souza@unievangelica.edu.br Natasha Sophie Pereira natasha.sophie@unievangelica.edu.br <p>Este artigo tem como objetivo apresentar as estratégias didático-tecnológicas utilizadas nos cursos de Bacharelados em Computação da Universidade Evangélica de Goiás – UniEVANGÉLICA, no sentido de possibilitar aos acadêmicos o desenvolvimento e a apresentação dos Trabalhos de Conclusão de Curso - TCCs de forma virtual por meio das seguintes tecnologias digitais: Ambiente Virtual de Aprendizagem Moodle e Software de Videoconferência Zoom. A pandemia da Covid-19 e a consequente suspensão das aulas presencias em todo o mundo, fez surgir novos desafios para as Instituições de Ensino Superior, principalmente no que se refere à manutenção de atividades, até então, compreendidas como essencialmente presenciais, como é o caso do componente curricular Trabalho de Conclusão de Curso. Diante da impossibilidade de encontro presencial com os acadêmicos, os cursos de Computação da UniEVANGÉLICA propuseram uma metodologia de trabalho virtual, a fim de continuar atendendo seus acadêmicos com total qualidade na construção deste trabalho, que é uma etapa fundamental para a formação acadêmica dos Engenheiros de Computação e de Software. Utilizou-se como recurso metodológico neste artigo, a técnica do relato de experiência descrito pelos docentes dos cursos, orientadores de TCC. O estudo apresenta o processo de planejamento e execução dos TCCs, referente aos acadêmicos dos 7º e 8º períodos no segundo semestre de 2021.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8242 O PROFESSOR DO CURSO DE DIREITO E O PAPEL DE TRANSFORMAÇÃO SOCIAL 2022-08-29T17:33:00+00:00 ADRIANO GOUVEIA LIMA adriano.lima@docente.unievangelica.edu.br Angélica Gouveia Lima angelicagouveia.adv@gmail.com Russo Ana Paula Mendonça Ferreira anapaulamf@hotmail.com Ribeiro Gracy Tadeu Ferreira gracy.ribeiro@unievangelica.edu.br Lopes Herbert Emílio Araújo Lopes herbert.lopes@unievangelica.edu.br Silva Priscilla Santana da priscillasantana_@hotmail.com Evellyn Thiciane Macedo Coelho Clemente evellyn.coelhoesantos@gmail.com Toschi Aline Seabra seabrat@gmail.com Camila Brito adv.camilabrito@gmail.com Gabriela Gomes dos Santos Naves gabigomesnaves@hotmail.com <p>Este breve artigo tem como objetivo questionar, elucidar e esclarecer a função do professor do Curso de Direito na UniEvangélica – Faculdade de Direito de Anápolis e, e o seu papel de transformação social, posto que, o Curso de Direito visa a formação de profissionais de atuação na área jurídica. O papel do professor hoje não mais se limita à sala de aula, outrossim, sua missão é transformar vidas e moldar os alunos para as profissões jurídicas com maturidade e capacidade. Para compreender as mudanças, é necessário analisar que o papel em sala de aula se associa às práticas de extensão e ao uso das plataformas, que são importante fermenta no auxílio dessa missão. Ensinar e mudar vidas capacitando os alunos é a missão primordial do professor. Certamente, será possível criar uma nova classe de profissionais do direito na área da docência mais conscientes dessa nova necessidade social de transformação. Há evidências crescentes de que essas transformações estão a caminho e que os professores do Curso de Direito, mais que nunca, devem buscar essa compreensão de transformação social. Por último, mas não menos importante, este breve artigo só foi possível após as discussões no seminário de práticas de ensino da Universidade Evangélica de Goiás que, através da Semana de Atualização de Práticas Docentes trouxe esse novo paradigma, sempre focado na excelência da prestação do serviço de ensino e aprendizagem, marca histórica e que caracteriza a missão da Associação Educativa Evangélica.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8245 O APRENDIZADO ACADÊMICO POR MEIO DAS FERRAMENTAS DIGITAIS 2022-08-30T00:37:06+00:00 Regina Ribeiro de Castro Ribeiro de Castro Lima reginarc2008@hotmail.com <p>Aliadas aos desafios da formação superior, surgem as questões contemporâneas que levam à mobilização das práticas pedagógica. As mudanças e as adaptações que ocorrem no cotidiano das pessoas e no trabalho, influenciam significativamente o ensino superior e esse entendimento é importante no planejamento didático-pedagógico, pois de que adiantaria um conhecimento sem utilidade na vida do acadêmico e da sociedade. Apresenta-se um relato de experiência docente, com base na análise de participação acadêmica no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), no curso universitário de enfermagem. O objetivo deste é discorrer sobre a experiência docente na condução do aprendizado com as tecnologias digitais da comunicação e informação, com ênfase na percepção discente. Nesse momento, percebe-se que a comunidade acadêmica já está familiarizada com a plataforma on line, denominada Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), entretanto a preocupação com a qualidade dos conteúdos e da qualidade de aprendizagem fomentou o aprimoramento das atividades, com a curadoria dos conteúdos de estudo e de atividades pré e pós aula. Nesse processo, surgiram indagações acadêmicas relacionadas a quantidade excessiva de conteúdo quando somadas todas as disciplinas do período, o prazo para realização das atividades não suficiente para alguns, bem como, a coerência entre os conteúdos disponibilizados e as atividades propostas. Aos poucos todos estão percebendo e entendo a importância da flexibidade e diversificação nas formas de aprender. Mesmo em meio aos desafios de habilidades tecnológicas digitais, a grande maioria dos acadêmicos tem mostrado domínio no uso das mesmas na graduação.