INPS: o início de sua implementação na sociedade brasileira

  • Marcela Silvério Fernandes Cardoso FACEG
  • Clara Lusia Sousa
Palavras-chave: INPS, Sociedade Brasileira, Saúde

Resumo

Esse estudo visa compreender a problemática do INPS frente aos vínculos de serviços na área da saúde no período ditatorial brasileiro, especificamente entre os anos de 1976-1977, pela perspectiva de Luiz Eduardo Soares, pesquisador do IBRADES. O estudo trata de uma revisão bibliográfica do artigo “Vendendo Saúde, O INPS e a Seguridade Social no Brasil”, publicado nas duas primeiras edições da revista Saúde em Debate, nos anos de 1976 e 1977. Foi passível de observação a criticidade do autor Soares, ao abordar o princípio de implementação do INPS no Brasil e como se deu a sua funcionalidade. No começo, veio como um sistema inspirado no modelo Argentino, que foi reformulado para atender as necessidades do país, sendo efetivado em 1966. Entretanto devido sua complexidade provinda de um sistema capitalista e estatizado tornou-se ineficaz , no tocante a atender populações vulneráveis e altas taxas de serviço que culminaram no desiquilíbrio desse sistema, visto desde então pela população como um monstro que se alimentava do seu trabalho e não atendia as suas necessidades. O autor relatou a disseminação da desigualdade social e fragilidade nos serviços de saúde, implicando na propagação de patologias provenientes da visão curativa e não preventiva que se tinha na época. As tabelas, imagens e gráficos contidos no artigo exploram essa problemática e exemplificam a fragilidade da sociedade brasileira, carente de um serviço igualitário e humanístico. Foi possível verificar com essa analise os eventos relacionados aos primórdios do INPS que levaram a formação de um sistema corrupto, que não evoluía e não atendia as necessidades da população. A Revista Saúde em Debate viabiliza uma gama de informações essenciais para relacionar-se o momento histórico da ditadura e seus impactos nos diversos âmbitos da sociedade, especificamente na área da saúde.

Publicado
2018-10-24