ANÁLISE DOS ASPECTOS ÉTICOS E LEGAIS DOS CÓDIGOS DE ÉTICA DAS PROFISSÕES DA SAÚDE NO BRASIL NO QUE TANGE À PRIVACIDADE DOS PACIENTES E SIGILO PROFISSIONAL

  • Amanda Luysa Roriz Pinto
  • Leandro Brambilla Martorell

Resumo

Ética é uma ciência política da antiguidade, a sua etimologia vem do adjetivo ‘éthike’. O primeiro a conceituar essa terminologia foi Aristóteles que a definiu como a filosofia dedicada aos assuntos morais, virtudes, normas, valores de um indivíduo ou grupo social. (GONTIJO, 2006). O adjetivo ethiké por sua vez provém de ‘ethos’ que se traduz em “modo de ser” e moral origina-se do latim ‘mos’, que expressa os costumes, ou seja, um conjunto de princípios adquiridos pelo indivíduo. Sendo assim, se a moral tem como prisma o indivíduo, a ética traduz a visão da coletividade. (GRISARD, 2013).

Os profissionais da área da saúde estão em um processo de mudanças, no qual, muda-se o padrão de formação de práticos, para a de egressos mais humanizados, envolvendo temáticas de ética, bioética e deontologia, desenvolvendo não somente profissionais competentes, mas também, cidadãos prudentes, responsáveis e socialmente comprometidos. (FINKLER, CAETANO, RAMOS, 2012)

Publicado
2019-01-22
Edição
Seção
PBIC - UniEVANGÉLICA