IMPORTÂNCIA DA PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA PARA OS PROFISSIONAIS DE ENGENHARIA CIVIL

Autores

  • Rayann Pereira Barbosa
  • Adelmo Martins Rodrigues
  • Guilherme de Oliveira Lima
  • Naum Rafael da Silva Barros
  • Bruno Ismael Oliveira Cardoso Maia
  • Cleber Jean Lacerda

Palavras-chave:

Inferência, Fenômenos Probabilísticos, Estimação

Resumo

Por vários anos, grandes autores têm procurado definir o real sentido da utilização dos conceitos estatísticos em nosso cotidiano. A utilização de teorias baseadas em probabilidade a estatística possibilita-nos fazer inferências de fenômenos futuros baseado em uma coleta de dados de eventos passados, trabalhando tanto com dados observacionais quanto em experimentos, minimizando a incerteza dos eventos. Para profissionais da engenharia civil ela proporciona previsões úteis sobre a demanda e distribuição de eventos na área de planejamento e controle de produção. Aliado a isto, ajuda na compreensão de sistemas na engenharia de produção, detectando problemas e minimizando o desperdício com uma produção eficiente baseada em probabilidade, podendo também ser aplicada na área de controle de qualidade, simulação do planejamento e controle da produção. Dessa forma, buscamos mostrar a real importância da probabilidade e estatística para os futuros Engenheiros Civis e sua utilização no cotidiano. Para tal, entrevistamos através de ligações e abordagem direta 56 Engenheiros Civis cadastrados no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) de Goianésia-GO. O presente estudo trata-se de uma pesquisa de “filtro” pois tem como base uma abordagem quantitativa. Diante disto, 87% dos entrevistados consideraram que o estudo de Probabilidade e Estatística durante a graduação contribuiu de forma positiva para sua formação profissional. Dentre eles 43% relataram que utiliza os conceitos e teorias estatísticas no seu cotidiano de trabalho, 18% quase nunca utilizaram o que aprenderam na faculdade sobre probabilidade e estatística e 39% responderam que em nenhuma circunstância utiliza a estatística em sua vida profissional. Notou-se assim que a grande maioria dos profissionais entrevistados não sabem e/ou não tem ciência de onde ela está inserida e qual sua importância para sua profissão, fato este marcado pelo vasto mercado de trabalho do Engenheiro Civil que muitas vezes não atua diretamente em áreas que a estatística é predominante. Alguns profissionais relataram sua relevância nos segmentos de prevenção de catástrofes e impactos ambientais, resistência dos materiais, controle de qualidade e um melhor aperfeiçoamento nos projetos onde o Engenheiro tem que dominar com exatidão a ampla grade de ferramentas para se destacar no mercado. Percebe-se que a estatística e probabilidade acompanha-nos diariamente, embora de forma oculta, nas considerações que fazemos e admitimos.

Publicado

2018-07-27