AS RELAÇÕES DE PODER NO CONTEXTO ESCOLAR: O PODER DISCIPLINAR EM FOUCAULT E A ACULTURAÇÃO EM CHERVEL

  • Natália dos Santos de Souza UniEVANGÉLICA
  • Sandra Elaine Aires de Abreu UniEVANGÉLICA
Palavras-chave: Poder disciplinar, Aculturação. Disciplina Escolar, Relações de Poder, Contexto Escolar

Resumo

Este artigo tem como objeto de estudo o poder disciplinar segundo Foucault e a aculturação feita pelas disciplinas escolares segundo Chervel. Neste contexto, o presente trabalho pretende estabelecer as relações do poder disciplinador das escolas e a aculturação das disciplinas escolares.Tem como objetivo geral: analisar o processo disciplinar no ambiente escolar segundo Foucault e Chervel. E os objetivos específicos: explicar como Foucault discute o estabelecimento do poder disciplinar na escola; explicar como Chervel discute a aculturação a partir das disciplinas escolares; explicar a relação entre o poder disciplinador em Foucault e a aculturação disciplinas escolares em Chervel. A presente pesquisa foi desenvolvida por meio da pesquisa bibliográfica, e tomamos a obra Vigiar e punir, 1987, de Michel Foucault e o artigo A história das disciplinas escolares 1990 de André Chervel como “fontes”. O processo disciplinar no ambiente escolar nos dois autores segundo os autores estabelece uma relação com o termo disciplina. A disciplina de corpos dóceis e a disciplina escolar por meio de aculturação e assimilação obtêm um mesmo resultado, ou seja, a disciplina

Publicado
2019-06-28