</p> <p><strong>Palavras-chave:</strong> Educação superior; Graduação; Saúde; Enfermagem.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8248 CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE DO PROFESSOR NO CURSO DE DIREITO DA UNIVERSIDADE EVANGÉLICA DE GOIÁS (CAMPUS ARTHUR WESLEY ARCHIBALD) 2022-08-30T19:54:11+00:00 Eumar Evangelista Menezes Júnior profms.eumarjunior@gmail.com Aurea Marchetti Bandeira aureamarchetti@gmail.com Adriano Gouveia Lima gouveialima@hotmail.com Antônio Alves de Carvalho carualius@hotmail.com Daniel Gonçalves Mendes da Costa daniel.costa@unievangelica.edu.br Eumar Evangelista de Menezes Júnior eumar.junior@unievangelica.edu.br Gracy Tadeu Ferreira Ribeiro gracy.ribeiro@unievangelica.edu.br Germano Campos Silva g.campos59@hotmail.com Herbert Emílio Araújo Lopes herbert.lopes@unievangelica.edu.br Mariana Rezende Maranhão da Costa mariana.costa@unievangelica.edu.br Karla de Souza Oliveira karla.oliveira@docente.unievangelica.edu.br <p>O presente texto trata-se de um relato de experiência sobre a construção da identidade do professor no curso de Direito da Universidade Evangélica de Goiás (UniEVANGÉLICA) <em>campus</em> Arthur Wesley Archibald. O ensino e a aprendizagem na Universidade no curso de Direito perpassam a teoria e a prática e alcança uma formação de excelência ao discente. O objetivo desse texto foi desvelar a importância que o docente tem na formação jurídica.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8254 A EDUCAÇÃO ON-LINE PÓS COVID-19 2022-08-31T22:18:23+00:00 ANDREA SIQUEIRA andreasiqueira@live.com Angélica Gouveia Lima angelicagouveia.adv@gmail.com Camila Rodrigues de Souza Brito adv.camilabrito@gmail.com Daniel Gonçalves Mendes da Costa daniel.costa@unievangelica.edu.br Marcos André Ribeiro André Ribeiro marckosribeiro@hotmail.com Aline Seabra Toschi aline.toschi@unievangelica.edu.br Marcos Ricardo da Silva Costa marcoscostaprof@hotmail.com Priscilla Santana Silva priscillasantana_@hotmail.com Valdir Lopes Cavalcante valdircavalcante.adv@gmail.com Wendel Quintino wendellrquintino.adv@gmail.com <p>RESUMO</p> <p>O objetivo do presente trabalho é refletir sobre a evolução da educação pós pandemia com foco nos benefícios e a importância do uso das Tecnologias da Informação e Comunicação no ensino como ferramentas de aprendizagem. A metodologia utilizada nesse artigo é a de relato de experiência de alguns dos professores do curso de Direito da Universidade Evangélica de Goiás quanto ao uso do ambiente virtual em suas disciplinas teóricas. A proposta temática se justifica dada a importância de se avaliar o uso de recursos virtuais que foram muito importantes na repentina quebra de paradigmas de ensinar e aprender causada pela pandemia que todos vivenciamos e que poderá acontecer novamente.</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8263 O USO DE ESTUDOS DE CASO COMO FERRAMENTA DE REFORÇO NO AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM 2022-09-12T22:48:33+00:00 Cyntia Rosa de Melo Ribeiro Borges cyntia.borges@unievangelica.edu.br Barbara Martins Vieira barbara.martins@docente.unievangelica.edu.br Caroline Silva caroline.silva@docente.unievangelica.edu.br Flávia Melo flaviamelo76@hotmail.com Hugo Silvestre hugo.silvestre@unievangelica.edu.br Giovanna Nascimento Mello e Silva. giovanna.silva@docente.unievangelica.edu.br Rúbia Luchetti rubia.luchetti@unievangelica.edu.br <p class="Resumo" style="line-height: normal;"><span style="font-size: 10.0pt; font-family: 'Arial','sans-serif';">O ambiente virtual de aprendizagem permite a aproximação e melhor comunicação entre professores e alunos, assim como também permite a utilização de diversas ferramentas e estratégias de ensino e aprendizagem, entre elas o estudo de caso. O objetivo desse relato de caso é mostrar a utilização da ferramenta “Aprendendo a Resolver Problemas”, que é uma exigência da proposta pedagógica para todos os cursos da Unievangélica, como parte da disciplina do curso de Nutrição denominada Nutrição Funcional, Fitoterapia e Estética. A proposta foi apresentada na primeira semana de aula, dentro do plano de ensino e aprendizagem, e era conduzido da seguinte forma: em cada um dos ciclos de avaliação de aprendizagem (VA), foi apresentado aos alunos um estudo de caso, sempre