FRATURA DE FÊMUR EM IDOSOS NA CIDADE DE GOIÂNIA: CARACTERIZAÇÃO DAS INTERNAÇÕES

  • Fernanda Mendes de Paula
  • Carolina Mendes de Paula
  • Pedro Henrique Resende Marques
  • Humberto de Souza Fontoura

Resumo

Envelhecer é um processo natural que caracteriza uma etapa da vida do homem e dá-se por mudanças psicológicas, físicas e sociais que acometem de forma particular cada indivíduo com sobrevida prolongada (MENDES, 2015). Nesse sentido, a Política Nacional do Idoso (PNI) e o Estatuto do Idoso os definem como indivíduos com a idade igual ou maior que 60 anos. O aumento da proporção de idosos na população brasileira traz à tona discussões a respeito de eventos incapacitantes nessa faixa etária, dos quais destaca-se a ocorrência de quedas, bastante comuns e temidas pela maioria desses indivíduos (PERRACINI, 2002). A fragilidade da idade traz diversas alterações nas estruturas corporais alterando a forma como deveriam ser trabalhadas: fraqueza muscular, fragilidade óssea, índice de massa corporal baixo, tento como as principais a instabilidade e a incapacidade física que são significativamente diminuídas (GOTTFRIDSSON, 2015).

Publicado
2019-01-23
Edição
Seção
PIBIC - CNPq