A PRÁTICA ESPORTIVA COMO PREVENÇÃO OU REMEDIAÇÃO DA SÍNDROME METABÓLICA.

  • Sidnei Sanches Nascimento Silva Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Marcos Vinícios de Freitas
Palavras-chave: Exercício; Síndrome Metabólica; Saúde Coleti

Resumo

 

INTRODUÇÃO: A síndrome metabólica (SM) caracteriza-se pelo surgimento de doenças cardiovasculares e diabetes mellitus tipo 2, as quais estão diretamente relacionadas a hiperglicemia, ou a resistência à ela; ao sedentarismo, e consequentemente ao excesso de peso (obesidade); ao acúmulo de gordura na região abdominal, e o aumento da Relação Cintura-Quadril (que é um indicador de doenças cardiovasculares), além de vários outros fatores. Cientes da complexidade e importância de se tratar a SM, cada vez mais são produzidos estudos relacionados ao tema, bem como, a conscientização da prática esportiva, objetivando uma melhoria na qualidade de vida das pessoas, visto que, este é um problema que gera vários outros. Mediante a isso, pensa-se que, a supracitada conscientização da prática esportiva, não é feita de forma empírica, pois, estudos direcionados para o tema, tendo por base a SM, têm sido cada vez mais realizados. Ainda sim, deve-se atentar sempre ao tipo de treino a ser executado (aeróbico ou resistido), a fim de prevenir/remediar a SM, pois a escolha deste deve ficar a critério do profissional de Educação Física que, dentro de seus conhecimentos avaliará as especificidades do aluno, na hora da prescrição. OBJETIVO: identificar a importância da prática de exercícios físicos frente à Síndrome Metabólica. METODOLOGIA: Trata-se de um resumo de revisão de literatura, o qual contou com dois Descritores em Ciência da Saúde (Metabolic Syndrome e Exercício). Tendo por base estes descritores, foram feitas buscas em 3 distintas plataformas de pesquisas como, Scielo (41), Portal Reginal da BVS (1,469), e Pubmed (22). Após adotar como critério de inclusão os trabalhos mais recentes (2015/2019), artigos completos gratuitos, e estudos com humanos restaram 393 artigos, destes, a partir do título e leitura de alguns resumos, foram escolhidos 9 (três de cada plataforma) para basearem este estudo. RESULTADOS: tendo por base a pesquisa feita, e diante dos artigos lidos, chegou-se a resultados que chamam a atenção, pois a nível nacional teve-se nos últimos 13 anos um aumento de 67,8% no número de obesos no Brasil, o que equivale a 19,8% da população. Esses valores alertam para a quantidade de pessoas acarretadas pela SM, pois conforme fora anteriormente dito, a obesidade é um dos preditores da referida síndrome. CONCLUSÃO: diante de tudo que fora debatido e explanado até o presente momento, fica evidente que, a adoção de hábitos de vida saudável, bem como a prática de exercício físico, além de propiciar a seus adeptos um melhor funcionamento fisiológico de seus corpos ainda dá-lhes como consequência, resultados estéticos, reduzindo ou controlando os sinais da SM.

 

Publicado
2019-11-04