TANATOLOGIA FORENSE: O FENÔMENO DOS DENTES COR-DE-ROSA

Autores

  • Gisele Pereira de Almeida Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Isabela de Carvalho Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Rafaella Prates Faculdade Evangélica De Goianésia
  • Gabriella Prates Faculdade Evangélica De Goianésia
  • Emily Brito Faculdade Evangélica De Goianésia
  • Dilson Fernandes Faculdade Evangélica De Goianésia
  • Gabriel Henrique Faculdade Evangélica De Goianésia
  • Mariane Nunes Faculdade Evangélica De Goianésia
  • Uander De Castro Faculdade Evangélica de Goianésia

Palavras-chave:

1.Dentes rosados 2.Dentaria Forense 3. Pós Morte 4.Alterações Histológicas.

Resumo

A Tanatognose é o ramo da Tanatologia que estuda o diagnóstico da realidade da morte, feito por meio de numerosos sinais, chamados sinais de morte, que são classificados como duvidosos, prováveis e certos.

A Odontologia Legal, por meio da Tanatologia, pode ser muito útil na identificação de vítimas de desastres em massa e, às vezes, na diferenciação dos restos mortais de pessoas vitimadas por situações como catástrofes  naturais, acidentes envolvendo carbonização dos corpos, acidentes aéreos, acidentes ferroviários, acidentes militares e guerras. O exame tanatológico constitui-se de grande importância pericial, determinando tempo, causa e até o local da morte, utilizando-se também de características peculiares presentes no cadáver, podendo até finalizar um caso de difícil elucidação por meio da análise e exame dos arcos dentais. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discorrer, através de uma revisão de literatura, o fenômeno da coloração rosada dos dentes após a morte. Dentes rosáceos podem ser observados em cadáveres cuja causa de morte foi decorrente de enforcamento, sufocação, afogamento e projétil de arma de fogo, com maior intensidade de coloração nos elementos dentais. A coloração desse fenômeno cromático no caso que a coloração vermelha dos dentes após a morte surge na polpa dentaria através da libertação da hemoglobina que atravessa para a dentina através dos túbulos dentinários onde é degrada em protoporfirina.

Biografia do Autor

Isabela de Carvalho, Faculdade Evangélica de Goianésia

A Tanatognose é o ramo da Tanatologia que estuda o diagnóstico da realidade da morte, feito por meio de numerosos sinais, chamados sinais de morte, que são classificados como duvidosos, prováveis e certos.

A Odontologia Legal, por meio da Tanatologia, pode ser muito útil na identificação de vítimas de desastres em massa e, às vezes, na diferenciação dos restos mortais de pessoas vitimadas por situações como catástrofes  naturais, acidentes envolvendo carbonização dos corpos, acidentes aéreos, acidentes ferroviários, acidentes militares e guerras. O exame tanatológico constitui-se de grande importância pericial, determinando tempo, causa e até o local da morte, utilizando-se também de características peculiares presentes no cadáver, podendo até finalizar um caso de difícil elucidação por meio da análise e exame dos arcos dentais. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discorrer, através de uma revisão de literatura, o fenômeno da coloração rosada dos dentes após a morte. Dentes rosáceos podem ser observados em cadáveres cuja causa de morte foi decorrente de enforcamento, sufocação, afogamento e projétil de arma de fogo, com maior intensidade de coloração nos elementos dentais. A coloração desse fenômeno cromático no caso que a coloração vermelha dos dentes após a morte surge na polpa dentaria através da libertação da hemoglobina que atravessa para a dentina através dos túbulos dentinários onde é degrada em protoporfirina.

Rafaella Prates, Faculdade Evangélica De Goianésia

A Tanatognose é o ramo da Tanatologia que estuda o diagnóstico da realidade da morte, feito por meio de numerosos sinais, chamados sinais de morte, que são classificados como duvidosos, prováveis e certos.

A Odontologia Legal, por meio da Tanatologia, pode ser muito útil na identificação de vítimas de desastres em massa e, às vezes, na diferenciação dos restos mortais de pessoas vitimadas por situações como catástrofes  naturais, acidentes envolvendo carbonização dos corpos, acidentes aéreos, acidentes ferroviários, acidentes militares e guerras. O exame tanatológico constitui-se de grande importância pericial, determinando tempo, causa e até o local da morte, utilizando-se também de características peculiares presentes no cadáver, podendo até finalizar um caso de difícil elucidação por meio da análise e exame dos arcos dentais. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discorrer, através de uma revisão de literatura, o fenômeno da coloração rosada dos dentes após a morte. Dentes rosáceos podem ser observados em cadáveres cuja causa de morte foi decorrente de enforcamento, sufocação, afogamento e projétil de arma de fogo, com maior intensidade de coloração nos elementos dentais. A coloração desse fenômeno cromático no caso que a coloração vermelha dos dentes após a morte surge na polpa dentaria através da libertação da hemoglobina que atravessa para a dentina através dos túbulos dentinários onde é degrada em protoporfirina.