quinze dias antes da aplicação da prova presencial. Os alunos deveriam se reunir em grupos para discutir o estudo de caso e elaborar uma possível solução. Na semana seguinte, ou seja, uma semana antes da VA, cada grupo apresentava a sua resolução e a professora apresentava a chave de correção, estimulando assim uma discussão entre os grupos sobre os possíveis desfechos do caso. Esse tipo de avaliação, onde a discussão faz parte da composição da nota, dando margem ao erro e posterior acerto dos alunos, estimulou à busca e estudo dos conteúdos do caso e conteúdos anteriores, exigindo a interdisciplinaridade no curso. A participação efetiva dos alunos, tanto na parte de execução do estudo quanto na sua discussão, e os resultados obtidos e avaliados na VA, deixaram claro que esse tipo de ferramenta pode ser utilizado com êxito dentro do AVA e nas salas de aula do curso de Nutrição da Unievangélica.</span></p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8266 UTILIZAÇÃO DE TIC’s COMO SOCRATIVE E MENTIMETER NO PROCESSO DE APRENDIZAGEM: 2022-09-12T23:40:20+00:00 Wesley dos Santos Costa wesley.costa@unievangelica.edu.br Cecília Magnabosco Melo cecilia.melo@associacaoevangelica.onmicrossoft.edu.br Fernanda Bastos de Souza bastos.fernanda@hotmail.com Liana da Silva Gomes liana.gomes@docente.unievangelica.edu.br Patrícia S ardinha Leonardo Lopes Martins patricia.martins@unievangelica.edu.br Rúbia Mariano da Silva rubiasilva@unievangelica.edu.br Samara Lamounier Santana Parreira samaralamounierp@gmail.com Thiago Rodrigues de Araújo ms.ft.thiago@hotmail.com Vaneide Caldas Martins vancm3@hotmail.com Viviane Soares ftviviane@gmail.com <p style="margin: 0px; line-height: 115%;"><span style="margin: 0px; line-height: 115%; font-family: 'Arial','sans-serif'; font-size: 10pt;">Com o advento da pandemia, o uso das TIC’s se tornou muito comum e ocupa no sistema de ensino superior papel de destaque, ou seja, é utilizado em todas as etapas do processo de aprendizagem no ensino superior. Pode ser considerada como um recurso adicional aos professores sempre com o objetivo de oportunizar o aprender. De forma simples, as TICs são programas/softwares que geram acesso ao conhecimento e consiste no tratamento das informações conectadas com a sua transmissão de forma clara ao aluno.</span> <span style="margin: 0px; line-height: 115%; font-family: 'Arial','sans-serif'; font-size: 10pt;">Assim, o objetivo deste estudo é revisar sobre a utilização dos softwares Socrative e Mentimeter no processo de ensino-aprendizagem<span style="margin: 0px;"><span style="margin: 0px; line-height: 115%; font-family: 'Arial','sans-serif';"><span style="color: #242021;">. </span></span></span>A revisão de literatura foi conduzida nas bases de dados Scielo e <em>PubMed</em> e as foram realizadas em Julho de 2022. Os descritores incluídos na estratégia de busca foram metodologias ativas (<span style="margin: 0px;">active methodologies)</span>, socrative e mentimeter, em inglês e português. Foram incluídos livros e artigos de base conceitual, publicados na língua portuguesa e inglesa. Para os trabalhos citados que mostraram resultados de intervenção foram incluídos os publicados a partir de 2017. </span><span lang="PT" style="margin: 0px; line-height: 115%; font-family: 'Arial','sans-serif'; font-size: 10pt;">O S<span style="margin: 0px;">ocrative é uma plataforma virtual que permite que professores e alunos se conectem por meio de seus dispositivos móveis (celular, tablet ou laptop) durante a aula. Cada professor pode criar a sua própria conta e o objetivo da plataforma é incentivar o aluno a participar da aula respondendo as perguntas por meio de seu dispositivo móvel. Enquanro a atividade acontece, o professor é capaz de ver o progresso individual e em grupo de cada tópico estudado em tempo real. Após a atividade ser encerrada, o programa envia automaticamente ao professor por e-mail uma estatística da atividade.</span></span> <span style="margin: 0px; line-height: 115%; font-family: 'Arial','sans-serif'; font-size: 10pt;">O Mentimeter é uma plataforma que permite você ouvir e ser ouvido, proporciona interações em tempo real. Isso torna a apresentação mais ativa, permite troca de experiências, opiniões, perguntas de múltipla escolha, testes, perguntas e respostas e muito mais. A presente mini-revisão parte do pressuposto que ambas as metodologias ativas são recursos que facilitam o aprendizado no processo de ensino, devemos aproveita-las de forma intensa e segura. Todo e qualquer recurso que está disposto na plataforma do Mentimeter ou Socrative é enriquecedor, e é uma ferramenta que facilita o vínculo docente e discente.