FREQUÊNCIA DE ENTEROPARASITOSES EM CRECHES DO MUNICÍPIO DE ANÁPOLIS

  • Caroline Roberta Miranda da Silva
  • Aline Nazareth Martins
  • Rodrigo Scaliante de Moura

Resumo

O surgimento da creche está ligado às transformações na sociedade, na organização da família, no papel social feminino e em suas respectivas repercussões, principalmente, no que se refere aos cuidados das crianças pequenas (PACHECO; DUPRET, 2004). Percebe-se que o aumento da demanda por creches ocasiona o funcionamento de muitas delas sem a estrutura básica necessária para acolhê-las, o que pode ocasionar na transmissão ou na manutenção de ciclos parasitários (BARBOSA, 2013). Neste contexto, é cada vez mais comum que as famílias substituam seu tempo de dedicação ao lar e aos filhos pelo trabalho. Assim, as creches são uma opção viável para o desenvolvimento das crianças e, consequentemente, um lugar onde as famílias podem deixar seus filhos durante a jornada de trabalho. O surgimento da creche está ligado às transformações na sociedade, na organização da família, no papel social feminino e em suas respectivas repercussões, principalmente, no que se refere aos cuidados das crianças pequenas (PACHECO; DUPRET, 2004). Percebe-se que o aumento da demanda por creches ocasiona o funcionamento de muitas delas sem a estrutura básica necessária para acolhê-las, o que pode ocasionar na transmissão ou na manutenção de ciclos parasitários (BARBOSA, 2013).

Publicado
2019-01-22
Edição
Seção
PVIC