BRINQUEDOS E BRINCADEIRAS TRADICIONAIS: UM PARALELO DA CULTURA LÚDICA ENTRE O BRASIL E ANGOLA

  • Welândia Carvalho dos Santos Inácio UniEVANGÉLICA
  • Maria Clemência Pinheiro de Lima Ferreira UniEVANGÉLICA
Palavras-chave: cultura lúdica, brinquedos tradicionais, Brasil e Angola

Resumo

Os brinquedos e brincadeiras tradicionais fazem parte de todas as culturas, estão presentes no cotidiano de várias pessoas e são transmitidos de geração em geração. Este trabalho tem como objetivo geral, investigar a cultura lúdica no Brasil e em Angola; os objetivos específicos foram estabelecidos da seguinte maneira: conceituar o que é cultura lúdica tradicional analisando como as brincadeiras e os brinquedos folclóricos se relacionam com este universo; identificar as influências africanas na colonização do Brasil, especificamente a partir da Angola no que diz respeito à cultura lúdica tradicional; estabelecer relações de aproximações e distanciamentos quanto à cultura lúdica tradicional entre o Brasil e Angola. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, acompanhada de estudo de campo com coleta de dados por meio de questionário, junto a angolanos e brasileiros (baianos). O resgate dos brinquedos e brincadeiras tradicionais é uma forma de valorizar a cultura lúdica de um povo e os nossos antepassados, pois eles estão caindo em esquecimento devido à influência da tecnologia que tem mudado os modos de brincar e a urbanização dos espaços acompanhada de todas as suas consequências exacerbadas. Percebemos que na cultura angolana o lúdico tradicional está muito mais presente que na cultura brasileira e que há uma grande influência da cultura lúdica angolana nos brinquedos e brincadeiras tradicionais brasileiras.

Publicado
2019-06-28