BRINQUEDOTECA HOSPITALAR: A PERCEPÇÃO DOS PAIS NA UPA PEDIÁTRICA DE ANÁPOLIS

Autores

  • Cássia Fernanda de Souza Costa
  • Danielle Camargos Vasconcelos de Abreu
  • Joelma Passos Nascimento
  • Larissa Oliveira Tristão Tavares
  • Maria Clemência Pinheiro de Lima Ferreira

Palavras-chave:

Brinquedoteca hospitalar. Unidade de Pronto Atendimento. Pedagogo. Pais.

Resumo

A brinquedoteca hospitalar é um espaço destinado ao brincar no hospital com o intuito de a criança acalmar e assim colaborar com o processo de atendimento, ajudando a equilibrar seu estado emocional. A presente pesquisa teve como objetivo geral analisar o trabalho desenvolvido na brinquedoteca da Unidade de Pronto Atendimento Pediátrico de Anápolis (UPA) quanto aos seus resultados e repercussões sob a perspectiva dos pais. Os objetivos específicos pretenderam: descrever como deve ser a estrutura de uma brinquedoteca hospitalar, explicar o funcionamento desta brinquedoteca e analisar junto aos pais de crianças atendidas quais são os benefícios que, na sua perspectiva, a proposta proporciona aos seus filhos. A pesquisa trata-se de um estudo de caso e a metodologia empregada foi a revisão bibliográfica seguida de coleta de dados em campo com entrevista semiestruturada junto a 20 pais ou responsáveis, que estavam acompanhando as crianças. A brinquedoteca da UPA é denominada ludoteca e se caracteriza com atendimento no espaço físico e nos leitos do pronto socorro. As famílias atendidas, no geral, possuem baixa renda e fazem uso dos serviços públicos de saúde. As respostas e depoimentos dos pais indicam que a proposta da ludoteca contribui para o bem-estar físico e emocional das crianças que são atendidas no estabelecimento e auxiliam na superação de hostilidades de um ambiente hospitalar. A compreensão das repercussões da ludoteca junto aos filhos perpassa a sensibilidade e o trato humanizado e não está atrelada diretamente aos conhecimentos científicos que envolvem essa temática.

Publicado

2022-10-14