Gabriella Prates , Faculdade Evangélica De Goianésia

A Tanatognose é o ramo da Tanatologia que estuda o diagnóstico da realidade da morte, feito por meio de numerosos sinais, chamados sinais de morte, que são classificados como duvidosos, prováveis e certos.

A Odontologia Legal, por meio da Tanatologia, pode ser muito útil na identificação de vítimas de desastres em massa e, às vezes, na diferenciação dos restos mortais de pessoas vitimadas por situações como catástrofes  naturais, acidentes envolvendo carbonização dos corpos, acidentes aéreos, acidentes ferroviários, acidentes militares e guerras. O exame tanatológico constitui-se de grande importância pericial, determinando tempo, causa e até o local da morte, utilizando-se também de características peculiares presentes no cadáver, podendo até finalizar um caso de difícil elucidação por meio da análise e exame dos arcos dentais. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discorrer, através de uma revisão de literatura, o fenômeno da coloração rosada dos dentes após a morte. Dentes rosáceos podem ser observados em cadáveres cuja causa de morte foi decorrente de enforcamento, sufocação, afogamento e projétil de arma de fogo, com maior intensidade de coloração nos elementos dentais. A coloração desse fenômeno cromático no caso que a coloração vermelha dos dentes após a morte surge na polpa dentaria através da libertação da hemoglobina que atravessa para a dentina através dos túbulos dentinários onde é degrada em protoporfirina.

Emily Brito, Faculdade Evangélica De Goianésia

A Tanatognose é o ramo da Tanatologia que estuda o diagnóstico da realidade da morte, feito por meio de numerosos sinais, chamados sinais de morte, que são classificados como duvidosos, prováveis e certos.

A Odontologia Legal, por meio da Tanatologia, pode ser muito útil na identificação de vítimas de desastres em massa e, às vezes, na diferenciação dos restos mortais de pessoas vitimadas por situações como catástrofes  naturais, acidentes envolvendo carbonização dos corpos, acidentes aéreos, acidentes ferroviários, acidentes militares e guerras. O exame tanatológico constitui-se de grande importância pericial, determinando tempo, causa e até o local da morte, utilizando-se também de características peculiares presentes no cadáver, podendo até finalizar um caso de difícil elucidação por meio da análise e exame dos arcos dentais. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discorrer, através de uma revisão de literatura, o fenômeno da coloração rosada dos dentes após a morte. Dentes rosáceos podem ser observados em cadáveres cuja causa de morte foi decorrente de enforcamento, sufocação, afogamento e projétil de arma de fogo, com maior intensidade de coloração nos elementos dentais. A coloração desse fenômeno cromático no caso que a coloração vermelha dos dentes após a morte surge na polpa dentaria através da libertação da hemoglobina que atravessa para a dentina através dos túbulos dentinários onde é degrada em protoporfirina.

Dilson Fernandes, Faculdade Evangélica De Goianésia

A Tanatognose é o ramo da Tanatologia que estuda o diagnóstico da realidade da morte, feito por meio de numerosos sinais, chamados sinais de morte, que são classificados como duvidosos, prováveis e certos.

A Odontologia Legal, por meio da Tanatologia, pode ser muito útil na identificação de vítimas de desastres em massa e, às vezes, na diferenciação dos restos mortais de pessoas vitimadas por situações como catástrofes  naturais, acidentes envolvendo carbonização dos corpos, acidentes aéreos, acidentes ferroviários, acidentes militares e guerras. O exame tanatológico constitui-se de grande importância pericial, determinando tempo, causa e até o local da morte, utilizando-se também de características peculiares presentes no cadáver, podendo até finalizar um caso de difícil elucidação por meio da análise e exame dos arcos dentais. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discorrer, através de uma revisão de literatura, o fenômeno da coloração rosada dos dentes após a morte. Dentes rosáceos podem ser observados em cadáveres cuja causa de morte foi decorrente de enforcamento, sufocação, afogamento e projétil de arma de fogo, com maior intensidade de coloração nos elementos dentais. A coloração desse fenômeno cromático no caso que a coloração vermelha dos dentes após a morte surge na polpa dentaria através da libertação da hemoglobina que atravessa para a dentina através dos túbulos dentinários onde é degrada em protoporfirina.

