Montagem Protótipo Drone Multirotor

  • Gustavo morais morais de melo Unievangelica
  • Túlio Nogueira Henrique
  • Ronair Michel da Silva
  • Esther Lima Guimarões
  • Rubson Venancio do Espirito Santo

Resumo

As aeronaves não tripuladas popularmente conhecidas como drones, foram criados para utilização militar,pois possibilitaria uma versatilidade em combates e ate mesmo em reconhecimento de terreno, já que por sua vez não colocaria a vida de nenhum soldado em risco. Mas com a evolução da tecnologia cada vez mais rápida e surpreendente, esse tipo de aeronave começou a ser fabricado para uso civil, já que a sua funcionalidade ajudaria em áreas de atuação como monitoramento e vigilância, topografia, resgates, fotografias, etc. O presente artigo tem como objetivo demonstrar e auxiliar na construção de um drone, desde a escolha de peças e materiais a serem utilizados buscando parâmetros positivos finais alcançados com a aeronave como tempo de vôo, longitude e altura aproximada de vôo. Para a montagem desse protótipo (drone) são instalados quatro motores na base fabricada com plástico endurecido, cada motor trás acoplado a si uma hélice e um jogo de engrenagens, na parte inferior da base foi instalado quatro trens de pouso de material idêntico ao da base, acoplado também a um compartimento côncavo na base uma bateria de 1200 mA e uma placa receptora modelo LGX121216RX9  configurada na mesma frequência de radio do controle remoto, concluindo a montagem o protótipo levanta vôo atingindo aproximadamente ate 19 metros de altura e com alcance de 22 metros dependendo local do vôo. Assim, conclui-se que a montagem desse protótipo (drone) leva em consideração inúmeras variáveis, como material da base, carga da bateria, potência do motor e até mesmo as interferências da natureza como vento e chuva.

Publicado
2019-09-24