Eficiência da combinação de fungicidas protetor e sistêmico no controle de corynespora cassiicola na soja

  • Bruna Camila Rangel Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Iara Alves Gonçalves Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Douglas De Deus de Sá Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Fabrício Pereira de Araújo Faculdade Evangélica de Goianésia
  • José Eduardo Barbosa de Souza
Palavras-chave: Glycine max L, Mancha alvo, Controle químico

Resumo

A mancha alvo, cujo agente causal é o fungo Corynespora cassiicola se destaca entre as principais doenças da cultura da soja, em função de sua elevada severidade. O controle químico é uma medida que na maioria dos casos é economicamente viável e eficiente para assegurar a qualidade de produção. Objetivou-se com este trabalho avaliar a eficiência da mistura de fungicida protetor aplicado em combinação com fungicidas sistêmicos para controlar a mancha alvo na cultura da soja. O experimento foi conduzido no ano agrícola 2017/2018 em condições de campo na Fazenda Vera Cruz, situada no município de Goianésia – GO. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados com 11 tratamentos e quatro repetições. Foram avaliados os seguintes componentes agronômicos: severidade da doença, número de grãos no médio inferior da planta, número de grãos no médio superior da planta, número total de grãos por planta e o peso de cem grãos. A aplicação de fungicidas promoveu menor progresso da doença na soja, maior peso de cem grãos e maior produtividade de grãos. O tratamento Kocide® WGD¹ proporcionou maior controle, evidenciando que a aplicação em combinação é uma ferramenta importante no controle da doença mancha alvo. Os tratamentos Previnil®¹ e Fezan® Gold¹ proporcionaram ganho em produtividade na cultura da soja.

Publicado
2020-08-10