Anais do Curso de Engenharia Elétrica da Universidade Evangélica de Goiás - UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica <p>O engenheiro eletricista tem um amplo campo de atuação. Pode desenvolver atividades nas áreas de: sistemas de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica; controle e automação; instrumentação; sistemas eletrônicos analógicos e digitais; projetos de circuitos integrados e telecomunicações; dentre outras. Considerando a abrangência da área, tem-se como objetivos específicos dos anais agregar ao planejamento teórico, práticas exercidas no mercado de trabalho através da participação de empresas e instituições de diversos segmentos, correlacionando assim o saber teórico, o planejamento, aplicabilidade e a execução de ações ligadas principalmente à indústria; incentivar o desenvolvimento de trabalhos com cunho científico, tecnológico e de inovação relacionados às atividades de ensino, pesquisa e extensão; desenvolver atividades acadêmicas disciplinares e práticas interdisciplinares no âmbito da curso de Engenharia Elétrica.</p> pt-BR rosemberg.rodrigues@docente.unievangelica.edu.br (Rosemberg Fortes Nunes Rodrigues) periodicos@unievangelica.edu.br (Portal de Periódicos Eletrônicos da Universidade Evangélica de Goiás - UniEVANGÉLICA) Seg, 21 Out 2019 00:00:00 +0000 OJS 3.2.1.2 http://blogs.law.harvard.edu/tech/rss 60 A MATEMÁTICA E A FÍSICA NOS ESTUDOS DA ENGENHARIA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4273 <p>As disciplinas de Matemática e de física são importantes ferramentas no desenvolvimento do raciocínio lógico, em que tal raciocínio é fundamental para entender os conceitos específicos básicos dos cursos de engenharias. Entretanto as dificuldades encontradas nos primeiros semestres do curso estão atribuídas à falta de base no ensino fundamental e médio. Os objetivos dessas disciplinas é desenvolver nos alunos o pensamento lógico e matemático; a habilidade de resolver problemas teóricos e práticos relacionados à área científica e capacitá-lo para uma perspectiva ampla sobre o espaço. Este trabalho teve como intuito o estudo da importância da matemática e da física em aplicações da engenharia. O trabalho foi desenvolvido a partir de três artigos, dois selecionados do Congresso Brasileiro de Educação em Engenharia - COBENGE, e o último em um site sobre as atualidades da engenharia. Os resultados das pesquisas realizadas foram apresentados na I Noite de Engenharia do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA. Onde os estudos apontaram que a matemática e a física são de extrema importância para construir uma formação profissional qualificada e ainda ressaltam que o engenheiro deve visualizar o problema, descrever e buscar soluções adequadas. Logo, verificou-se que, devido aos estudos da matemática e da física utilizada na engenharia contribuirá para despertar a capacidade de transformação e criação, possibilitando ao indivíduo desenvolver a aplicação dos conhecimentos científicos, tornando-o capaz de acordo com as necessidades contemporâneas, manusear, aplicar e desenvolver novas tecnologias, que os diferenciam de outros profissionais conforme lhe exige cada vez mais a sociedade.</p> Welython Marciano Rodrigues, Rafaela Beatriz Souza Carvalho, Ávila Lima dos Santos, Matheus Augusto Lima, Karen lorrane Oliveira Gomes Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4273 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 A base da engenharia http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4276 <p>Para se tornar um engenheiro é necessário carregar uma bagagem de conhecimento da Matemática e da Física as quais irão fornecer ao profissional características importantes, dentre essas, o raciocínio lógico (estruturação do pensamento através das normas da lógica) e raciocínio analítico (raciocinar através de percepção e análise), essas características são indispensáveis para o engenheiro conseguir resolver os problemas da sua área de atuação. Este trabalho teve como objetivo o estudo da importância da Matemática e da Física em aplicações de engenharia. Os resultados das pesquisas realizadas foram apresentados na I Noite de Engenharia do Centro Universitário de Anápolis-UniEVANGÉLICA. A metodologia utilizada foi a escolha, leitura e resumo de artigos científicos sobre a