USO DE RESINA COMPOSTA NA TECNICA DIRETA PARA REANATOMIZAÇÃO ESTÉTICA DE CANINOS EM FORMA DE LANÇA- RELATO DE CASO  

  • Carlos Gustavo Moreira Cândido
  • Ana Luiza Farah
  • Anna Laura Fonsêca Louza
  • Luís Henrique Martins Ferreira
  • ANA LÚCIA MACHADO MACIEL
  • POLLYANA SOUSA LÔBO EL ZAYEK

Resumo

USO DE RESINA COMPOSTA NA TECNICA DIRETA PARA REANATOMIZAÇÃO ESTÉTICA DE CANINOS EM FORMA DE LANÇA- RELATO DE CASO

 

Carlos Gustavo Moreira Cândido1

Ana Luiza Farah1

Anna Laura Fonsêca Louza1

Luís Henrique Martins Ferreira 1

Ana Lúcia Machado Maciel2

Pollyana Souza Lôbo El Zayek2

 

1Acadêmicos do Curso de Odontologia do Centro Universitário de Anápolis

2Professoras do Curso de Odontologia do Centro Universitário de Anápolis

 

 

                                                     RESUMO SIMPLES                

O conceito de beleza na sociedade moderna tornou-se mais criterioso e preciso. A constante busca pelo sorriso perfeito acelerou o desenvolvimento da indústria odontológica em tecnologias para o aperfeiçoamento dos materiais restauradores, a fim de se reproduzir o mais fielmente possível a estrutura dental. Queixas de inconformidade com alterações de cor, apinhamentos, diastemas, fraturas, anomalias de forma, tamanho e posição são uma constante nos consultórios odontológicos. Este trabalho tem por objetivo relatar um caso clínico de reanatomização de caninos superiores, que trouxe resultados estéticos bastante favoráveis. Paciente LSC, 24 anos, sexo feminino, compareceu à Clínica Odontológica do Centro Universitário de Anápolis-UniEVANGÉLICA com queixa principal de que “suas presas” a incomodavam, porque eram muito “pontudas”. No exame clínico intrabucal constatou-se que os caninos superiores apresentavam forma de lança bastante afilada e pontiaguda, mostrando evidente espaço nas ameias incisais. O tratamento proposto foi a realização de clareamento dental, seguido da reanatomização dos caninos superiores com resina composta, diminuindo os espaços das ameias incisais. A associação com o clareamento dental foi essencial para a obtenção de um sorriso harmônico, observando-se o protocolo correto baseado nas evidências apresentadas na literatura, sendo que o resultado atendeu às expectativas estéticas da paciente.

 

Palavras – chave: Resinas Compostas, Estética dentária, Autoimagem, Dente canino.

 

 

 

INTRODUÇÃO

 

O conceito de beleza na sociedade moderna tornou-se, com o passar do tempo, mais criterioso e preciso1. Os materiais restauradores estéticos e os sistemas adesivos, com seus constantes avanços tecnológicos, permitem reproduzir o mais fielmente possível a forma e a textura dos dentes, na busca desenfreada pelo sorriso perfeito1,2.   

A aparência é fator decisivo na autoestima, e diversos são os motivos da procura pela estética. São comuns as queixas de inconformidade com alterações de cor, diastemas, anomalias de forma, tamanho, posição1. A alteração de cor pode influenciar negativamente na qualidade de vida dos indivíduos3.

A reanatomização dental pode ser resolução para muitas situações clínicas, trazendo resultados estéticos bastante favoráveis1,4. As restaurações diretas em resina composta são excelentes para a reanatomização de dentes anteriores, reabilitando e reproduzindo a forma e o tamanho. Este procedimento representa uma alternativa simples e eficaz na recuperação de uma aparência mais harmônica, adequando o sorriso aos padrões estéticos desejáveis4. A Odontologia Estética pode trabalhar para tornar o sorriso mais belo, restabelecendo a estética facial e favorecer o convívio social5. Assim sendo, o profissional precisa desenvolver suas habilidades manuais e sua capacidade de abordar o desafio clinico para conseguir chegar ao seu objetivo, que é de levar harmonia e estética aos indivíduos que o procuram6.

 

OBJETIVO

O presente trabalho tem como objetivo descrever o relato de um caso clínico de reanatomização de caninos superiores (13 e 23) em forma de lança, utilizando resina composta na técnica direta.

 

 

DESENVOLVIMENTO


            A busca por um sorriso mais branco tornou o clareamento dental vital um procedimento odontológico popular, que pode ser realizado pela técnica de consultório, caseira, ou a associação de ambas3.