</span></p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8269 UTILIZAÇÃO DO AMBIENTE VIRTUAL ACADÊMICO COMO FERRAMENTA DE APRENDIZAGEM DA DISCIPLINA PARASITOLOGIA VETERINÁRIA 2022-09-13T02:09:17+00:00 Cristiane de Moraes cristiane.moraes@unievangelica.edu.br <p>O Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) constitui uma ferramenta facilitadora da interação entre os personagens envolvidas no processo pedagógico; no qual, através da disponibilização on-line de conteúdos específicos, permite o oferecimento de distintas técnicas e instrumentos de aprendizagem, permitindo ao acadêmico assimilar a aplicação do referido conteúdo. Tendo em vista o conceito de ferramentas tecnológicas atualmente disponibilizadas no ambiente virtual e suas aplicações, como mecanismos facilitadores aos processos cognitivos, este documento apresenta uma análise qualitativa da utilização do AVA no final segundo semestre do ano de 2021. Durante a disciplina de Parasitologia Animal, do curso de Medicina Veterinária, foram trabalhados com os acadêmicos alguns casos clínicos, utilizando a aplicação de questionários. Ao final da metodologia, foi possível identificar as principais fragilidades individuais dos acadêmicos, apresentadas durante o processo de cognição. Neste sentido, foi possível intervir pontualmente nas deficiências apresentadas por acadêmicos, durante seu processo cognitivo e, por consequência, promover o sucesso na assimilação do conteúdo, habilidades necessárias e aplicação prática inerentes ao tema estudado.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8275 Educação 5.0: Transformando e Inovando a Educação em Engenharia da Universidade Evangélica de Goiás 2022-09-20T21:59:01+00:00 Rosemberg Fortes Nunes rosemberg.rodrigues@docente.unievangelica.edu.br Adriano Machado dos Santos adriano.santos@unievangelica.edu.br Aurélio Feliciano aureliocfeng@gmail.com Cláudia Gomes de Oliveira dos Santos claudia.santos@docente.unievangelica.edu.br Eduardo Faria eduardocoelhofaria@hotmail.com Joaquim Parada joaquim.parada@unievangelica.edu.br Ricardo Alves ricardohenriquefa@gmail.com Sérgio Brandão sergio.brandao@unievangelica.edu.br Vanessa Domingos vhdomingos@gmail.com <p>Este artigo possui como objeto de estudo o uso de metodologias ativas, o aprendizado e o desenvolvimento de <br>habilidades de inovação do futuro engenheiro através do relato de uma experiência aplicada na disciplina de <br>Telecomunicações do curso de graduação em Engenharia Elétrica da Universidade Evangélica de Goiás. A <br>aprendizagem baseada em problemas (PBL) é uma pedagogia centrada no aluno que tem um histórico de <br>produção de sólidos resultados educacionais. Nesta linha de pensamento, este estudo tem como motivação<br>analisar as metodologias ativas aplicadas no curso de Engenharia Elétrica, em específico apresentar as <br>experiências iniciais dos alunos durante o processo de aprendizagem da disciplina de Telecomunicações com <br>o uso de ferramentas computacionais como o software MATLAB e LABVIEW. O método de pesquisa utilizado <br>é uma abordagem qualitativa. Os resultados deste estudo mostram que os alunos conseguem por meio de uma <br>modelagem computacional uma representação e análise de um problema real referente a filtragem adaptativa <br>de ruído em sinais de comunicação. Os alunos tiveram como objetivo principal apresentar um problema de <br>modelagem para simular um filtro adaptativo usando o algoritmo LMS (Least Mean Square) para cancelamento <br>de ruído. O principal objetivo do cancelamento de ruído é estimar o sinal de ruído e subtrai-lo a partir do sinal <br>de entrada original mais sinal de ruído e, consequentemente, obter o sinal sem ruído. Há um método alternativo <br>chamado de cancelamento de ruído adaptativo para estimar um sinal de voz corrompida por um ruído aditivo <br>ou interferência. Este método utiliza um sinal de entrada principal que contém o sinal de voz e uma entrada de <br>referência, contendo o ruído. A entrada de referência é filtrada adaptativamente e subtraída da entrada primária <br>do sinal para obter o sinal estimado. Neste método, o sinal desejado danificado por um ruído aditivo pode ser <br>recuperado por um cancelador de ruído adaptativo usando algoritmo LMS (Least Mean Square). Este <br>cancelador de ruído adaptativo é útil para melhorar a relação SNR. Para a estimação do filtro adaptativo foram <br>utilizados os programas computacionais MATLAB e LABVIEW.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8239 UTILIZAÇÃO DO FÓRUM DE DISCUSSÃO PARA TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE OS ACADÊMICOS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UNIEVANGÉLICA 2022-08-29T13:53:26+00:00 claudia regina major claudia.major@hotmail.com Fabrícia Borges de Freitas Araújo claudia.major@hotmail.com Graziela Vanessa Parreira claudia.major@hotmail.com Marcos Flávio Portelas Veras claudia.major@hotmail.com Maria Clemência Pinheiro de Lima Ferreira claudia.major@hotmail.com Meire Borges de Oliveira Silva claudia.major@hotmail.com Melyssa Barbosa Vilar claudia.major@hotmail.com <p>Este trabalho descreve a experiência da utilização da ferramenta Fórum de discussão no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) pelos acadêmicos do estágio