importância da Matemática e da Física no estudo de engenharia encontrados no Google Academy. Os estudos dos artigos apontaram que a engenharia além de atuar no âmbito tradicional da tecnologia, está presente nos campos sociais, como gestão e segurança, e na saúde, com alimentos e genética, entre outros. Dessa forma, pode-se analisar que devido aos problemas complexos que envolvem cada área de atuação do engenheiro o qual ele tem por função solucionar é indispensável o estudo da Matemática e da Física, haja vista que a Matemática é essencial para que conceitos científicos sejam aceitos e a Física é a base da engenharia e da tecnologia, logo, não há como produzir tecnologia sem o uso dessas ciências. Portanto, essas disciplinas são mais que fundamentais no curso, pois dará ao profissional de engenharia capacidade de exercer sua principal função, a solução de problemas. Ainda que o erro de um engenheiro possa custar muitas vidas, o acerto do mesmo pode transformar ou revolucionar a vida de toda uma sociedade.</p> <p><strong>&nbsp;</strong></p> Pedro Vinicius Gomes Santos Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4276 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 Resumo FATORES DA CARÊNCIA NOS CONHECIMENTOS BÁSICOS DE EXATAS NAS ENGENHARIAS http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4265 <p>Resumo</p> <p>O novo engenheiro deve estar qualificado a desenvolver tecnologias em favor das transformações da sociedade nas mais variadas áreas, porém há uma carência de tais competências como: conhecimentos básicos da matemática e física. Desta forma tem-se uma contradição, pois, uma formação que exclui esses conceitos resulta em profissionais consumidores de tecnologia, e não profissionais formados para desenvolvimento de tais artifícios. Este trabalho teve como objetivo o estudo da importância da matemática e da física em aplicações de engenharia. Os resultados das pesquisas realizadas foram apresentados na I Noite de Engenharia do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA. Dispondo-se a entender nas Engenharias o porquê dos erros cometidos pelos alunos nesses conceitos. Assim evidencia-se de forma empírica qual fator proporciona este empasse. Analisando exames, por meio de aplicação de questionários, realizados e aplicados aos alunos e Instituições de Ensino Superior, foi constatado que existe um número considerável que por iniciativa própria abordam a física e matemática em seus currículos. Sendo em contramão uma maioria que não aborda esses conteúdos de maneira efetiva. Onde tira-se de base análises feitas por Denise Helena L. Ferreira e Raquel N. M. Brumatti, sendo evidente que a Instituição contribui para o déficit de conhecimentos de conceitos importantes, que incluem de forma ativa esses engenheiros no desenvolvimento de novas tecnologias. Para tanto, alteração da grade curricular de engenharia devem focar tais conceitos. Conforme o Grupo de Trabalho de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (2005), não haverá um desenvolvimento tecnológico, industrial e de inovação tecnológica, sem a presença de uma ciência vigorosa de bases sólidas no campo das Engenharias. Portanto se faz efetivo e de grande relevância acadêmica o aprofundamento nos estudos das disciplinas estudadas. Ainda, os apontamentos propostos são confirmados pelo sucesso de países emergentes que investem em Ciência e Tecnologia, como exemplo a Coréia do Sul, onde a qualidade do ensino dos engenheiros presentes no processo de desenvolvimento e produção industrial são superiores à de outros países.</p> luis paulo coelho Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4265 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 Montagem Protótipo Drone Multirotor http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4264 <p>As aeronaves não tripuladas popularmente conhecidas como drones, foram criados para utilização militar,pois possibilitaria uma versatilidade em combates e ate mesmo em reconhecimento de terreno, já que por sua vez não colocaria a vida de nenhum soldado em risco. Mas com a evolução da tecnologia cada vez mais rápida e surpreendente, esse tipo de aeronave começou a ser fabricado para uso civil, já que a sua funcionalidade ajudaria em áreas de atuação como monitoramento e vigilância, topografia, resgates, fotografias, etc. O