QUALIDADE FISIOLÓGICA DE SEMENTES DE SOJA SUBMETIDAS A DOSES DO INOCULANTE Bradyrhizobium japonicum

  • Mirian Nomura Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Gabriel Guedes Franco Barbosa
  • Carlos Henrique de Lima e Silva Instituto Federal Goiano
  • Estevam Matheus Costa Instituto Federal Goiano
  • Matheus Vinicius Abadia Ventura Instituto Federal Goiano
  • Muriel Silva Vilarinho Universidade do Estado de Minas Gerais
  • Leandro Spíndola Pereira Instituto Federal Goiano
Palavras-chave: Bactérias promotoras de crescimento, germinação, Glycine max, vigor

Resumo

A inoculação de sementes de soja com bactérias fixadoras de nitrogênio tem grande importância para o cultivo dessa espécie, dispensando a necessidade de adubação nitrogenada. Objetivou-se avaliar a influência de diferentes doses do inoculante à base de Bradyrhizobium japonicum na qualidade fisiológica das sementes de soja. O experimento foi desenvolvido no Laboratório de Tecnologia de Sementes na Universidade Estadual de Minas Gerais. Utilizaram-se as sementes da variedade Nidera NS 7300 IPRO e o inoculante Grap Nod. O delineamento experimental foi inteiramente casualizado (DIC), com cinco tratamentos e quatro repetições. As variáveis analisadas foram: porcentagem de germinação, comprimento de parte aérea, comprimento de radícula e peso de plântulas. Os dados obtidos foram submetidos à análise de variância pelo teste F e as médias comparadas pelo teste de Tukey (P≤0,05). As diferentes doses do inoculante à base de Bradyrhizobium japonicum não apresentaram diferenças significativas entre si para as variáveis analisadas.

Biografia do Autor

Mirian Nomura, Universidade do Estado de Minas Gerais

Graduação em Agronomia pela Universidade Federal de Uberlândia (1997) e mestrado em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Federal de Uberlândia (2001). Doutoranda em Agronomia na Universidade Federal de Uberlândia. Professora na Universidade do Estado de Minas Gerais.

Carlos Henrique de Lima e Silva, Instituto Federal Goiano

Atualmente é Mestrando no Programa de Pós Graduação em Ciências Agrárias - Agronomia pelo Instituto Federal Goiano - Campus Rio Verde. Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de São João Del Rei. Atuou como bolsista de iniciação científica (CNPq) pelo CVT-MG e Diretor da Empresa Júnior de Agronomia - EJAGRO/UFSJ. Realizou estágio obrigatório na Embrapa Milho e Sorgo desenvolvendo atividades referentes ao conhecimento sobre a dinâmica da população de plantas daninhas.

Estevam Matheus Costa, Instituto Federal Goiano

Discente do Programa de Pós Graduação em Ciências Agrárias - Agronomia (nível Mestrado) no Instituto Federal Goiano, Campus Rio Verde; Engenheiro Agrônomo pela Universidade do Estado de Minas Gerais - UEMG; Técnico em Agroindústria pelo Instituto Federal do Triângulo Mineiro - IFTM. Atualmente desenvolve pesquisas na área de Biologia e Manejo de Plantas Daninhas (Matologia), Integração Lavoura Pecuária (ILP) e Produção e Tecnologia de Sementes.

Matheus Vinicius Abadia Ventura, Instituto Federal Goiano

Discente de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Ciências Agrárias pelo Instituto Federal Goiano campus Rio Verde e de Licenciatura em Matemática pela Faculdade Educacional da Lapa. Mestre em Ciências Agrárias pelo Instituto Federal Goiano campus Rio Verde (2019) e Bacharel em Agronomia pela Faculdade Evangélica de Goianésia (2017). Tem experiência em docência em Matemática no Ensino Fundamental Anos Finais e Ensino Médio. Tem experiência na área de pesquisa e desenvolvimento em Agronomia, com ênfase em Microbiologia Agrícola, Fertilidade do Solo e Ciência do Solo.

Muriel Silva Vilarinho, Universidade do Estado de Minas Gerais

Mestre em Agronomia pelo Instituto Federal Goiano - Campus Morrinhos (2017). Graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade do Estado de Minas Gerais - Ituiutaba (2013) e graduação em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado de Minas Gerais - Ituiutaba (2007). Atualmente é supervisor de estagio da Universidade do Estado de Minas Gerais, analista universitário da Universidade do Estado de Minas Gerais - Ituiutaba,e professora designada da Universidade do Estado de Minas Gerais.

Publicado
2019-06-04