Determinação de solos provenientes do cerrado a partir de sua classe e composição

  • Thulio Lima Barros Evangélica Goianésia
  • Raiane Duarte de Oliveira
  • Murilo de Oliveira Gomes
  • Rafael de Aquino Silva
  • Luana de Lima Lopes
Palavras-chave: Software, Cerrado, Solo.

Resumo

O solo do Cerrado é extremamente rico e utilizado para diversos fins agropecuários, resultando em ganho econômico para o estado de Goiás. Determinar se uma amostra do solo é proveniente do bioma é um procedimento repetitivo e cansativo, pois, o mesmo possui inúmeras características intrínsecas à ele, como a sua formação física¹. Diante disso o trabalho objetivou analisar as características predominantes do solo do Cerrado e, desenvolver um software que, a partir de informações de uma amostra de solo, determinasse se o mesmo é proveniente do bioma Cerrado. Utilizou-se de pesquisa bibliográfica, a fim de descobrir as características físicas e pedológicas principais do solo do Cerrado². A fim de padronizar os resultados, utilizou-se artigos e pesquisas desenvolvidos em âmbito nacional. Buscou-se utilizar dois parâmetros para determinar se a amostra de solo informada é proveniente do Cerrado: quanto a sua composição – argila e silte; quanto às classes que compõem o solo, latossolo – latossolo vermelho-amarelo, latossolo vermelho-escuro, latossolo roxo; areia quartzosa; laterita hidromórfica; distrófico; equivalente eutrófico; litossolo¹. Os valores, percentuais, de composição e de classe do solo, foram referenciados em estudos de caráter científico. Para desenvolver o programa, utilizou-se o Dev C++, software que oferece a possibilidade de desenvolvimento e execução do programa com interface amigável e funcional. Após a inserção dos dados relativos às características do solo, por parte do usuário, o programa traz como resposta se o material analisado é proveniente do Cerrado. A execução do programa e a obtenção do resultado final, tem a duração de cerca de 30 segundos. A fim de prevenir resultado errôneos após a coleta das amostras, utilizou-se margem de erro de 20%. O uso do software demonstrou ser viável, devido à sua facilidade no uso, sua interface, e a sua fluidez. Os coeficientes desenvolvidos para minimizar erros foram instrumentos de controle que delegaram mais segurança e eficácia ao algoritmo. O refino e a parametrização de dados possibilitaram que o programa retornasse resultados satisfatórios, respeitando os limites característicos da aplicação.

Publicado
2019-11-04