supervisionado do Curso de Pedagogia da Universidade Evangélica de Goiás-UniEVANGÉLICA. A proposta de atividade desenvolveu-se durante o período de observação compartilhada e de regência nos 1º, 2º e 3º anos do Ensino Fundamental. Com orientação do professor de estágio, as atividades desenvolvidas pelos acadêmicos, foram inseridas nos fóruns de discussão do AVA, em forma de relatos de experiência, permitindo que os acadêmicos fizessem usos de tecnologias de ensino adequadas aos objetivos que oportunizaram a troca de experiências entre os acadêmicos. A atividade enriqueceu a aprendizagem durante o Estágio Supervisionado, evoluindo para reflexão dos problemas enfrentados no cotidiano do estágio em campo com possiblidades para a resolução e problemas. Durante os encontros presenciais de estágio, observou-se mais integração entre os acadêmicos e conhecimento das etapas&nbsp;vivenciadas no estágio &nbsp;</p> <p>&nbsp;</p> <p><strong>PALAVRAS-CHAVE </strong>Ambiente virtual de aprendizagem (AVA). Estágio supervisionado. Fórum de Discussão.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8243 O Ambiente Virtual de Aprendizagem 2022-08-29T17:52:58+00:00 ADRIANO GOUVEIA LIMA adriano.lima@docente.unievangelica.edu.br Alessandro Gonçalves da Paixão alessandro_menslegis@yahoo.com.br Ana Paula Mendonça Ferreira Russo anapaulamf@hotmail.com Andrea Siqueira andreasiqueira9@gmail.com Camila Rodrigues de Souza Brito adv.camilabrito@gmail.com Chrystiano Silva Martins chrystianoadv@yahoo.com.br Juraci da Rocha Cipriano juraci.cipriano@docente.unievangelica.edu.br Marcos Ricardo da Silva Costa marcoscostaprof@hotmail.com Mariane Morato Stival marianemoratostival@hotmail.com Priscila Santana da Silva priscillasantana_@hotmail.com <p class="Resumo" style="line-height: normal;"><span style="font-size: 10.0pt; font-family: 'Arial',sans-serif;">O uso de ferramentas em prol do processo ensinagem tem sido essencial na universidade. A busca por uma pedagogia que corresponda a uma aprendizagem efetiva no meio acadêmico resultou em estratégias que visam a formação continuada do docente, na qual se destaca a utilização de recursos diversos com o fim de romper com a ideia de que o professor dá aulas, mas sim, de que ele as faz, junto ao discente. Nessa perspectiva, surge, na Universidade UniEvangélica, o Ambiente Virtual de Aprendizagem – AVA. Este texto apresenta a importância dessa ferramenta para uma pedagogia pautada na transdisciplinaridade, suas diretrizes e dinâmica, tendo por objetivo relatar a experiência acadêmica, com destaque para as práticas, exitosas e inovadoras, resultantes do uso do AVA no Curso de Direito. A justificativa quanto à escolha do tema se dá diante da necessidade de se adequar o ensino a um sistema de aprendizagem no qual, com o avanço tecnológico e a dinâmica interacional provocada pelo acesso ao meio de comunicação via digital, requer o repensar desse processo com o fim de garantir ao alunado habilidades e competências necessárias para a realidade de um mundo, também virtual. Mas, como viabilizar um aprendizado que capacite a apreensão de conhecimento pelo acadêmico? O Ambiente Virtual de Aprendizagem, ao proporcionar uma dinâmica de aulas híbridas, possibilita uma cultura de construção maker (fazer): de autonomia discente, segundo a qual o aluno, de mero expectador, para a ser, também, o autor na construção de seu conhecimento.</span></p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8246 ATIVIDADES INTEGRADORAS NO MORFOFUNCIONAL: UMA INOVAÇÃO PEDAGÓGICA 2022-08-30T00:44:40+00:00 Aline de Araújo Freitas alinefreitas2@gmail.com Alisson Martins de Oliveira alissonmartini@yahoo.com.br Claudinei de Sousa Lima claudineimorfo@gmail.com Cristiane Teixeira Vilhena Bernardes cristianetvb@gmail.com Denis Masashi Sugita profdmsugita@gmail.com Jalsi Tacon Arruda jalsitacon@gmail.com Léa Resende Moura lea_vet@hotmail.com Luciana Caetano Fernandes lucaetanofernandes@gmail.com Milena Moreira Lima milena.mlima@hotmail.com Sandro Marlos Moreira moreiranatomia@gmail.com <p>Em busca de novas estratégias pedagógicas para uma educação médica de excelência, a equipe de professores do morfofuncional buscou integrar conteúdos e tornar as aulas mais dinâmicas e interessantes aos alunos do curso de medicina, da Universidade Evangélica de Goiás. O objetivo foi relatar a inserção de atividades que tiveram como foco a integração de conteúdos, por meio da elaboração de casos clínicos. Para isso, foram postados, com sete dias de antecedência, roteiros de estudo, links de videoaulas, checklists comentados e, por vezes, questionários no ambiente virtual de aprendizagem (AVA). Também no AVA foram disponibilizados casos clínicos, que, juntamente com modelos anatômicos sintéticos e lâminas histológicas, compunham estações. Tais atividades foram propostas por entender que a sala de aula invertida coloca o aluno como ator principal no processo de aprendizagem e que quanto mais integrado for o conteúdo