A reanatomização permite recuperar a forma dos dentes, e pode ser realizada através da utilização de resinas compostas, associadas ao uso de sistemas adesivos, permitindo, que essas restaurações sejam realizadas com o mínimo de desgaste, ou sem qualquer desgaste à estrutura dental sadia4.

Paciente LSC, 24 anos, sexo feminino, compareceu à Clínica Odontológica do Centro Universitário de Anápolis-UniEVANGÉLICA com queixa principal de que “suas presas” a incomodavam, porque eram muito “pontudas”. No exame clínico intrabucal constatou-se que os caninos superiores (13 e 23) apresentavam forma de lança bastante afilada e pontiaguda, mostrando evidente espaço nas ameias incisais. O tratamento proposto foi a realização de clareamento dental, seguido da reanatomização dos caninos superiores com resina composta, diminuindo os espaços das ameias incisais.

A sessão inicial foi a realização do clareamento dental, utilizando o peróxido de hidrogênio a 35% (Whiteness HP Blue- FGM). Uma sessão apenas foi suficiente para se obter o resultado desejado. Seguindo o protocolo clínico da sua utilização, colocou-se a barreira gengival fotopolimerizável (Top Dam- FGM), foi manipulado o gel clareador, aplicado nas faces vestibulares dos dentes de segundo pré-molar a segundo pré-molar superiores e inferiores, simultaneamente, deixando agir na estrutura dental por 40 minutos.

Decorridos quinze dias após finalizado o clareamento, seguiu-se a sessão restauradora adesiva. Após a seleção da cor A1 e selecionada a resina Z-250 (3M/ESPE), foi realizado o isolamento absoluto do campo operatório. Não foi realizado nenhum tipo de desgaste nas coroas dos dente 13 e 23.

O esmalte foi condicionado com ácido fosfórico a 37% por 30 segundos, seguido de lavagem abundante com spray ar/água pelo dobro de tempo do condicionamento. Após a remoção do excesso de umidade foi seguida a sessão com a aplicação do primer/adesivo Single Bond (3M, ESPE), de acordo com as orientações do fabricante. A cada incremento de resina composta foi fotopolimerizada por 20 segundos, e ao final da restauração, por 40 segundos. Uma atenção especial foi dada à funcionalidade dos dentes reanatomizados 13 e 23, tomando-se o cuidado de não inserir resina composta sobre a ponta de cúspide dos referidos dentes, para que não fosse alterada a guia canina da paciente.

Em sessão subsequente, foi realizado o acabamento e o polimento final.

 

CONCLUSÕES

O clareamento dental proporcionou um ótimo resultado clareador em sessão única, e associado ao uso de resinas compostas para a reanatomização dos dentes 13 e 23, em forma de lança pontiaguda, recuperaram a harmonia do sorrido, melhorando a autoimagem e a autoestima da paciente, que se sentia “diferente” pela forma inicial dos seus caninos superiores.

A técnica de restaurações diretas apresentam ótima relação custo-benefício, proporcionam excelentes resultados estéticos, de maneira conservadora e de longevidade satisfatória, quando respeitado o protocolo clínico adequado.

 

REFERÊNCIAS

  1. RODRIGUES, S. D. R.; ARGOLO, S.; CAVALCANTI, A. N. Reanatomização dental com resina composta- Relato de caso. Revista Bahiana de Odontologia 2014;5(3):182-192.
  2. COSTA, P. X.; PRUDENTE, H. T.; ALMEIDA I. M. A.; LIMA, G. S.; MOI, G. P. Otimização estética em dentes conóides: Relato de caso clínico. Revista Eletrônica da UNIVAG 2012; 7:46-65. Disponível em http://www.periodicos.univag.com.br/index.php/CONNECTIONLINE/article/view/106/389
  3. MAJEED, A.; FAROOQ, I.; GROBLER, S.; ROSSOUW, R. J. Tooth-Bleaching: A Review of the Efficacy and Adverse Effects of Various Tooth Whitening Product. Journal of the College of Physicians and Surgeons Pakistan 2015; 25(12):1-6.
  4. CAMPOS, P. R. B.; AMARAL, D.; SILVA, M. A. C.; BARRETO, S. C.; PEREIRA, G. D. S. P.; PRADO, M. Rev Fac Odontol Passo Fundo 2015; 20(2):227-231.
  5. AZEVEDO, N.; GALVÃO, G.; NIHI, V. S. C.; HOEPPNER, M. G.; NIHI, F. M. Otimização do Sorriso com Restaurações Diretas de Compósito Resinoso Nanoparticulado. UNOPAR Cient Ciênc Biol Saúde 2015;17(1):43-9.
  6. MILNAR F. J.; WOHLBERG J. Direct resin veneers. Journal of Cosmetic Dentistry 2013; 29(1):110-118.
Publicado
2019-06-10
Edição
Seção
Resumo