presente artigo tem como objetivo demonstrar e auxiliar na construção de um drone, desde a escolha de peças e materiais a serem utilizados buscando parâmetros positivos finais alcançados com a aeronave como tempo de vôo, longitude e altura aproximada de vôo. Para a montagem desse protótipo (drone) são instalados quatro motores na base fabricada com plástico endurecido, cada motor trás acoplado a si uma hélice e um jogo de engrenagens, na parte inferior da base foi instalado quatro trens de pouso de material idêntico ao da base, acoplado também a um compartimento côncavo na base uma bateria de 1200 mA e uma placa receptora modelo LGX121216RX9 &nbsp;configurada na mesma frequência de radio do controle remoto, concluindo a montagem o protótipo levanta vôo atingindo aproximadamente ate 19 metros de altura e com alcance de 22 metros dependendo local do vôo. Assim, conclui-se que a montagem desse protótipo (drone) leva em consideração inúmeras variáveis, como material da base, carga da bateria, potência do motor e até mesmo as interferências da natureza como vento e chuva.</p> Gustavo morais morais de melo, Túlio Nogueira Henrique, Ronair Michel da Silva, Esther Lima Guimarões, Rubson Venancio do Espirito Santo Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4264 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 Confecção Drone Quadricóptero http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4263 <p>Os veículos aéreos não tripulados (VANTS), popularmente conhecidos como drones, são uma tecnologia criada exclusivamente para fins militares, mas que, por conta de suas diversas finalidades foi adaptado ao uso civil em diversas áreas como fotografia, agropecuária, topografia, etc. O presente artigo tem como objetivo ser referência para construção de um drone quadricóptero, desde a seleção dos componentes que devem compor produto final até a montagem da estrutura e seu voo. Para montagem de tal drone são fixados ao chassi de fibra de vidro quatro bases de motor, cada um com um motor acoplado a si e uma hélice, dois trens de pouso de mesmo material do chassi, uma bateria de 1200 mA e uma placa receptora&nbsp; Syma X5c que é configurada na mesma frequência do controle remoto de mesma marca e modelo, concluída a montagem o drone levanta voo atingindo até 6 metros de altura e com alcance de 29 metros. Após a montagem, a sincronização e o teste de voo do drone, é possível verificar que o mesmo apresenta capacidade de voo de 10 minutos, representando 16,67% a menos que o informado pelo fabricante, a altura máxima alcançada é de 7, o que representa 12,5% a menos que o valor de referência e o alcance de voo de 85 metros, representando 85% do esperado. Assim, conclui-se que, em média, os valores encontrados no experimento representam 85,28% do que o fabricante informou.</p> Afonso Gustavo Barbosa Vieira, Gabriela Ribeiro Marques Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4263 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 ESTUDO E DESENVOLVIMENTO DE UM VANT QUADRIRROTOR DE ASA ROTATIVA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4255 <p>Um dos aparatos que tem causado bastante impacto no desenvolvimento tecnológico de diversas áreas do campo civil e militar, são os VANT´s. VANT é o termo abreviado de Veículo Aéreo Não Tripulado, comumente chamados de drones, tais dispositivos embarcam diversas funções, tendo como principal objetivo a execução de tarefas que são difíceis ou impossíveis de serem executadas pelo ser humano. Com esse total apreço pelos aeromodelos, foi tido como tema a construção de um quadricóptero de asa rotativa, sendo um dos mais complexos, porém mais comuns e ágeis no voo. Para se chegar à etapa de construção e conclusão do projeto, foram efetuados os devidos planejamentos e estudos de cada componente, buscando a literatura acadêmica e de especialistas da aérea do aeromodelismo. Após processo de montagem, executaram-se testes como de velocidade média, capacidade de carga máxima e alcance máximo de comunicação drone-piloto. Concluindo-se os testes, foi possível fazer as reflexões acerca das diferenças do projeto na etapa de planejamento e nos resultados dos experimentos, estudando com isso possíveis causas das discrepâncias e indagação de correção destas falhas, sendo também um dos possíveis futuros para projeto, que é o seu melhoramento e aplicabilidade em outros estudos e funções.