e mais aplicado à sua realidade no mercado de trabalho, mais atraente será a mesma para o acadêmico. Essa metodologia foi muito elogiada pelos estudantes, que tiveram mais autonomia, interesse e dúvidas para serem esclarecidas, bem como pelos docentes que tornaram suas aulas mais dinâmicas e atrativas. Com esse método, os professores guiaram os estudantes, orientaram na resolução de problemas e tornaram as aulas mais proveitosas e menos entediantes quando comparadas as aulas expositivas, as quais têm sido raramente utilizadas no curso. Acredita-se que estas atividades, em conjunto com outras metodologias ativas que estão sendo realizadas, contribuirão com a formação de futuros médicos de excelência, nesse bem conceituado curso de medicina.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8250 UTILIZAÇÃO DO FÓRUM DE DISCUSSÃO PARA TROCA DE EXPERIÊNCIAS ENTRE OS ACADÊMICOS DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO DO CURSO DE PEDAGOGIA DA UNIEVANGÉLICA 2022-08-30T22:08:34+00:00 claudia regina major claudia.major@hotmail.com Fabrícia Borges de Freitas Araújo claudiareginamajor@gmail.com Graziela Vanessa Parreira claudiareginamajor@gmail.com Marcos Flávio Portelas Veras claudiareginamajor@gmail.com Maria Clemência Pinheiro de Lima Ferreira claudiareginamajor@gmail.com Meire Borges de Oliveira Silva claudiareginamajor@gmail.com Melyssa Barbosa Vilar claudiareginamajor@gmail.com <p class="xmsonormal" style="margin: 0cm; text-align: justify;"><span style="font-size: 10.0pt; font-family: 'Arial',sans-serif;">Este trabalho descreve a experiência da utilização da ferramenta Fórum de discussão no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) pelos acadêmicos do estágio supervisionado do Curso de Pedagogia da Universidade Evangélica de Goiás-UniEVANGÉLICA. A proposta de atividade desenvolveu-se durante o período de observação compartilhada e de regência nos 1º, 2º e 3º anos do Ensino Fundamental. Com orientação do professor de estágio, as atividades desenvolvidas pelos acadêmicos, foram inseridas nos fóruns de discussão do AVA, em forma de relatos de experiência, permitindo que os acadêmicos fizessem usos de tecnologias de ensino adequadas aos objetivos que oportunizaram a troca de experiências entre os acadêmicos. A atividade enriqueceu a aprendizagem durante o Estágio Supervisionado, evoluindo para reflexão dos problemas enfrentados no cotidiano do estágio em campo com possiblidades para a resolução e problemas. Durante os encontros presenciais de estágio, observou-se mais integração entre os acadêmicos e conhecimento das etapas&nbsp;vivenciadas no estágio &nbsp;</span></p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8256 O USO DE PODCASTS PARA REVISÕES DE CONTEÚDOS 2022-09-08T20:33:29+00:00 Cyntia Rosa de Melo Ribeiro Borges cyntia.borges@unievangelica.edu.br Caroline do Nascimento Silva caroline.silva@docente.unievangelica.edu.br Giovanna Nascimento de Mello e Silva. giovanna.silva@docente.unievangelica.edu.br Flávia Melo flaviamelo76@hotmail.com Hugo Silvestre hugo.silvestre@unievangelica.edu.br Cristiane Ribeiro Pinto gastronomacris@gmail.com Rúbia de Luchetti rubia.luchetti@unievangelica.edu.br <p>O uso de ferramentas tecnológicas no ensino tem avançado de forma significativa e se mostra como uma estratégia para aumentar a adesão dos alunos ao conteúdo teórico ministrado em sala de aula. Sabe-se também que o uso inteligente dessas estratégias facilita o processo de ensino aprendizagem. Assim sendo, uma ferramenta utilizada para direcionar o estudo dos alunos e torna-lo mais efetivo, foi o uso de podcasts para realizar revisões de conteúdo no período antecedente às provas. O envio do conteúdo de áudio para os alunos aconteceu através da plataforma AVA. O uso de podcasts demonstrou-se efetivo como estratégia de redução dos percentuais de notas abaixo da média, caindo de 35% para nulo entre as notas de primeira e terceira avaliações. Além disso, foram identificadas redução no número de alunos faltantes em sala de aula, bem como, o recebimento de feedbacks positivos dos alunos para a docente. O uso de podcasts apresentou-se como uma estratégia exitosa de revisão de conteúdo, que minimiza a distância entre professor e alunos, além de direcionar os estudos dos mesmos.