Paracoccidioidomicose e suas manifestações orais: perspectivas epidemiológicas no Brasil

  • Dilson Fernandes Silva Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Roberta Conceição Silva Malta Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Leonardo Lôres Oliveira Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Marilia Oliveira Morais
  • Ivanice Miranda Reis

Resumo

Paracoccidioidomicose (PCM) é uma micose infecciosa descoberta em 1908, afeta vários órgãos ou tecidos, inicialmente ataca os pulmões e, posteriormente, dissemina-se para outros órgãos, tem relação com atividades agrícolas, como manejo de solo contaminado. O fungo causador da doença é muito comum na zona rural, atingindo assim em sua maioria trabalhadores rurais do sexo masculino com idade entre 30 a 50 anos, em locais onde as condições de higiene, nutricionais e socioeconômicas são precárias. A evolução lenta do quadro em que o paciente se encontra pode ter como consequência, sequelas graves se o diagnóstico e o tratamento não forem iniciados de forma precoce e correta. As lesões aparecem com frequência na pele, membranas mucosas, linfonodos, pulmões, ossos, meninges ou baço. O maior número de casos dessa micose tem sido assinalado no Brasil, onde a prevalência, os aspectos clínicos e epidemiológicos variam conforme a região. A PCM não é doença de notificação compulsória, (registro obrigatório) razão por que não se dispõe de dados precisos sobre sua ocorrência em nível nacional, portanto, sua real prevalência não pode ser calculada. Estima-se que nas regiões endêmicas existam, aproximadamente, 10 milhões de pessoas infectadas pelo fungo P. brasiliensis. No entanto, a maioria não apresenta sintomas clínicos. É encontrada em quase todas as regiões do território nacional: Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte, sendo que casos esporádicos da doença têm sido relatados no Nordeste. O perfil epidemiológico da PCM vem apresentando notáveis alterações em sua frequência por fatores ambientais, decorrentes da abertura de novas fronteiras agrícolas como a derrubada de florestas.

Publicado
2019-04-01