</p> Eduardo Henrique Elias Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4255 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 INTERFACES DA MATEMÁTICA E DA FÍSICA NA ENGENHARIA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4247 <p>Desde o início &nbsp;a engenharia é uma área que necessita estar em constante atualização e desenvolvimento, buscando evolucionar e otimizar a tecnologia, e de certa forma atendendo as necessidades da humanidade. Pra um desenvolvimento científico, a matemática e a física se apresentam como conteúdos obrigatórios. Este trabalho teve como objetivo o estudo da importância da matemática e da física em aplicações de engenharia. Os resultados das pesquisas realizadas foram apresentados na I Noite de Engenharia do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA. A metodologia utilizada para o desenvolvimento deste trabalho foi a escolha de três artigos para que se pudesse filtrar e construir embasamento para a escrita deste resumo. A engenharia se concentra na inovação e torna a tecnologia um meio de facilidade para os seres humanos, a partir dos estudos pode-se observar que o profundo entendimento dessas duas áreas do conhecimento é essencial para uma boa formação acadêmica de um engenheiro. Tendo em vista que por volta do século XVIII, as escolas tinham como intuito formar ‘corpos técnicos para o estado’. Hoje em dia se busca cada vez mais profissionais que saibam se adaptar e pensar fora do senso comum e os resultados das pesquisas indicam que o estudo de tais conteúdos capacitam o graduando em engenharia no desenvolvimento de novos horizontes, trazendo uma visão mais ampla sobre o meio de trabalho e o aperfeiçoamento de ferramentas para sobressair sobre os mais diversos problemas que a sociedade venha apresentar.</p> Isaac Parreira Gomes Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4247 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 INFLUÊNCIA DA MATEMÁTICA E DA FÍSICA NA ENGENHARIA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4240 <p>No processo de formação de um engenheiro, a Educação Matemática se apresenta tanto como requisito conceitual científico quanto a fim de instrumentalizá-lo para a manipulação das diferentes ferramentas tecnológicas, além de garantir o desenvolvimento do raciocínio lógico e dedutivo. Este trabalho teve como objetivo o estudo da importância da matemática e da física em aplicações de engenharia. Os resultados das pesquisas realizadas foram apresentados na I Noite de Engenharia do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA. A metodologia utilizada foi a pesquisa de 3 (três) artigos acadêmicos envolvendo a importância dos estudos de cálculos e física na formação dos engenheiros. Para tanto foram utilizadas as palavras chaves: Física, Cálculo, Formação de Engenheiros. Após a seleção dos artigos foi realizada uma síntese sobre as ideias principais dos autores.&nbsp; Os autores em suas pesquisas apontaram que a Modelagem Matemática é uma das estratégias utilizadas no ensino para formação do engenheiro, compreendida como importante ferramenta na preparação do profissional para o trabalho com a tecnologia. Essa técnica consiste na arte de transformar situações da realidade em problemas matemáticos e resolvê-los interpretando suas soluções na linguagem do mundo real. Portanto, pode-se concluir que a Educação Matemática se apresenta como requisito conceitual científico para a realização das tecnologias na medida em que fornece o instrumental necessário. Esta participação do conteúdo na formação do Engenheiro é indicada, atualmente, pelas diretrizes curriculares dos cursos de Engenharia, portanto a formação do Engenheiro contemporâneo se encontra ancorada no modelo de formação estabelecido como Educação Tecnológica, que busca fornecer ao indivíduo um conjunto de competências e habilidades para que seja capaz de solucionar os problemas da prática do trabalho e da vida em sociedade.