PRODUTIVIDADE DE FORRAGENS DO GÉNERO PANICUM maximum, SUBMETIDOS A DIFERENTES DOSES DE NITROGENIO

  • Dyb Youssef Bittar Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Raissom Guimarães Cintra
  • Ramon Ribeiro dos Santos
Palavras-chave: forrageiras, biomassa, adubação

Resumo

O presente trabalho objetivou avaliar os efeitos de doses crescentes de nitrogênio sobre as características morfogênicas, estruturais e produtivas das gramíneas Panicum maximum cvs. Mombaça, Quênia, Tamani e Zuri. O experimento foi conduzido em condições de campo. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualizados em esquema fatorial 4x3, com quatro forrageiras, três doses de N (0, 200 e 300 kg ha-1), com três repetições. Foram avaliados os seguintes parâmetros: produção de massa verde (PMV), produção de massa seca (PMS), número de folhas, número de perfilhos, número de folhas por perfilho e porcentagem de massa seca. As forragens avaliadas apresentaram resultados semelhantes, e ambos apresentaram efeito linear positivo para o número de folhas e perfilhos, produção de matéria verde e seca e teor de matéria seca. O número de folhas por perfilho não apresentou interação. Os capins do Gênero Panicum possuem potencial semelhante para produção de matéria verde e seca.  A aplicação de nitrogênio aumenta a produção de biomassa verde, biomassa seca, porcentagem de matéria seca, o número de folhas e de perfilho.

Publicado
2019-10-28