ANÁLISE DA AUTOPERCEPÇÃO DE PACIENTES COM MÁ OCLUSÃO: UM ESTUDO SECCIONAL

Autores

  • Rita Lara Alencar de Sousa UniEvangélica
  • Monarko Nunes de Azevedo
  • Gustavo Adolfo Martins Mendes

Palavras-chave:

Qualidade de vida. , Questionário. , Má oclusão.

Resumo

O objetivo deste estudo foi analisar da autopercepção de pacientes com sua má   oclusão. Foram selecionados pacientes sob tratamento odontológico em uma clínica odontológica de ensino e foram coletados dados sociodemográficos e clínicos de acordo com o Índice de Estética Dental (DAI). Além disso, foi avaliada a autopercepção dos participantes através de uma Escala Visual Analógica (EVA). Um total de 90 indivíduos de ambos os sexos, com média de idade de 22.9 anos, foram incluídos no estudo. O resultado da EVA foi um previsor significativo (p= 0.005), mostrando que o indivíduo menos satisfeito com as suas condições bucais tem uma chance 0.9 vezes maior de necessitar de um tratamento para suas oclusopatias que o indivíduo mais satisfeito. Conclui-se que a autopercepção do paciente sobre a sua condição bucal e preocupação com a estética estão associadas com a qualidade de vida e podem ser previsores para a necessidade de tratamento ortodôntico.

Downloads

Publicado

2022-07-25

Edição

Seção

PVIC - UniEVANGÉLICA