ANÁLISE DA VIABILIDADE DE APLICAÇÃO DO CONCRETO AUTO-ADENSÁVEL (CAA) NA CIDADE DE GOIANÉSIA - GO

Autores

  • Luana Dias de Castro Faculdade Evangélica Goianésia
  • Amanda Ferraz Assis Ferreira
  • Vilson Dalla Libera Junior

Palavras-chave:

concreto auto-adensável, concreto convencional, viabilidade, custo

Resumo

Há muito tempo são realizados estudos sobre o concreto, seu desempenho e aplicações. Com o avanço das tecnologias de construção, em 1988 no Japão, foi desenvolvido o concreto auto-adensável (CAA), cujo principal característica é a sua capacidade de preencher os espaços entre as armaduras, compactando-se pela ação única de seu peso próprio e sem necessitar de algum tipo de vibração. A utilização desse tipo de concreto pode apresentar diversas vantagens quando comparado ao concreto convencional (CC), tais como: a redução da mão-de-obra, diminuição da poluição sonora e a segurança durante a concretagem correta. Neste contexto, o objetivo desse trabalho foi estudar a viabilidade de aplicação do concreto auto-adensável na cidade de Goianésia – GO, avaliando a relação custo-benefício de sua utilização quando comparado ao convencional. Inicialmente, foram utilizados dois traços de concreto, um convencional e um auto-adensável, para fazer um levantamento de dados de custo e aplicação de cada concreto. Ambos os concretos selecionados apresentavam resistência a compressão de 30 MPa aos 28 dias de cura. Foram realizados três orçamentos para cada tipo de material constituinte do concreto, onde obteve-se um valor médio destes materiais na cidade de Goianésia - GO. Por fim, comparou-se o valor final dos concretos estudados entre si, assim foi possível avaliar a diferença de custo de cada concreto. A partir dos resultados obtidos foi possível observar que o CAA apresenta um custo de produção cerca de 25,1%a maior que o concreto convencional. O aumento expressivo deste custo está relacionado a maior utilização de cimento pelo CAA. Além disso, durante a dosagem do CAA é necessário a utilização de sílica ativa, material de maior valor agregado e que geral um aumento no custo final do concreto. Apesar de apresentar um custo relativamente alto, o concreto auto-adensável apresenta qualificações que não são encontradas no concreto convencional e podem influenciar na tomada de decisão. Visto que a utilização desse tipo de concreto reduz a mão-de-obra e até a necessidade de alguns maquinários, podendo assim gerar uma economia no valor final.

Referências

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. ABNT NBR 15823-1: Concretoautoadensável- Parte 1: Classificação, controle e recebimento no estado fresco. Rio de Janeiro, 2017. 14 p.

BARBOZA, Lucas da Silva; STORCH, Izabella Sant’anna; FILHO, Fernando M. de Almeida. Concreto autoadensável ecoeficiente com baixo consumo de cimento. Ambiente Construido. vol. 20 n. 2, p. 59-71, Porto Alegre, abr-jun, 2020.

CALADO, Carlos F. de Araújo; CAMÕES, Aires; JALALI, Said; JUNIOR, Béda Barkokébas. Concreto Auto- Adensável (CAA), mais do que alternativa ao Concreto Convecional (CC). Editora da Universidade de Pernambuco, p. 36. Recipe, 2015.

FILHO, F. M. Almeida; BARRAGÁN, Bryan E.; CASAS, Joan Ramon.; EL DEBS, Ana Lucia H. C. Variabilidade da aderência e das propriedades mecanicas do concreto auto-adensável. Revista IBRACON de Estruturas e Materiais. vol. 1, n 1, pag. 31-57, mar. 2008.

MARANGON, Ederli. Desenvolvimento e caracterização de concretos auto-adensáveis reforçados com fibras de aço. 2006. 128 f. Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2006.

MEHTA, Kumar P., MONTEIRO, PAULO J.M. Concreto:Estrutura, Propriedades e Materiais. Editora Pini, 1ª Edição. São Paulo, 1994.

MELO, Karoline Alves de. Contribuição à Dosagem de Concreto Auto-adensável com Adição de Filer Calcário. 2015. 183 f. Tese (Doutorado) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2015.

NEVILLE, Adam M. Propriedades do Concreto. 2ª ed. São Paulo: Pini, 1997.

TUTIKIAN, Bernardo Fonseca; DAL MOLIN, Denise Carpena. Comparativo das propriedades do Concreto auto-adensável (CAA) utilizando areia fina e cinza volante. Revista IBRACON de Estruturas e Materiais. vol. 4, n 2, pág. 247-276, jun. 2011.

TUTIKIAN, Bernardo Fonseca; DAL MOLIN,Denise Carpena. Concreto Auto-Adensável. Editora Pini, 1ª Edição, p. 28. São Paulo, out. 2008.

Downloads

Publicado

2022-03-18