GESTÃO CRIATIVA NO ENSINO TÉCNICO PROFISSIONALIZANTE EM LOGÍSTICA

CASE: PROJETO LOGÍSTICA INTERNA GERANDO ENERGIA ALTERNATIVA

  • CLAUDIA DE PAULA ALVES RODRIGUES FACEG
  • Lílian Ucker
Palavras-chave: gestão criativa, ensino técnico profissionalizante, inovação

Resumo

A educação técnica profissional tem como objetivo a capacitação e a formação mediada com criatividade e inovação destacando o contexto entre teoria e prática na busca por conhecimento. Neste resumo apresenta-se a experiência de um projeto inovador, desenvolvido com gestão criativa no ensino técnico profissionalizante em logística na rede de ensino público, revelando que a gestão criativa é fator essencial para a superação de desafios e desenvolvimentos de projetos promissores, rompendo com as desigualdades e diferenças sociais e educacionais. O case apresentado integra um gerenciamento que agrega estratégias criativas na reengenharia logística para produção de energia alternativa, o qual explora a relação entre gestão criativa e educação profissional, descrevendo a logística e suas possibilidades de melhorias contínuas para as organizações, sociedade, e os resultados inovadores alcançados. A criatividade apresentada como elemento inovador na gestão educacional, permitiu a mediação de formas alternativas no ensino neste projeto no ensino técnico profissionalizante público em logística. Uma parceria entre o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC) e a Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte de Goiás (SEDUCE) realizado entre os anos de 2015 e 2017 concomitantes com o ensino médio no Colégio Estadual Jalles Machado de Goianésia – Goiás, este que foi ministrado no turno noturno com 25 alunos, e destes, 17 foram participantes do projeto intitulado: Logística Interna gerando energia alternativa, o qual tive o imenso prazer de ser coordenadora do curso e orientadora do projeto. A motivação impulsionava a autoestima integrando um refrão diário para a turma: Você “pode” é a “diferença”,  e trabalhando em equipe nossos resultados são maiores. Neste contexto verificou-se a oportunidade estratégica da logística ligada à movimentação interna, ocorrida dentro dos centros de distribuição (CDA’S) da empresa Jalles Machado S/A, realizada por empilhadeiras elétricas, para aproveitar o seu peso acumulado nas locomoções para geração de energia alternativa. O conhecimento adquirido no projeto foi articulado enfatizando teoria com soluções práticas e motivacionais, permitindo o aluno uma visão diferenciada. Com premiação em primeiro lugar na categoria inovação na feira do conhecimento promovida pela escola com título de menção honrosa pela excelência em orientação desenvolvida com a turma. O projeto foi registrado no cartório de 2° ofício de Goianésia, com protocolo N° 0028334 e Registro N° 002370, para proteção e segurança da ideia desenvolvida. A viabilidade do projeto foi realizada e aprovada pela coordenação de engenharia da Faculdade Evangélica de Goianésia (FACEG), e finalizado com êxito pronto para continuidade e testes experimentais. Apresentado como case de sucesso na sessão tecnológica no Congresso da Universidade Estadual de Goiás (UEG), onde foram publicados cinco resumos expandidos ISBN/ISSN: 2525-7250, que caracterizavam as fases do projeto. Formando técnicos inovadores, habilitados para exercer com profissionalismo uma visão ampla e diferenciada da logística, pois a gestão criativa permitiu mediar conhecimento na busca por inovação, com estratégias planejadas para sociedade e para a vida.

 

Publicado
2018-10-24