PERFIL DE SUSCETIBILIDADE AOS ANTIMICROBIANOS EM INFECÇÕES COMUNITÁRIAS DO TRATO URINÁRIO EM MULHERES NA CIDADE DE ANÁPOLIS/GO

  • Eliane Pureza Lemes
  • Jéssica Araújo Matos
  • Ana Luiza Rodrigues Ramos
  • Helayne Moreira Feitosa de Assis
  • Kelly Deyse Segati
  • Kelly Deyse Segati
  • Emerith Mayra Hungria Pinto

Resumo

As Infecções do Trato Urinário (ITUs) são a segunda maior causa de infecções adquiridas, apresentam maior prevalência em mulheres, especialmente no início da vida sexual e na gravidez. Os agentes causadores das ITUs geralmente pertencem à microbiota do próprio paciente, sendo representados principalmente pelos membros da família Enterobacteriaceae.

A suspeita de uma infecção do trato urinário é considerada a segunda razão  mais comum para a prescrição de antimicrobianos, fato que contribui para seu uso generalizado, assim como o aumento da incidência da resistência microbiana. A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou recentemente uma lista com 12 famílias de bactérias que apresentam resistência a grande parte dos antimicrobianos, representando uma ameaça à população. Alguns microrganismos da família Enterobacteriaceae como Escherichia coli fazem parte desse grupo. (OMS, 2017)

Publicado
2019-01-23
Edição
Seção
PBIC - UniEVANGÉLICA