CARACTERISTICAS MORFOLÓGICAS NA CULTURA DO MILHO ADUBADO COM NITROGÊNIO EM DIFERENTES ESTÁDIOS FENOLÓGICOS.

  • Dyb Youssef Bittar Faculdade Evangélica de Goianésia
  • Fernado Augusto da Costa
  • Elaine Rodrigues Silva
Palavras-chave: Zea Mays, Nitrogênio; época de aplicação

Resumo

Objetivou-se identificar qual o melhor estádio fenológico para realização de cobertura no milho (Zea Mays) com adubo nitrogenado. O experimento foi conduzido na Fazenda São Bento município de Goianésia. O delineamento experimental empregado foi o de blocos casualizados com 5 tratamentos e 5 repetições. Foram realizadas adubações nitrogenadas de cobertura em diferentes estádios fenológicos nos tratamentos, sendo eles V2 (2 folhas desenvolvidas), V3 (3 folhas desenvolvidas), V4 (4 folhas desenvolvidas), V5 (5 folhas desenvolvidas), V6 (6 folhas desenvolvidas) e uma testemunha sem aplicação de N. As características morfológicas avaliadas foram: altura de planta, diâmetro de colmo, altura de inserção da espiga, diâmetro da espiga, número de fileiras na espiga, número de grãos por fileiras, massa seca e massa verde da planta e da espiga. Foi constatado que a adubação no estádio V5 apresentou os melhores resultados em todos os tratamentos tanto na parte vegetativa e reprodutiva. Para os resultados da massa verde e massa seca da planta e da espiga apenas ocorreu diferença estatística para o acumulo de massa seca da planta quando foi adubado no estádio de desenvolvimento V5. Assim, pelos dados obtidos, o estádio fenológico mais indicado para realização de cobertura no milho, é no estádio V5.

Publicado
2018-10-24