SINTOMAS VISUAIS E AVALIAÇÃO DA INSUFICIÊNCIA DE CONVERGÊNCIA EM DISCENTES UNIVERSITÁRIOS

  • Camila de Sousa Caixeta
  • SAMARA LAMOUNIER SANTANA PARREIRA CENTRO UNIVERSITÁRIO DE ANÁPOLIS
  • Isabella Cristina do Couto Gomes
  • Marcelly Souza Matias
  • Roberta Thais Santos
  • Cecília Magnabosco Melo
  • Ilana de Freitas Pinheiro
Palavras-chave: Transtornos da motilidade ocular.Transtornos da visão. Qualidade de vida. Estudantes

Resumo

A visão é um sentido fundamental na relação do indivíduo com os mais variados ambientes, sendo elemento central na funcionalidade e independência do mesmo. Qualquer perturbação da função visual provoca limitações na qualidade de vida. A insuficiência de convergência é a principal causa de fadiga ocular, visão turva, visão dupla (diplopia) e dores de cabeça associada a atividades que requerem visão próxima em pessoas. O presente estudo tem como objetivo propor uma metodologia que investigue a presença de insuficiência de convergência e avaliar a eficiência visual de acadêmicos dos cursos da área da saúde de uma instituição de Ensino Superior.  Trata-se de um estudo de caráter transversal qualiquantitativo, que será realizado no Centro Universitário de Anápolis- UniEVANGÉLICA. A pesquisa será realizada com discentes regularmente matriculados, com idade entre 18 e 25 anos, dos cursos de fisioterapia, enfermagem e farmácia, independentemente do sexo, raça, religião ou condição socioeconômica. Serão aplicados 3 questionários: o CISS- Convergence Insufficiency Symptom Survey, o Inventário de Eficiência Visual e um questionário sociodemográfico próprio. Espera-se que a investigação da insuficiência de convergência e eficiência visual em acadêmicos dos cursos da área da saúde possa identificar ou não, sintomas visuais que prejudicam o estudo e desempenho do acadêmico avaliado. Espera-se, ainda, que os dados obtidos nessa pesquisa possam fundamentar novos estudos com essa mesma população e que após o término, sejam empregados orientações e recursos para melhorar a eficiência visual dos acadêmicos.

Publicado
2019-12-04
Seção
XVII Mostra Acadêmida do Curso de Fisioterapia