TRADUÇÃO INTERMODAL DE TEXTOS SENSÍVEIS

Autores

  • Marcos Flavio Portela Veras Centro Universitário de Anápolis, UniEVANGELICA, Brasil.
  • Hosana SEIFFERT Centro Universitário IESB
  • Meire Borges de Oliveira Centro Universitário de Anápolis
  • Nídia Regina Limeira SÁ Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Paulo Sérgio de Jesus OLIVEIRA Universidade Federal de Uberlândia
  • Éllen Soares de Loiola Universidade Federal do Ceará
  • Magali Nicolau de Oliveira de ARAÚJO Universidade de Brasília
  • Saulo Xavier de SOUZA Wycliffe Association

Palavras-chave:

Tradução intermodal, textos sensíveis, metodologia DOT, Língua Brasileira de Sinais, Libras

Resumo

Este projeto consiste em uma iniciativa procedimental de tradução interlingual e intermodal da Bíblia à Língua Brasileira de Sinais (Libras) enquanto unidade de texto sagrado e sensível, realizada por uma equipe multidisciplinar, cujos tradutores-atores responsáveis pelos procedimentos técnicos de tradução são Surdas e Surdos brasileiros bilíngues bimodais, usuários da Libras como primeira língua (L1) com competência linguística de uso, leitura e escrita avançadas da língua portuguesa como segunda língua (L2), os quais, têm realizado por si mesmos as atividades tradutórias de maneira autônoma e colaborativa, descritiva, funcional, normativa Surda e participativa, a partir da utilização aplicada da metodológica científica de tradução DOT Brasil (Deaf Owned Translation, no original em Inglês, ou, Tradução Própria dos Surdos, em tradução livre ao Português). Será desenvolvido por cinco equipes regionais em diferentes estados brasileiros, totalizando uma participação fixa e sistemática de vinte pessoas, sendo dez surdas e dez ouvintes, além de voluntários em trabalhos esporádicos como os de consultoria linguística e teológica, captação de imagem, edição de vídeo, verificação terminológica e validação teológica e suporte à coordenação nacional do projeto. Há ainda um encontro anual DOT Brasil para que as equipes regionais e os voluntários tenham a oportunidade de troca de experiências, ajuste das tarefas e avanço dos procedimentos de tradução. Ao longo do projeto de tradução, há também a previsão da criação e registro de sinais-termos bíblicos cujos significados ainda não existem em Libras. Todos esses sinais serão criados apenas pelos surdos membros do projeto de extensão. Até então, o projeto concluiu a tradução completa do Evangelho de João, já possui um glossário com 139 palavras e chegou à primeira amostra de tradução de mais de 60% do Novo Testamento em Libras.

Biografia do Autor

Marcos Flavio Portela Veras, Centro Universitário de Anápolis, UniEVANGELICA, Brasil.

Doutorado em andamento em Antropologia Social pela Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil. Mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Amazonas, UFAM, Brasil. Professor no Centro Universitário de Anápolis, UniEVANGELICA, Brasil.

Downloads

Publicado

2020-12-18