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8264 A UTILIZAÇÃO DE AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM NO ENSINO PRESENCIAL: RELATO DE EXPERIÊNCIA DE UMA DISCIPLINA DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL DA UNIVERSIDADE EVANGÉLICA DE GOIÁS 2022-09-12T23:17:40+00:00 Ana Lucia Carrijo Adorno analuciacarrijo@gmail.com Agnaldo Antônio Moreira Teodoro da Silva eng.agnaldoantonio@icloud.com Anderson Dutra e Silva dimdutra74@gmail.com Cláudia Gomes de Oliveira Santos matclaudya@gmail.com Eduardo Dourado Argôlo eduardoxargolo@gmail.com Eduardo Martins Toledo eduardomtoledo@gmail.com Glediston Nepomuceno Costa Júnior gledistonjr@yahoo.com.br Joaquim Orlando Parada joaquim.parada@unievangelica.edu.br Kíria Nery Alves do Espírito Santo Gomes kiriagomes@gmail.com Vanessa Honorato Domingos vhdomingos@gmail.com <p>A utilização da tecnologia tem dado mostras de poder proporcionar mudanças de paradigma em educação. O uso de softwares e de ferramentas de interação pode auxiliar na construção de conhecimentos, quando integra ambientes virtuais como apoio ao desenvolvimento de estudos nos cursos de Engenharia. Neste trabalho apresenta-se algumas considerações sobre a inclusão de recursos tecnológicos para promover melhores condições de aprendizagem na disciplina Estruturas de Concreto I, do Curso de Engenharia Civil da Universidade Evangélica de Goiás – UniEVANGÉLICA, situada na cidade de Anápolis - GO. A disciplina foi ministrada presencialmente e utilizou-se de ambiente virtual, Moodle, como apoio às aulas presenciais. O ambiente implementado agrega um conjunto de ferramentas e de cenários, que permitem a comunicação entre os sujeitos e a realização colaborativa ou cooperativa de tarefas de aprendizagem. Diferentes espaços são organizados de modo a disponibilizar informações relativas ao programa e às propostas pedagógicas da disciplina, orientações de estudo e agenda de atividades, sugestões de bibliografia e links que conduzem a sites relacionados aos tópicos de estudo, além de material de apoio e de recursos de comunicação. Alguns resultados indicam que o ambiente e as estratégias utilizadas têm potencial para auxiliar o estudante, no desenvolvimento da autonomia e do aprender a aprender e o professor a atuar em constante reflexão sobre seu fazer pedagógico A tecnologia empregada agregou qualidade à aula, bem como constata dificuldades encontradas pelos alunos em relação a tempo, em relação ao prolongamento da aula presencial no ambiente virtual, mas os ganhos de qualidade com a incorporação da TIC foram altamente significativos; o conhecimento adquirido pelos alunos estendeu-se ao campo profissional; os novos ambientes ampliaram significativamente o espaço da aula; as discussões nos fóruns de debate virtuais, a vivência de trabalhos colaborativos, a descoberta e a desmistificação da tecnologia foram fatores relevantes observados na experiência.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8267 SATISFAÇÃO DOS DISCENTES DO CURSO DE FISIOTERAPIA COM O AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM 2022-09-12T23:47:59+00:00 Wesley dos Santos Costa wesley.costa@unievangelica.edu.br Cecília Magnabosco Melo cecilia.melo@associacaoevangelica.onmicrossoft.edu.br Liana da Silva Gomes liana.gomes@docente.unievangelica.edu.br Luís Vicente Franco de Oliveira luis.oliveira@unievangelica.edu.br Rodrigo Álvaro Brandão Lopes Martins rodrigo.martins@unievangelica.edu.br Rúbia Mariano da Silva rubiasilva@unievangelica.edu.br Fernanda Bastos de Souza bastos.fernanda@hotmail.com Rúbia de Pina Luchetti rubia.luchetti@unievangelica.edu.br Vaneide Caldas Martins vancm3@hotmail.com Viviane Soares ftviviane@gmail.com <p style="margin: 0px 0px 8px; line-height: normal;"><span style="margin: 0px; font-family: 'Arial','sans-serif';"><span style="font-size: medium;">O objetivo do estudo foi verificar a satisfação do discente em relação ao ambiente virtual de aprendizagem (AVA). <span style="margin: 0px;">É um estudo transversal realizado com os discentes do curso Fisioterapia de uma universidade. Do total de alunos, 103 marcaram sua opinião em sete itens relacionados com o ambiente virtual de aprendizagem. As afirmações estavam relacionadas a recursos (objeto de aprendizagem, pré-aula, pós-aula), referências e conteúdos, orientaçoes do professor, interatividade e sobre o protagonismo e criatividade do discente. </span><span style="margin: 0px;">O instrumento foi aplicado via <em>google forms </em>e respondido nos períodos, matutino e noturno. A coleta de dados foi realizada na primeira semana de setembro de 2022. Os resultados foram descritos como frequência, porcentagens e gráficos e analisados em planilha <em>excel</em>. </span>Dos recursos que foram utilizados como objeto de aprendizagem e as atividades pré-aula, os discentes (55,3%) concordaram que contribuem para o desenvolvimento das aulas. As referências indicadas também foram compatíveis (89,3%) com o que era desenvolvido em sala de aula. O material de referência e atividade pré-aula (70,8%) além das orientações colocadas no VA (67,9%), foram coerentes. Nos questionários pós-aula 69% disseram que ajudam a fixar o conteúdo e 41,7% não quis opinar sobre a interatividade do AVA. <span style="margin: 0px;">Sobre o protagonismo do aluno e o estímulo a sua criatividade, 74,7% dos alunos concordam que acontece em sala de aula. Em conclusão, a</span><span style="margin: 0px;"> maioria dos discentes do curso de Fisioterapia estavam satisfeitos com a sequência de ferramentas disponibilizadas no AVA, mas, no que se referiu a interatividade, a maioria preferiu marcar como opção neutro. O protagonismo e a criatividade do aluno foi estimulado pelos docentes<span style="margin: 0px; color: red;">.