A IMPORTÂNCIA DA MULTIMISTURA NO BRASIL: ASPECTOS ÉTICOS E BIOLÓGICOS

  • Camila Ester Neves de Oliveira
  • Danielle Souza Galdino
  • Flávia Renata Pereira Mazzoccante
  • Ítallo Felipe Morais Viana
  • Ludmila Rita Alves de Souza
  • Pedro Henrique Delfino Chaves
  • Fabiane Alves de Carvalho Ribeiro
  • Renata Silva do Prado
  • Ilana de Freitas Pinheiro

Resumo

Objetivo: Este trabalho tem como objetivo fazer uma revisão de literatura para demonstrar a importância biológica, bem como o aspecto ético do uso da multimistura no Brasil. Metodologia: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura cujo levantamento bibliográfico foi realizado nas bases de dados eletrônicos, Google Acadêmico e Scielo, utilizando-se as seguintes palavras chave: Multimistura; Desnutrição no Brasil; Pastoral da criança; aspectos éticos e biológicos. As buscas foram limitadas por idioma Português e data de publicação dos estudos entre os anos de 2000 a 2019. Resultados: Os principais resultados encontrados nesta pesquisa encontram-se na tabela1. São consideradas pessoas pobres aquelas que são privadas de condições de suprir suas necessidades humanas como comida, abrigo, vestuário, educação, cuidados com saúde e outras necessidades básicas. No entanto a fome é desesperadora, considerada pior que uma doença.  Conforme Monteiro (2003), pessoas nessas condições muitas vezes se alimentam, mas não ingerem os nutrientes necessários para o organismo, e isto pode levar a sérias desordens emocionais e psicológicas, não só para a criança desnutrida, mas para toda a família envolvida. Conclusão: Após o desenvolvimento deste trabalho, percebeu-se que a multimistura preparada pela Pastoral da Criança em diferentes regiões do Brasil apresenta teor nutricional satisfatório, apesar da detecção de algumas amostras com deficiências. No entanto, ficaram claro que existe um trabalho criterioso por partes das executoras, no esforço de combater a desnutrição das crianças menos favorecidas do Brasil.

Publicado
2019-12-01
Seção
XVII Mostra Acadêmida do Curso de Fisioterapia