DIREITO À MEMÓRIA E A IDENTIDADE: OS SENTIDOS E AS REPRESENTAÇÕES DO PATRIMÔNIO CULTURAL DO MEMORIAL SERRA DA MESA EM URUAÇU-GO.

  • SARA MORAES VIEIRA FACEG
  • Maísa França Teixeira
Palavras-chave: Memória, identidade, cerrado

Resumo

O Memorial Serra da Mesa em Uruaçu é rico ao retratar aspectos da cultura goiana, através de vários signos. Percebe-se elementos que remetem claramente a cultura do homem sertanejo e também da comunidade indígena.

Porém, ao analisar a cultura goiana, deve-se ter em mente que a mesma é fruto da cisão de diversas culturas, a europeia, africana, indígena e repleta de elementos típicos de Portugal, principalmente no que se refere a determinados ritos e tradições.

Ao se observar os fatores da identidade, pode-se afirmar que a mesma tem três pontos constitutivos, a origem comum, vontade de integração e as próprias trocas e dinâmicas do convívio social, visto que os grupos estão em constante contato Claval (1995), sendo esses elementos de identidade verificados no Memorial Serra da Mesa em Uruaçu.

Cuche (1999, p.182/183), defende que a identidade cultural “é uma construção que se elabora em uma relação que opõem um grupo aos outros grupos com os quais se está em contato (...) deve-se considerar que a identidade se constrói e reconstrói no interior das trocas sociais”.

Assim, a sensação de enraizamento fortalece as relações, no entanto, os grupos estão em constante dinâmica, o que pode alterar as concepções anteriores, tendo em vista que, signos diferenciados quando em contato, podem promover modificações nos simbolismos.

Memoriais como o Serra da Mesa em Uruaçu, tendem a preservar justamente a memória de um povo, para que ela não se perca do decorrer do tempo, haja vista que, novas relações e conceitos sempre são formulados pela sociedade. Logo, para a manutenção do sentimento de pertencimento.

A memória e o saber registrado são elementos de extrema importância para o desenvolvimento da sociedade, levando-se em consideração a necessidade de promover os signos e representações de um povo, e foi esse o resgate utilizado pelo Memorial Serra da Mesa.

Constata-se que, o Memorial Serra da Mesa em Uruaçu busca representar e resgatar elementos da cultura goiana, que por sua vez, tem traços de diversas culturas. Visto que, os elementos do Memorial, em sua maioria, são formados pelo patrimônio material e possuem grande carga simbólica ao retratar desde a origem da humanidade até as grandes catástrofes ambientais que podem ser ocasionadas pelo homem, em virtude de sua ganância, como a construção desenfreada de rodovias que sacrificam animais silvestres, algumas espécies até empalhadas no Memorial.

Publicado
2019-11-04