</p> Gabriel Henrique Ribeiro Melo Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4240 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 A MATEMATICA E FÍSICA NOS ESTUDOS DA ENGENHARIA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4232 <p>Desde o início da humanidade, a engenharia está presente em diversas situações na vida do homem. Com ela, os estudos matemáticos e as observações relatadas pela física atuam na exatidão dos pensamentos e das possíveis soluções dos problemas e das adversidades enfrentadas pela sociedade humana desde então. Este trabalho teve como objetivo o estudo da importância da matemática e da física em aplicações de engenharia. Os resultados das pesquisas realizadas foram apresentados na I Noite de Engenharia do Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA. A metodologia utilizada foi a escolha, leitura e resumo de três artigos científicos relacionados ao tema proposto, utilizando a plataforma de pesquisa: google acadêmico, a fim de melhor conhecer a importância dessas ferramentas matemáticas nos estudos e aplicações de engenharia. As pesquisas realizadas apontaram que sejam nas eras mais antigas ou em dias as duas ciências contribuíram e contribuem para soluções de problemas complexos de engenharia. Ainda, os estudos comprovaram que quando as duas ciências estudadas de forma unificadas os resultados podem ser melhor evidenciados. Como resultados, pode-se perceber que há uma dependência evidente da sociedade em geral em relação aos avanços tecnológicos em suas vidas, pois ainda há muito que se desenvolver em diversas áreas da engenharia com o intuito de aumentar a qualidade de vida das pessoas. Portanto, necessário que o engenheiro desenvolva um raciocínio lógico conteúdos desenvolvidos pelas disciplinas de cálculos, físicas, informática e dentre outros tendo em vista que a classe dos engenheiros busca visualizar melhorias no setor com investimentos e união da classe junto a órgãos regulamentadores mais que não esta visando benefícios para com a classe dos alunos que assim visa melhorias nos setores de estudo, buscando melhorias para o núcleo do estudante. Para que se tenha certeza do sucesso ou não de determinado projeto ou sistema antes de sua execução.</p> Lucas Silva Sobreira, Adrean Nolasco Costa, Glicerio Queiroz Malaquias, Murilo Brício Mota, Juan Lucas Abreu Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4232 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 Armazenamento de Paletes: Sistema Push Back http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4222 <p style="text-align: justify; background: white; margin: 0cm 0cm 18.75pt 0cm;"><span style="font-size: 11.0pt; font-family: 'Arial','sans-serif';">Para acompanhar as rápidas alterações no cenário atual, as empresas estão constantemente perfazendo um monitoramento do que vem acontecendo em todo o mundo em relação às atividades logísticas, as quais envolvem uma sucessão de ações que são efetuadas para nortear um produto até o seu consumidor final. Este artigo apresenta como temática o uso de paletes no sistema Push Back em cargas, visando descrever com referencial teórico o conceito e os tipos de ferramentas da logística na paletização. A armazenagem de paletes é utilizada para facilitar unitização de diversos tipos de produtos, facilitando o transporte, o manuseio e seu armazenamento, reduzindo o tempo de todas as operações. Os paletes constituem um dos fundamentais itens utilizados na movimentação e armazenagem de cargas e dentre os diversos modelos que são viáveis hoje. Este artigo tem por finalidade propor um estudo comparativo como é feito esse armazenamento dentro das empresas de forma monitorada através do sistema Push Back. Porém, modificando a forma e a rapidez deste sistema dentro das empresas através de programação com o arduino. Trata-se de uma automação de um sistema de armazenagem de produtos, onde o objetivo é aperfeiçoar tempo e ter controle de estoque. Na revisão bibliográfica realizada com apoio de dados coletados através da realização do projeto, evidenciou-se que a opção de armazenamento por paletes (Push Back) tornou-se o preferido pelo baixo custo e pelo nível de maior facilidade dentro das empresas proporcionado com a sua utilização.