Gabriel Henrique, Faculdade Evangélica De Goianésia

A Tanatognose é o ramo da Tanatologia que estuda o diagnóstico da realidade da morte, feito por meio de numerosos sinais, chamados sinais de morte, que são classificados como duvidosos, prováveis e certos.

A Odontologia Legal, por meio da Tanatologia, pode ser muito útil na identificação de vítimas de desastres em massa e, às vezes, na diferenciação dos restos mortais de pessoas vitimadas por situações como catástrofes  naturais, acidentes envolvendo carbonização dos corpos, acidentes aéreos, acidentes ferroviários, acidentes militares e guerras. O exame tanatológico constitui-se de grande importância pericial, determinando tempo, causa e até o local da morte, utilizando-se também de características peculiares presentes no cadáver, podendo até finalizar um caso de difícil elucidação por meio da análise e exame dos arcos dentais. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discorrer, através de uma revisão de literatura, o fenômeno da coloração rosada dos dentes após a morte. Dentes rosáceos podem ser observados em cadáveres cuja causa de morte foi decorrente de enforcamento, sufocação, afogamento e projétil de arma de fogo, com maior intensidade de coloração nos elementos dentais. A coloração desse fenômeno cromático no caso que a coloração vermelha dos dentes após a morte surge na polpa dentaria através da libertação da hemoglobina que atravessa para a dentina através dos túbulos dentinários onde é degrada em protoporfirina.

Mariane Nunes , Faculdade Evangélica De Goianésia

A Tanatognose é o ramo da Tanatologia que estuda o diagnóstico da realidade da morte, feito por meio de numerosos sinais, chamados sinais de morte, que são classificados como duvidosos, prováveis e certos.

A Odontologia Legal, por meio da Tanatologia, pode ser muito útil na identificação de vítimas de desastres em massa e, às vezes, na diferenciação dos restos mortais de pessoas vitimadas por situações como catástrofes  naturais, acidentes envolvendo carbonização dos corpos, acidentes aéreos, acidentes ferroviários, acidentes militares e guerras. O exame tanatológico constitui-se de grande importância pericial, determinando tempo, causa e até o local da morte, utilizando-se também de características peculiares presentes no cadáver, podendo até finalizar um caso de difícil elucidação por meio da análise e exame dos arcos dentais. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discorrer, através de uma revisão de literatura, o fenômeno da coloração rosada dos dentes após a morte. Dentes rosáceos podem ser observados em cadáveres cuja causa de morte foi decorrente de enforcamento, sufocação, afogamento e projétil de arma de fogo, com maior intensidade de coloração nos elementos dentais. A coloração desse fenômeno cromático no caso que a coloração vermelha dos dentes após a morte surge na polpa dentaria através da libertação da hemoglobina que atravessa para a dentina através dos túbulos dentinários onde é degrada em protoporfirina.

Uander De Castro, Faculdade Evangélica de Goianésia

A Tanatognose é o ramo da Tanatologia que estuda o diagnóstico da realidade da morte, feito por meio de numerosos sinais, chamados sinais de morte, que são classificados como duvidosos, prováveis e certos.

A Odontologia Legal, por meio da Tanatologia, pode ser muito útil na identificação de vítimas de desastres em massa e, às vezes, na diferenciação dos restos mortais de pessoas vitimadas por situações como catástrofes  naturais, acidentes envolvendo carbonização dos corpos, acidentes aéreos, acidentes ferroviários, acidentes militares e guerras. O exame tanatológico constitui-se de grande importância pericial, determinando tempo, causa e até o local da morte, utilizando-se também de características peculiares presentes no cadáver, podendo até finalizar um caso de difícil elucidação por meio da análise e exame dos arcos dentais. O objetivo desse trabalho foi avaliar e discorrer, através de uma revisão de literatura, o fenômeno da coloração rosada dos dentes após a morte. Dentes rosáceos podem ser observados em cadáveres cuja causa de morte foi decorrente de enforcamento, sufocação, afogamento e projétil de arma de fogo, com maior intensidade de coloração nos elementos dentais. A coloração desse fenômeno cromático no caso que a coloração vermelha dos dentes após a morte surge na polpa dentaria através da libertação da hemoglobina que atravessa para a dentina através dos túbulos dentinários onde é degrada em protoporfirina.

Publicado

2022-10-13