CIRURGIA DE CORREÇÃO DE SORRISO GENGIVAL COM GUIA CIRÚRGICO: RELATO DE CASO

Autores

  • Andreza Alves de Andrade Faceg
  • Ariana Sousa Vieira Silva
  • Lara Giovanna Pedrosa Silva
  • Maria Hayra Marçal Batista
  • Ytalo Freitas Fernandes
  • Rafaella da Cruz Polizelli Scannavino

Palavras-chave:

Sorriso Gengival; Guia Cirúrgico; Erupção Passiva Alterada.

Resumo

O sorriso gengival é descrito como uma alteração estética devido a exposição tecidual excessiva, que durante o sorriso expõe toda a extensão da coroa dos dentes ântero-superiores e uma faixa contínua de gengiva maior que 4 mm. A etiologia mais comum para essa exposição excessiva de tecido gengival é a erupção passiva alterada, que é uma condição onde ocorre sobreposição de tecido gengival sobre a coroa dentária, resultando em uma coroa clínica curta o que pode acarretar um comprometimento estético. Diversas técnicas são descritas para realizar a cirurgia para correção do sorriso gengival. O objetivo desse trabalho é apresentar um relato de caso de uma paciente M.F.C, do sexo feminino, 28 anos, leucoderma, que compareceu a Clínica Salute Barretos no ano de 2021, com queixa estética devido a coroa dos dentes se apresentarem curtas. A cirurgia para correção gengival foi realizada com o auxílio de um guia cirúrgico previamente confeccionado que reproduziu a futura altura da margem gengival. Exames complementares como: tomografia computadorizada de feixe cônico, escaneamento intraoral e fotografias extra e intraoral, foram solicitados para permitir a elaboração do guia e o planejamento cirúrgico. Com o guia cirúrgico em posição foram removidos tecido gengival e ósseo dos dentes 16 ao 26 mantendo uma distância de 3 mm da junção cemento-esmalte à crista óssea. O controle pós-operatório foi realizado com sete, quinze e trinte dias e a paciente foi orientada a realizar consultas a cada seis meses para manutenção da saúde oral. Diante do exposto o uso do guia cirúrgico, para esse tipo de cirurgia, pode possibilitar maior previsibilidade, menor tempo cirúrgico e consequentemente maior conforto ao paciente.

Publicado

2022-10-18