</span></p> Izabella Gomes Dias, José Olimpio Mendonça Neto, Regis Diogo Santana De Oliveira, Maik Batista Gitirana, Jorge Manoel Almacinha Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4222 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 Braço robótico http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4221 <p>No presente trabalho foi apresentado um protótipo refere-se genericamente a um braço robótico que está adaptado para segurar objetos a uma altura que esteja dentro do alcance do braço projetado. O dispositivo compreende a uma base fixa tendo um braço robótico rotativo acoplado a base, o mesmo compreende componentes de braço inferior, meio do braço e antebraço que são articuladamente ligados e seletivamente extensíveis e retráteis através da utilização de um controlador. O desenvolvimento deste protótipo teve como princípio a construção de um braço robótico que seja capaz de pegar um objeto de no máximo 50 gramas do solo, levantando a mesma e soltando-o a uma altura determinada (no máximo 20 cm), e possível aperfeiçoa-lo e torná-lo ágil para realizar outras funções.</p> Igor Dalarmelino Borges, Gustavo Mangabeira Ribeiro, Erick Victor Alves Matias, Vitor hugo Marinho Sousa, Rafael Vinícius Reis, Vitoria Lino Horácio, Jorge Manoel Almacinha Costa Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4221 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 BRAÇO ROBÓTICO E PARAFUSO DE ARQUIMEDES http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4220 <p>A tecnologia é um dos maiores aliados no desenvolvimento humano. Diante do exposto, o seguinte trabalho desenvolve duas das maiores invenções desenvolvidas pelo homem. Uma delas é o Parafuso de Arquimedes, cuja origem é situada por volta do século II a.C., que findava transportar grãos, líquidos e alguns sólidos para terrenos elevados através da rotação de um tubo cilíndrico gigantesco inclinado que possui uma espiral interna, ou um tubo circundante, na parte externa. A outra invenção é um braço robótico, que, em termos gerais, surgiu na Terceira Revolução Industrial. Assim, o braço mecânico, na indústria, está empregado na montagem, transporte, formação e testes, com uma enorme precisão. O objetivo do trabalho é o desenvolvimento dessas duas tecnologias, que embora diferentes ocuparam/ocupam função de destaque no contexto histórico pela sua aplicação, no caso do primeiro exposto, será desempenhado a função de transportar um liquido entre dois recipientes –ambos estando em diferentes alturas e transportando o material para o que estiver mais alto-, já o braço robótico irá mover objetos sólidos. Assim, a metodologia empregada foi projetar o Parafuso de Arquimedes utilizando um cilindro com um tubo em espiral na parte externa que rotaciona através de um motor elétrico e o braço mecânico que, apesar de usufruir de maior complexidade na programação, foi utilizado peças pré-projetadas, ambos controlados pelo micro controlador arduino.</p> André Matos Decaris Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4220 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000 CONTROLE DE VEÍCULO EM ARDUINO VIA BLUETOOTH http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4217 <p>O objetivo deste trabalho é demonstrar uma das diversas aplicações de microcontroladores, visando o<br>desenvolvimento de protótipos de forma simples e acessível. Buscou-se a utilização de conceitos de<br>programação no controle de um veículo via conexão sem fio. Uma das aplicações é a utilização de um veículo<br>que pode ser controlado a distância, através da conectividade bluetooth que fará a comunicação entre o<br>microcontrolador, Arduino, o smartphone e operado pelo usuário, permitindo a realização de determinadas<br>tarefas a distância. Assim, diante de novas necessidades, optou-se por um projeto que demonstre uma das<br>utilidades dos microcontroladores aos usuários, onde através de uma programação, possibilita o controle<br>remotamente diversos veículos, como por exemplo, transportadores de carga ou até mesmo drones, para<br>diferentes processos. Foi elaborado o orçamento do protótipo e associado a este a relação dos custosbenefícios, visando possíveis adequações e implementações do projeto, como utilização de CLP para<br>controle mais preciso, eficaz e seguro dependendo de sua aplicação.</p> Luys Bernardo Gonçalves Dujardin, Gabriel augusto Silva Cunha, Paulo Cesar Oliveira Filho, Ramon Caetano Leal JUNIOR, Tiago Jakson Ribeiro FONTES, Jorge Manoel Almacinha COSTA Copyright (c) 2019 Anais do Curso de Engenharia Elétrica da UniEVANGÉLICA http://anais.unievangelica.edu.br/index.php/eletrica/article/view/4217 Ter, 24 Set 2019 00:00:00 +0000