APLICABILIDADE DA JUSTIÇA RESTAURATIVA PARA ATORES DE ATOS INFRACIONAIS EM GOIÁS E A PANDEMIA COVID-19

Autores

  • Victor Marcos Martins Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Cristiane Ingrid de Souza Bonfim

Palavras-chave:

Adolescentes; Justiça Restaurativa; Goiás

Resumo

No presente estudo, aborda sobre as práticas restaurativas utilizadas no judiciário goiano aos adolescentes, tendo como problemática como essa temática beneficia esses parcela da população. A metodologia utilizada foi método dedutivo. O objetivo é analisar de forma reflexiva a aplicação de círculos restaurativos para adolescentes em situação de vulnerabilidade em Goiás. Os resultados abarcam como o Poder Judiciário tem atuado para alcançar os objetivos estatuídos na Constituição Federal e no Estatuto da Criança e do Adolescente, em especial, no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, através da Justiça Restaurativa com os círculos de construção de paz.

Referências

BRASIL. Estatuto da Criança e do Adolescente. Lei Federal nº 8069, de 13 de julho de 1990. 

__________Presidência Da República. Ministério Dos Direitos Humanos. Levantamento Anual Sinase – 2016. Brasília, 2018.   

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF. Senado Federal, 1988. 

CONSELHO NACIONAL DE JUSTIÇA. Resolução 225 de 31 de maio de 2016. Disponível em: https://atos.cnj.jus.br/files/resolucao_225_31052016_02062016161414.pdf. Acesso em 28 mai. 2020.

DIAS, Maria Berenice. Manual de Direito das Famílias. 4. ed. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2016.

JUSTIÇA 21. O que é a Justiça para o Século 21. Disponível em: http://justica21.web1119.kinghost.net/j21.php?id=99&pg=0#.XaczPehKjIU. Acesso em: 28 mai. 2020.

MACHADO, Martha de Toledo. A proteção constitucional de crianças e adolescentes e os direitos humanos. Barueri-SP: Manole, 2003
.
PRANIS, Kay. Processos Circulares de construção de paz. Tradução de Tônia Van Acker. São Paulo: Palas Athena, 2010.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS. Círculos de construção de paz: uma luz no futuro de adolescentes prestes a deixarem abrigos. Disponível em: <https://www.tjgo.jus.br/index.php/institucional/centro-de-comunicacao-social/20-destaque/18380-adolescentes-prestes-a-deixar-abrigos-participam-de-circulos-de-const-rucao-da-paz> Acesso em: 28 mai. 2020.

TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO DE GOIÁS. Projeto Pilares se estende para a rede estadual de ensino e alcança quase 13 mil pessoas em pouco mais de um ano. Disponível em: <https://www.tjgo.jus.br/index.php/institucional/centro-de-comunicacao-social/20-destaque/18552-pilaresredeestadual>. Acesso em: 28 mai. 2020.

VASCONCELOS, Carlos Eduardo de. Mediação de Conflitos e Práticas Restaurativas. Rio de Janeiro: Forense; São Paulo: Método, 2018.
ZEHR, Howard. Justiça Restaurativa. Tradução de Tônia Van Acker. São Paulo: Palas Athena, 2015.

Downloads

Publicado

2021-02-23