</span></span></span></span></p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8272 AMBIENTE VIRTUAL DE APRENDIZAGEM (AVA) E O IMPACTO NA DEVOLUTIVA QUALIFICADA DE ATIVIDADES 2022-09-13T19:53:35+00:00 João Maurício Fernandes Souza joaomfsouza@gmail.com Claudia Fabiana Alves Rezende claudia.rezende@docente.unievangelica.edu.br Klenia Rodrigues Pacheco Sá klenia.pacheco@docente.unievangelica.edu.br Alan Carlos Alves de Souza alan.souza@docente.unievangelica.edu.br Elson de Jesus Antunes Junior elson.santunes@docente.unievangelica.edu.br Joao Daros Malaquias Junior joao.malaquias@docente.unievangelica.edu.br Lucas Marquezan Nascimento lucas.nascimento@docente.unievangelica.edu.br Josana Castro Peixoto josana.peixoto@unievangelica.edu.br Cristiane Gonçalves Moraes cristiane.moraes@unievangelica.edu.br Ricardo elias do vale lima ricardo.elias@docente.unievangelica.edu.br <p>Com o início da pandemia da COVID-19, surgiu a necessidade de o aprendizado continuar a ser realizado de forma eficiente pelos professores. Uma das ferramentas de grande importância neste processo foram os Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVA). &nbsp;O AVA possibilitou a troca de informações, materiais didáticos, envio de atividades pelos alunos, além de servir para a aprimoramento dos professores de todas as áreas com cursos específicos para o desenvolvimento e uso da ferramenta. O objetivo com este trabalho foi relatar o uso do AVA e sua ferramenta para envio das atividades na melhora da interação professor – aluno dentro e fora da sala de aula, a partir de experiências de professores do curso de Agronomia, da Universidade Evangélica de Goiás - UniEVANGÉLICA. As experiências narradas pelos sujeitos foram analisadas qualitativamente e as situações que se apresentaram mais comuns na interação professor – aluno consideradas mais importantes foram selecionadas. No curso de Agronomia, da UniEVANGÉLICA, constatou-se que o envio das atividades realizadas pelos alunos no AVA, possibilitou uma devolutiva destas atividades mais qualificada e direcionada, possibilitando o melhor aproveitamento do discente no aprendizado. A ferramenta possibilita a interação professor-aluno de forma mais humanizada, a melhoria da metodologia e normatização dos trabalhos construídos, a economia de papel e alavanca a conscientização ambiental do envolvidos, professores e alunos.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/praticasdocentes/article/view/8278 TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NO CURSO DE ENGENHARIA DE SOFTWARE DA UNIVERSIDADE EVANGÉLICA DE GOIÁS: DIGITIZAÇÃO DAS VERIFICAÇÕES DE APRENDIZAGEM 2022-09-21T16:54:50+00:00 Pollyana dos Reis Pereira Fanstone pollyana.reis@unievangelica.edu.br Henrique Valle de Lima henrique.lima@unievangelica.edu.br Willian Pereira dos Santos Júnior william.junior@unievangelica.edu.br Walquiria Fernandes Marins walquiria.marins@unievangelica.edu.br Eduardo Ferreira de Souza eduardo.souza@unievangelica.edu.br Natasha Sophie Pereira natasha.sohie@unievangelica.edu.br Portal de Anais UniEvangélica anais.unievangelica@gmail.com <p>Este artigo apresenta um relato de experiência sobre a estratégia de inovação tecnológica no processo avaliativo do curso de Bacharelado em Engenharia de Software da Universidade Evangélica de Goiás – UniEVANGÉLICA, que é a digitização das Verificações de Aprendizagem (VAs) através do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). No segundo primeiro de 2022, o curso iniciou a aplicação controlada das provas de algumas disciplinas nos computadores dos laboratórios de informática da Instituição, utilizando software de apoio para restringir o acesso do acadêmico a outras aplicações e sites, durante a avaliação. O objetivo foi analisar as contribuições desse novo formato de provas, tanto na visão do docente como do discente. Diante da cultura digital, faz-se urgente repensar práticas arraigadas na educação superior. Considerando a relevância do acompanhamento do desenvolvimento acadêmico, a avaliação em uma plataforma digital, permite a partir das análises dos dados extraídos, identificar possíveis falhas; bem como a correção e melhoria de todo o processo educacional. No ensino de Engenharia de Software, a avaliação adquire características peculiares devido às especificidades na aquisição de competências pelo acadêmico. Essas competências não devem contemplar apenas aspectos técnicos e cognitivos, mas também aferir as habilidades tecnológicas desenvolvidas, a capacidade de elaborar raciocínios críticos, a ética e aspectos interpessoais de comportamento e performance. É com esse entendimento que o curso de Engenharia de Software propõe uma reflexão, a partir deste estudo, sobre a temática da avaliação digital no ensino superior.</p> 2022-12-02T00:00:00+00:00 Copyright (c) 2022 Anais do Seminário de Atualização de Práticas Docentes