DESEMPENHO PRODUTIVO DO MILHO CONVENCIONAL E TRANSGÊNICO COM DIFERENTES DOSES DE ADUBAÇÃO DE COBERTURA PARA A PRODUÇÃO DE SILAGEM

  • Murilo Ribeiro Gonçalves
  • Angélica Siqueira Vieira
  • Cláudia Fabiana Alves Rezende
Palavras-chave: Forragem; grãos; Zea mays.

Resumo

O objetivo do trabalho foi avaliar o desempenho agronômico e produtivo do milho para
a produção de silagem, comparando o uso de uma variedade convencional e um híbrido
transgênico de dupla aptidão com diferentes doses de adubação. Foi utilizado o milho
transgênico RB 9110 e a cultivar convencional Bandeirante. O delineamento
experimental utilizado foi o de blocos casualizados com seis tratamentos (doses de
cobertura com uréia, 0%; 50% e 100%) e três repetições. A adubação de base foi realizada
com 300 kg ha-1 04-30-10. Foram analisadas variáveis morfológicas e produtivas. Os
resultados foram submetidos à análise de variância e o teste de médias de Tukey. A dose
de 50% de cobertura, no milho transgênico, foi a que possibilitou melhor diâmetro do
colmo, peso de 10 espigas sem palha e peso de mil grãos. Avaliar o desempenho de
diferentes materiais associados a uma correta nutrição, leva a obtenção de silagem de
maior valor nutricional, a qual tende a melhorar o desempenho dos animais.

Publicado
2020-01-24
Edição
Seção
Artigos